InícioRegião dos LagosCabo FrioPolícia investiga se tiroteio na frente de casa noturna tem relação com...

Polícia investiga se tiroteio na frente de casa noturna tem relação com outros crimes em Cabo Frio

Em menos de 15 dias, cidade registrou pelo menos duas tentativas de assalto com vítimas baleadas. Caso desta segunda (8), que provocou a morte de Alessandro Paiva, de 22 anos, e deixou outros cinco feridos, é tratado como tentativa de latrocínio

A Polícia Civil de Cabo Frio segue investigando o tiroteio que aconteceu em frente a uma casa noturna, na madrugada desta segunda-feira (8), e provocou a morte de um jovem de 22 anos e deixando outras 5 pessoas feridas. A polícia não descarta a relação deste caso com outros crimes com arma de fogo registrados recentemente na cidade.

O crime desta segunda é investigado como tentativa de latrocínio, mas a polícia também não descarta outras possibilidades. Esse caso pode ter relação com outros registrados nos últimos 15 dias, segundo as autoridades, porque a dinâmica dos crimes foi parecida.

Um deles aconteceu no dia 31 de outubro, quando o dono de um pet shop foi baleado durante uma tentativa de assalto ao estabelecimento dele no bairro Passagem. O rosto dos criminosos foi registrado por uma câmera de segurança da loja.

No dia 1º de novembro, um jovem de 24 anos também foi baleado ao fugir de uma tentativa de assalto em Cabo Frio.

Até a última atualização desta matéria, nenhum suspeito havia sido preso.

No caso desta segunda-feira, no Boulevard Canal, câmeras do circuito interno e externo da casa noturna também registraram o momento em que um homem com um capuz se aproxima do estabelecimento com uma arma em punho.

O vídeo mostra, a partir dos 29 segundos, o criminoso armado correndo atrás de uma das vítimas, atirando. A vítima corre em direção à boate. Havia pessoas na frente do estabelecimento e um homem tenta reagir.

O homem armado efetua mais disparos contra pessoas que estavam na frente da casa noturna e também na direção do interior da boate.

As imagens mostram ainda as pessoas dentro do estabelecimento correndo assustadas.

Segundo a Polícia Militar, um dos feridos contou que quando estava saindo da casa noturna foi abordado por um homem que anunciou um assalto. O rapaz abordado correu em direção ao estabelecimento e o criminoso efetuou os disparos que feriram as pessoas no local.

Alessandro Paiva, de 22 anos, morreu no local. Outras cinco pessoas foram levadas para o hospital. Duas delas permanecem internadas. Não há informações sobre o estado de saúde dos outros três baleados.

Oração e barqueata homenageiam jovem morto

Na manhã desta terça-feira (9), familiares e amigos de Alessandro Paiva prestaram homenagens ao jovem em Arraial do Cabo, cidade onde ele morava.

As homenagens começaram com uma oração nas areias das Prainhas do Pontal, onde Alessandro frequentava, e seguiram com uma barqueata pela região com balões pretos presos aos barcos.

De acordo com a Polícia Militar, Alessandro era uma das pessoas que estavam dentro da casa noturna e foram atingidas pelos disparos.

Nas redes sociais, o jovem havia compartilhado um ‘story’ na casa noturna e mostrou que estava comemorando o aniversário de um amigo.

*Com informações do G1.

Letycia Rocha
Pós-graduanda em Jornalismo Investigativo pela Universidade Anhembi Morumbi; Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida. Atuou como produtora/repórter na Lagos TV e Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo. Editora no Blog Cutback e colaboradora no jornal O Dia.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content