PF prende duas pessoas por fraudes contra a Caixa Econômica na Região dos Lagos

As investigações indicam um prejuízo estimado em mais de R$ 1 milhão, com centenas de vítimas; os presos chegaram a receber cerca de R$ 30 mil por mês, enquanto participavam do esquema

3906

A Polícia Federal cumpriu dois mandados de prisão temporária, expedidos pela 1ª Vara Federal de São Pedro da Aldeia, em desfavor de dois homens, pelo crime de fraude contra a Caixa Econômica Federal, na segunda-feira (25). Também foram cumpridos, na última quinta (21), três mandados de busca e apreensão contra os investigados, na cidade de Araruama.

A ação é decorrente de uma operação iniciada em abril deste ano, que resultou na prisão em flagrante de uma funcionária da Caixa, por fraudes na obtenção de dados de correntistas e de supostos beneficiários de programas sociais do Governo Federal. O objetivo das fraudes era a realização de saques e transferências por parte dos criminosos, lesando os particulares e a instituição bancária. Além disso, foram identificadas fraudes contra o auxílio emergencial.

Até o momento, as investigações indicam um prejuízo estimado em mais de R$ 1.000.000,00, com centenas de vítimas. Os presos chegaram a receber cerca de trinta mil reais por mês, enquanto participavam do esquema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui