InícioRegião dos LagosArmação dos BúziosVerão 2022 promete alavancar turismo na Costa do Sol

Verão 2022 promete alavancar turismo na Costa do Sol

Cidades se preparam para a temporada com a expectativa de que seja uma das mais movimentados dos últimos anos

Embora já tenha mostrado sinais de recuperação, o setor de turismo, um dos mais afetados pela crise, ainda não conseguiu retomar o patamar que estava antes da pandemia. O impacto da Covid-19 foi grande, especialmente nas cidades da Costa do Sol, que tem o turismo como principal motor da economia.

Especialistas acreditam que, mesmo com o avanço dos planos de vacinação e a retomada gradual das atividades turísticas, o setor ainda vai demorar a registrar números semelhantes aos do cenário pré-pandemia.

No entanto, a previsão é de que o próximo verão seja um dos mais movimentados dos últimos anos. O crescimento pôde ser notado nos últimos feriados, como o feriadão da independência, em cidades como Cabo Frio, Arraial do Cabo e Armação dos Búzios, que ficaram lotadas. O aumento da presença de turistas também vem sendo notada nos fins de semana seguintes.

Depois de muito tempo com um movimento ‘morno’, barreiras sanitárias e praias fechadas, empresários e representantes do segmento se mostram confiantes de que, até o final do ano, a retomada deve ganhar força.

De acordo com Carlos Cunha, secretário municipal de Turismo, Esporte e Lazer de Cabo Frio, existe uma demanda reprimida que, com o avanço da vacinação, começa a ser atendida cidade com maior segurança e tranquilidade. “Impulsionado pelo aumento da imunização da população através da vacinação, a procura tem aumentado bastante, e a tendência é aumentar cada vez mais”, afirma.

Empresários também vem notando uma melhora no movimento e estão confiantes para a temporada. Rafael Soares, sócio proprietário do restaurante Village, que fica na Vila Nova afirma que o movimento tem aumentado gradativamente. “Cada dia é um dia de expectativa e melhoras. Acredito, que o verão 2022 será sim um dos melhores. Já tem muita procura de reserva de grupos para almoço, café, jantar”.

Ele lembra também, que os cuidados com a Covid-19 continuam sendo importantes. “Temos que manter o pé no chão e continuar com os cuidados. Não podemos esquecer das obrigações do álcool em gel sempre nas mãos e que máscara, luvas e distanciamento são essenciais”, completa.

No setor hoteleiro, as expectativas não poderiam ser melhores. Aline Narciso, proprietária da Pousada Âncora, que fica no Foguete, também em Cabo Frio lembra que há uns dois meses, o turismo estava sendo alimentado por reservas de última hora, o que demonstrava insegurança dos turistas em planejar suas viagens.

“Agora já estamos sentindo a procura antecipada, o planejamento com segurança. A procura para o verão está altíssima, ouso dizer que é a melhor perspectiva dos últimos anos”, afirma confiante.

Fórum de Turismo de Cabo Frio

Por conta dessa grande expectativa, a retomada do turismo foi a tônica da última semana na Costa do Sol. O fórum de turismo de Cabo Frio, que teve objetivo de lançar o calendário dessa alta temporada e a assinatura de convênio entre prefeitura, Estado e aeroporto de Cabo frio mostram bem a necessidade urgente da volta do setor, que é a base econômica da região.

“Pela primeira vez, o planejamento da temporada foi feito e apresentado pela Prefeitura com bastante antecedência (em setembro). Estamos agora alinhando com os órgãos de segurança e demais setores envolvidos para termos uma temporada mais calma, organizada e segura”, completa Carlos Cunha.

Sinalizando também a recuperação da atividade turística no município, o Aeroporto Internacional de Cabo Frio voltou a receber cinco voos de passageiros semanais da Azul. A rota operada é a tradicional Belo Horizonte (Confins) x Cabo Frio. O incremento da frequência deve movimentar o destino, levando em conta os feriados nacionais de outubro (12) e novembro (2 e 15), e a proximidade do verão.

Búzios é o 3º destino mais procurado no mundo em 2021

Ao lado de Martinica, no Caribe e Panamá City Beach, na Flórida, Búzios é um dos destinos mais procurados no mundo em 2021. Pelo menos, é isso que afirma o site Trip Advisor, especializado no ramo turístico. O município se encontra em terceiro lugar do ranking, sendo o único brasileiro entre os dez primeiros.

O Secretário de Turismo Cultura e Patrimônio Histórico do município, João Carlos Souza dos Anjos, conhecido como Dom de Búzios, comentou sobre suas expectativas para os próximos anos. “Vamos tentar melhorar mais ainda, para que possamos alcançar o posto máximo, que é ser o número um do mundo em destinos turísticos”, afirmou, orgulhoso.

Tendo em vista a chegada desses turistas, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo, vem trabalhando para que a cidade esteja melhor preparada para o verão. Uma das ações é a criação uma comissão intersetorial, liderada pelo Gabinete do Prefeito com outras diversas secretarias como Turismo, Serviços Públicos, Segurança e Ordem Pública, Guarda Municipal e Ouvidoria para a realização de visitas técnicas no município afim de levantar as diversas necessidades de infraestrutura de ruas, calçadas, limpeza pública, pontos turísticos entre outros.

O objetivo é realizar um diagnóstico das principais necessidades de infraestrutura urbana e turística e ordenamento para receber os turistas.

Uma das preocupações da Secretaria é, por exemplo, a organização dos transportes de turismo como ônibus, micro-ônibus e vans que causam impacto na cidade na alta temporada. A ação de ordenamento visa diminuir a circulação dos veículos pela cidade, fiscalizando e orientando os motoristas a estacionarem no bairro da Marina.

Arraial do Cabo se prepara para receber visitantes e exige “passaporte da vacina”

Com expectativas excelentes para o verão, a cidade de Arraial do Cabo tem se preparado para o verão com um Plano de Ações que envolve secretarias de segurança, de meio ambiente, de turismo, fiscalização de posturas, entre outros.

De acordo com o secretário de Turismo, Marco Simas, os finais de semana estão sendo super procurados, beirando 100% de ocupação. Para ele, isso também acontece porque boa parte das reservas do primeiro semestre, foram adiadas para o segundo. “Parece que aflorou a vontade de viajar que estava reprimida há muito tempo”, comenta.

Ainda segundo o secretário, Arraial é o destino turístico do interior que recebe o maior fluxo de visitantes, sejam eles no modo day-use (bate e volta) ou aqueles que se hospedam nas cidades vizinhas e passam para conhecer a cidade.

Preocupado com essa questão, a cidade passou a exigir o comprovante de vacinação, sendo cobrado diretamente pelos serviços turísticos, sem a necessidade de barreira sanitária e QR Code para acesso.

Marco afirma que já existe um calendário de eventos pronto, mas que ainda não foi divulgado para uma melhor análise sobre as condições da pandemia.

Estado prevê investimentos de infraestrutura

O período que promete ser um dos mais movimentados dos últimos anos também foi assunto no Fórum de Turismo de Macaé, organizado pelo governo Welberth Rezende (CID). Um dos eventos mais importantes do setor na Baixada Litorânea, totalmente voltado ao planejamento da chegada da alta temporada.

No encontro, os especialistas foram unânimes em afirmar que a “a região vai lotar”. Essa expectativa se justifica por causa da pandemia que impediu muita gente de fazer turismo nos últimos 18 meses. Trade, gestores e conselhos apostam que o fluxo vai ser maior que 2019.

Ao abrir as apresentações do Fórum, o secretário estadual de Turismo afirmou que o Estado já possui uma estratégia traçada para ajudar os municípios do interior com o fortalecimento da atividade turística, a partir do potencial de cada região.

“O que Macaé fez hoje eleva a nossa responsabilidade em realizar novas edições do Fórum, e nos deixa muito felizes e esperançosos que vamos conseguir voltar a crescer. Entendemos que é importante discutir a particularidade de cada região turística do nosso Estado. Depois do setor sofrer tanto, enxergamos um novo ciclo de prosperidade diante de uma nova realidade sanitária com o andamento da vacinação. E as cidades precisam se preparar para esta fase de retomada”, apontou Tutuca.

O presidente da CONDETUR, Marco Navega, preparou um ofício para ser entregue ao Governador Cláudio Castro, mas ele não esteve presente. Dentre as demandas contidas no documento, estão recapeamento das rodovias de acesso, pedido de reforço na segurança, capacitação de policiais nas delegacias e batalhões da Polícia Militar para atender aos turistas estrangeiros, além de uma regulamentação estadual sobre ônibus de excursão, entre outras questões.

O secretário de Estadual de Desenvolvimento Econômico, Vinícius Farah, afirmou que o Claudio Castro (PL) está ciente da necessidade melhorar as estradas e a sinalização. 

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content