BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA SEXTA-FEIRA (28)

Zé Bonifácio resenha com Molon, a quem declara apoio; Um dia antes, Zé resenhou em Niterói; Fake da cassação em Cabo Frio; Vantoil Martins fechado com Comte Bittencourt; Alexandre Martins afaga garotada do Botinho e circula com secretário estadual; Continua imbróglio da pedreira de São Pedro; Vereador de Arraial pede melhorias em RJs; Araruama sem definição de retorno às aulas; Saquarema é destaque em colunas políticas ... E muito mais!

1180

PROFÍCUA RESENHA COM MOLON

A coluna Boca Miúda desta sexta-feira (28) começa por Cabo Frio, onde o deputado federal, Alessandro Molon (PSB), pré-candidato ao Senado, veio visitar o prefeito José Bonifácio (PDT). Questionado se era apenas uma resenha ou apoio político, Zé não titubeou e foi direto: “Alessandro tem meu voto”. Molon sorriu de orelha a orelha, afinal, a ideia era só tomar um café… A resenha foi longa, durou mais de uma hora, teve a presença do ex-deputado Janio, do presidente do PSB cabo-friense, André Carvalho, secretários que foram cumprimentá-lo e até uma resenha extra no final, quando o deputado Comte Bittencourt (CID), depois de passar por Iguaba, esteve na prefeitura para conversar com Molon. Na entrevista exclusiva que o deputado federal, Alessandro Molon (PSB) concedeu ao Portal RC24h, ele falou sobre a expectativa dele – otimista em conquistar uma das vagas ao senado federal -, falou da pesquisa onde aparece em segundo lugar. Pontuou que trata-se de um grande desafio, já que o trabalho nem começou e que o Romário é muito mais conhecido que ele, mas que ele, Molon, apresenta uma possibilidade muito maior de ampliação da notoriedade dele. O deputado ainda provocou o senador Romário, questionando o que o ex-jogador de futebol fez enquanto esteve ocupando uma das 82 vagas. “Você lembra de alguma coisa que Romário tenha feito?” Reafirmou seu compromisso em apoiar o ex-presidente Lula e também comentou sobre o reajuste pedido por Bolsonaro (PL) aos professores. Ele acredita que isso não vai fazer diferença na hora do professor votar, acha que o professor segue não votando no atual presidente.

___________________

MÚLTIPLOS COMPROMISSOS

Molon continua em Cabo Frio neste sábado (29), onde vai tentar se dividir em múltiplos compromissos, entre os quais visitar a Praia do Peró, conhecer a Bandeira Azul; ir até a Fazenda Campos Novos. Disse até que tinha esperança em poder dar uma surfada, pegar umas ondas e dar uns mergulhos. A propósito, Molon tem uma ligação afetiva com Cabo Frio, disse que quando era garoto passava muitas férias aqui. Veja a entrevista, na íntegra, acima.

CONEXÃO CABOFRA-NIKITI

Voltando a falar da dupla JJ de Cabo Frio – o prefeito José Bonifácio (PDT) e o ex-deputado Janio Mendes (PDT)-, os dois estiveram em um almoço nesta quinta-feira (27) para falar sobre os desafios da Estado do Rio para os próximos anos. Com eles, a deputada estadual Martha Rocha (PDT) e o ex-prefeito de Niterói e pré-candidato ao Governo do Rio Rodrigo Neves (PDT), que estava acompanhado da esposa, Fernanda Sixel, coordenadora de Direito e Políticas das Mulheres de Niterói. “Seguiremos debatendo o Estado do Rio que desejamos e queremos”, escreveu Janio em uma rede social.

É FAKE!

Continuando em Cabo Frio, onde as fakes rolam solto, chegou mais uma pra coluna. Há alguns dias está correndo nas redes sociais e em sites subsidiados por gabinetes do ódio, que vereadores vão perder mandato por terem sido beneficiados pelo uso de candidaturas laranjas de mulheres nos partidos pelos quais concorreram às vagas de vereadores. E mais, que o Ministério Público teria dado parecer favorável à cassação de Vinícius Corrêa (PP), Vanderson Bento (PTB), Oséias de Tamoios (PDT), Davi Souza (PDT), Leo Mendes (DC), Carol Midori (DC) e Rodolfo de Rui (SDD). A coluna foi atrás desse tal processo e checou com advogados e isso não procede. Em conversa com o advogado Pedro Canellas, que é professor de direito constitucional e eleitoral, afirmou que a informação é totalmente equivocada. “Trata-se de um processo movido por um candidato a vereador que não foi eleito. O parecer do MP foi pra juntar documentos meramente formais e não para proceder à ação. Isso é mentira”, disse. Completando, dr Pedro – que não advoga para nenhum dos citados mas acessou o documento a pedido de um colega – disse que o processo que está começando, então é impossível já haver um parecer do MP”, explicou Pedro Canellas. Portanto, os que estão apressados em dizer que os parlamentares estão na beira de perder o mandato, melhor ir “devagar com o andor que o santo é de barro”.

FILIAÇÃO SEMANA QUE VEM

Continuando em Cabo Frio, terça-feira que vem, dia 1º de fevereiro, tem filiação de Rafael Peçanha ao PT. Vai ser no hotel Malibu, às 19h. A informação é do presidente municipal do partido, Luciano Silveira, que inclusive fez aniversário hoje. Parabéns.

FECHADO COM COMTE E VICE-VERSA

O prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins (CID), recebeu, nesta sexta-feira (28), o deputado estadual Comte Bittencourt (CID) para vistoriar algumas obras do município. Comte, que vai tentar renovar o mandato na Alerj no fim do ano, também participou da colônia de férias das crianças em Iguaba e ainda deu posse a concursados no município. À coluna, Comte elogiou Vantoil, classificando-o como um dos melhores prefeitos do Estado e, quem sabe, do Brasil. Quando questionado se dizia isso por serem do mesmo partido, Comte foi direto: “um prefeito que consegue, com o orçamento que Iguaba tem e a crise econômica que o país vive, no meio de uma pandemia, promover ajuste fiscal, fazer concurso público, pagar o servidor em dia, investir em infraestrutura com recursos próprios, isso não é para qualquer um”.

PARCERIA QUE NÃO É DE HOJE

Na sequência, Bittencourt ainda explicou que é amigo de Vantoil há mais de 10 anos e se coloca “sempre à disposição para ajudar Iguaba Grande no que for preciso”. O prefeito iguabense complementou dizendo que, os últimos quatro mandatos dele – na vereança e na Prefeitura – foram sob o comando de Comte Bittencourt. Ou seja, é uma dobradinha, uma parceria que ninguém tira, viu? O que deu pra perceber é que esse fechamento está muito lacrado e não adianta fazer caminho por fora tentando uma beirolinha. C’est fini.

ALEXANDRE DO BOTINHO

O prefeito de Armação dos Búzios, Alexandre Martins (REP), participou, nesta sexta-feira (28), da cerimônia de encerramento do Projeto Botinho 2022, promovido pelo Corpo de Bombeiro Militar do Estado do Rio de Janeiro, no Búzios Beach Resort, em Tucuns. Ao todo, 108 crianças participaram do projeto. Na ocasião, Martins agradeceu ao Corpo de Bombeiros, ao Guarda-Vidas, aos secretários, aos colaboradores e todos envolvidos na realização do projeto. “Quero apenas agradecer a todos os envolvidos neste projeto. Em especial ao Comandante Alessandro e aos pais que trouxeram seus filhos com dedicação. Se Deus permitir, teremos mais um no meio do ano”, disse Alexandre. As crianças foram condecoradas com medalhas e certificado do curso. No final do evento, em um momento de descontração, o caminhão de bombeiros fez uma surpresa para os participantes: chegaram com sirene ligada e deram um banho na turma participante do projeto.

CLEFFS NA PENÍNSULA

Ainda sobre Alexandre Martins, o chefe do Executivo buziano foi outro que recebeu o subsecretário Estadual de Cidades, Paulo Cleffs, durante visita dele à Região dos Lagos nesta quinta-feira (27). Acompanhado ainda do assessor regional Adriano Mattos, a comitiva da secretaria na vistoria em Búzios falou sobre a RJ-102, sobre o projeto Somando Forças, e sobre a estrada da Fazendinha, além da nova rotatória que está prestes a ser liberada para construção. O secretário de Cultura e Patrimônio Histórico de Búzios, Luiz Romano, também participou do encontro entre representantes do Estado e o prefeito.

ESPERA RESOLVER SITUAÇÃO

De São Pedro da Aldeia o assunto que ainda não calou é o enorme problema das explosões da pedreira de Campo Redondo. Os moradores enfrentam esses estrondos há anos, fora poeira incessante e problemas respiratórios, motivo de reclamações constantes daquela população. Exemplo disso foi mostrado nesta quinta (27), em matéria publicada no Portal RC24h, quando o barulho passou dos limites e foi ouvido de bairros distantes como Jardim Primavera e Centro. O imbróglio se arrasta há muito tempo, já houve audiências públicas mas nada resolvido, inclusive já chegou até à Câmara um pedido de fechamento da pedreira. Acontece que a maioria dos vereadores é contra, visto que, segundo eles, o impacto financeiro na construção civil seria inestimável e acabaria refletindo negativamente na economia do município. Mas até o prefeito Fábio do Pastel (PL) já demonstrou que continua com a vontade de atender os moradores e comerciantes da região, que durante a audiência pública realizada em setembro do ano passado deixou clara a vontade de não ter mais o empreendimento como vizinho. Em nota, nesta sexta-feira (28), a prefeitura que “garante ainda que fatos como a explosão registrada na última quinta-feira são analisados e fiscalizados e que espera, em breve, resolver essa situação”. É aguardar pra ver.

ESTRADAS PERIGOSAS

De Arraial do Cabo, o vereador Junior Chuchu (PV) disse que encaminhou dois ofícios sobre as RJ-140 e RJ-102 para o prefeito Marcelo Magno (PL) e para o DER. Segundo o edil, só nesse primeiro mês do ano foram mais de 10 acidentes em apenas 20 dias. “Ontem mesmo tivemos mais um, é preocupante. As notícias de acidente nessas estradas não são novas, principalmente nos bairros Foguete e Pontal. Precisamos trabalhar em conjunto e pensar em soluções para reduzir o risco de acidentes, seja a construção de um recuo, um trevo ou até mesmo um “mini viaduto”, o importante é pensar na segurança e na vida das pessoas que usam essa estrada. Investir em infraestrutura das estradas é também investir em turismo e na vida dos moradores da Região dos Lagos e dos turistas”, postou ele em seu perfil.

SEM DEFINIÇÃO DE RETORNO

A volta às aulas em Araruama segue em clima de indefinição. Circula na internet a informação de que a rede municipal iniciará suas atividades escolares de 2022 remotamente. Os servidores questionam como a atividade será remota, “com desdobramentos de trabalho maior aos docentes através de uma plataforma que não funciona e o professor utilizando seu aparato de computador, internet, etc” sem o auxílio tecnológico, que não foi pago em Araruama. Contudo, segundo a Prefeitura, a secretaria de Educação ainda está elaborando uma nota técnica para organizar os trâmites para a volta. Ou seja, resposta oficial mesmo, até esta sexta-feira (28), nenhuma.

ESTAMPANDO COLUNAS

Esta semana a prefeitura de Saquarema vem estampando colunas políticas de veículos de comunicação diversos, além do Portal RC24h. Na pauta, licitação milionária e a moeda social Saquá, cujo projeto foi enviado à Câmara há uma semana e prevê benefício de R$ 300 mensais para cerca de 20 mil famílias. Começando na segunda-feira (24) com Berenice Seara, do jornal Extra, e terminando nesta sexta (28), com Aline Macedo, do Informe do DIA. Detalhe é que na nota de Aline, a jornalista lembra que o projeto foi copiado, ipsis literis, do programa de governo de seu principal adversário, Márcio Motta, bolsonarista de quatro costados, que por sua vez se inspirou no projeto petista da vizinha Maricá. Embora a prefeita Manoela Peres (DEM) esteja distribuindo benefícios, não está enganando ninguém. Até porque o orçamento desse ano é de R$ 1,8 bilhão. Com uma dinheirama dessa, tem mais é que distribuir mesmo, afinal de contas quem foi que colocou ela na cadeira do executivo?

EX-PREFEITO, EX-PRESIDIÁRIO E QUASE EX-DEPUTADO

A Justiça do Rio aceitou denúncia do Ministério Público estadual (MPRJ) para que o deputado Wanderson Gimenes Alexandre (SDD), conhecido como Anderson Alexandre, seja afastado de seu cargo na Alerj por crime de responsabilidade e por integrar organização criminosa, na qual atuava como líder, segundo o MP. De acordo com o pedido feito pelo Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e acolhida pela Vara de Combate ao Crime Organizado do Tribunal de Justiça do Estado do Rio (TJRJ), enquanto ocupou o cargo de prefeito de Silva Jardim, entre os anos de 2013 e 2016, Anderson e outras sete pessoas se organizaram de modo estruturado para desviar recursos municipais em proveito próprio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui