Prefeitura de São Pedro da Aldeia consegue aumento dos royalties, mas não anuncia investimentos

Cinco dias após decisão da Justiça, município sequer anunciou o aumento dos repasses de R$3,9 milhões para quase R$9mi.

972

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia conseguiu, na última sexta-feira (17), uma decisão favorável da Justiça para aumento dos repasses dos royalties de petróleo. O município vai passar de R$3,9 milhões mensais para quase R$9 milhões por mês.

Contudo, até a manhã desta quarta (22), nenhum plano foi anunciado pela Prefeitura de como será investido o dinheiro. Inclusive, sequer o aumento dos repasses foi anunciado pela Comunicação aldeense.

Nem mesmo o prefeito, Fábio do Pastel (PL), com discurso sempre pautado pela transparência e admirador de lives, se posicionou sobre oficialmente.

O Portal RC24h questionou a Prefeitura sobre a falta de divulgação da decisão favorável da Justiça, se existe algum projeto do município para investir os recursos e de que forma a Prefeitura pretende aplicar esse dinheiro. Contudo, ainda não tivemos respostas.

Pagamento de inchaço da folha?

Momentos antes da sessão da Câmara de São Pedro da Aldeia desta terça (21), o Portal RC24h apurou que foi recebido um Projeto de Lei do Executivo tratando do aumento no número de cargos da administração, com novas secretarias adjuntas e salários que chegariam a R$6 mil.

Informação de bastidores dão conta que os vereadores estariam receosos que o prefeito poderia usar isso como forma de colocar “cabos eleitorais” e buscar votos para seus deputados.

Na sessão, em si, não houve votação sobre esse projeto.

O Portal RC24h também questionou se a Prefeitura confirma o envio desse projeto à Câmara para inchar a folha de pagamento e se os recursos adicionais de royalties seriam aplicados para pagar esse incremento na folha. Por sua vez, o município ainda não respondeu.

Vizinhas, mas tão distantes…

A saga pelo aumento dos repasses dos royalties de petróleo para São Pedro da Aldeia começou em fevereiro deste ano. No dia 25 daquele mês, Fábio do Pastel e o prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins (CID), estiveram na Agência Nacional de Petróleo, em Brasília, para pleitear o incremento nas verbas.

As cidades são as que menos dinheiro de petróleo recebem na Região dos Lagos.

A decisão favorável à Iguaba saiu no começo deste semestre e o prefeito não perdeu tempo. No dia 23 de julho, Vantoil anunciou o Projeto Iguaba Melhor (PIM). O programa, já em curso, prevê a realização de diversas obras pela cidade.

Com as intervenções já em andamento, ao todo, mais de 30 ruas devem ser contempladas com pavimentações asfálticas e artefatos de cimento intertravados, com nova iluminação de LED e drenagem.

No começo desse mês, por exemplo, mais duas ruas receberam serviços, com drenagem e manilhamento na rua Alfeu Ferreira, no bairro Iguaba Pequena, e intervenções na estrada do Arrastão, que vai receber serviços de esgotamento de águas pluviais, asfalto e uma ciclovia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui