CPI da Alerj sobre redução dos repasses de royalties define plano de trabalho nesta segunda (5)

Segundo levantamento do colegiado, estado do Rio arrecadou com ICMS e participações especiais R$ 2,14 bilhões em fevereiro deste ano, queda de 40% no último trimestre

359
CPI na Alerj sobre queda nos repasses dos royalties terá reunião nesta segunda-feira (5) | Foto: Otacílio Barbosa/Alerj
CPI na Alerj sobre queda nos repasses dos royalties terá reunião nesta segunda-feira (5) | Foto: Otacílio Barbosa/Alerj

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada pela Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) para investigar a queda na arrecadação de royalties de Petróleo e Gás realiza audiência, nesta segunda-feira (5), às 10h, para analisar o plano de trabalho e definir as primeiras oitivas.

Segundo levantamento do colegiado, o estado arrecadou com ICMS e participações especiais R$ 2,14 bilhões em fevereiro deste ano, queda de 40% no último trimestre. A reunião virtual será transmitida ao vivo pela TV Alerj.

O presidente da comissão, deputado Luiz Paulo (Cidadania), informou que fez a requisição de profissionais com expertise na área para auxiliar nos trabalhos da CPI e que a ex-presidente da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, vai integrar a equipe de Assessoria Fiscal da Alerj.

“A Alerj tem o dever de acompanhar e investigar as arrecadações, bem como suas respectivas destinações. Ter uma equipe preparada para as oitivas que faremos será de suma importância”, afirma Luiz Paulo.

“O Rio é um estado em Recuperação Fiscal, que enfrenta uma grave crise econômica em decorrência também da pandemia, e isso faz o trabalho desta CPI ainda mais importante”, conclui o parlamentar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui