Polícia Federal fiscaliza crimes ambientais em praias de Saquarema e região

Na ação desta quinta (2), estão sendo realizadas coleta de amostras do material dragado e depositado na areia das praias, além de análise e exame técnico para identificar a possível presença de substancias poluentes

258

Nesta quinta-feira (2), a Polícia Federal, em operação conjunta com o Ministério Público Federal (MPF), o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) e o Comando de Polícia Ambiental (CPAM), realizou diligências no Canal da Barra Franca, em Saquarema, e nas Praias da Vila, Gravatá e Itaúna, com o fim de apurar eventuais crimes ambientais decorrentes da dragagem realizada no canal e do depósito do material dragado na areia das referidas praias.

Conforme a PF, estão sendo realizadas coleta de amostras do material dragado e depositado na areia das praias, além de análise e exame técnico dos materiais para identificar a possível presença de substancias poluentes do Meio Ambiente.

Caso comprovada a poluição ambiental, os responsáveis poderão responder pelos crimes previstos nos artigos 54, 55, 60, 63 e 67, todos da Lei 9.605/1998, cujas penas somadas podem ultrapassar dez anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui