Super caminhão à vácuo reforça operações em esgotamento sanitário na Região dos Lagos

Equipamento com alto poder de sucção e armazenamento vai tornar ainda mais eficiente o trabalho da Prolagos

158

Para reforçar as manutenções no sistema de esgotamento sanitário da Região dos Lagos, a Prolagos acaba de investir em um equipamento que dará ainda mais agilidade nas operações: o ‘Super Caminhão’. O veículo de sucção à vácuo, possui maior capacidade de estoque de água e conta com uma bomba com o dobro de potência. O veículo executa lavagens de alta pressão; limpezas em manutenção das Estações de Tratamento de Esgoto (ETE), elevatórias e poços de visita; sucção e transporte de resíduos líquidos pastosos e granulados. Com tantos atributos, o ‘Super Caminhão’ se tornou o queridinho da equipe Operacional Esgoto da concessionária e já ganhou até um apelido: ‘Fenômeno’. 

Com um braço mecânico, o equipamento facilita a execução das atividades e é capaz de acessar espaços mais profundos sem que os operadores precisem ficar direcionando a mangueira de sucção, oferecendo maior segurança aos profissionais. “Um dos pontos que nos chamou a atenção é a capacidade de aspirar materiais. Aqui na região, somos cercados por praias e encontramos muita areia nas tubulações, que podem obstruir o sistema. Diferente dos demais caminhões, este consegue capturar tanto a areia molhada, quanto seca, tornando o nosso serviço ainda mais eficiente. É realmente surpreendente”, comenta Celeste Lemos, coordenadora de Operações de Esgoto, explicando o apelido.

Além da limpeza das ETEs, o caminhão também irá atuar na limpeza dos mais de 150 km de rede separativa de esgoto já implantados nas cidades da área de concessão da Prolagos e, possivelmente, em apoio aos municípios na manutenção das galerias pluviais.

Mais investimentos em esgotamento sanitário

A aquisição do ‘Super Caminhão’ está alinhada ao projeto de ampliação de todo o sistema de esgotamento sanitário dos municípios operados pela Prolagos. Nos próximos cinco anos, a concessionária irá investir mais de R$ 340 milhões no setor, garantindo que 50% da população seja atendida por rede separativa de esgoto, com a implantação de, aproximadamente, 520 km de rede coletora de esgoto.

Para proteger ainda mais a Lagoa de Araruama, um dos principais cartões postais da Região dos Lagos, a concessionária vai construir 26 km de cinturão coletor de esgoto, que se somarão aos 38 km já existentes, concluindo a blindagem da laguna. Com o investimento de mais de R$50 milhões, a rede, no modelo coleta em tempo seco, receberá o esgoto que sai dos imóveis e levará até a estação de tratamento. O primeiro local a receber a implantação, em julho deste ano, é Ubás, em Iguaba Grande, onde o Rio Salgado também será protegido. Também fazem parte do cronograma os bairros: Praia do Siqueira, Recanto das Dunas, Vila do Sol, Jacaré (próximo ao Mercado de Peixe) e Porto do Carro, em Cabo Frio; Vinhateiro, Baixo Grande, Nova São Pedro e Campo Redondo, em São Pedro da Aldeia; e na Vila Industrial, em Arraial do Cabo. A construção irá se somar aos 50 km de cinturão já implantados na área de concessão da companhia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui