InícioRegião dos LagosCabo FrioSOS CHARITAS/ Patrimônio cultural de Cabo Frio se deteriora pelo abandono

SOS CHARITAS/ Patrimônio cultural de Cabo Frio se deteriora pelo abandono

Registros feitos nesta terça-feira (17) mostram que a casa de cultura, datada do século 19, precisa urgentemente de obras de manutenção

Cabo Frio é uma cidade histórica, afinal, são 407 anos. Em 1837, a Casa de Cultura José de Dome, popularmente conhecida como Charitas, foi construída para abrigar crianças abandonadas. Atualmente, o lugar serve de museu e reúne artefatos que contam um pouco sobre o município cabo-friense. Mesmo tombada desde 1979, hoje em dia, seu estado de conservação está muito aquém do ideal.

Registros feitos com exclusividade pelo Portal RC24h, nesta terça-feira (17), mostram o estado crítico do espaço cultural, que tem 196 anos – sendo 43 deles como patrimônio histórico.

Conforme mostram as imagens, algumas paredes têm mofo e estão cedendo em determinadas partes. Alguns cantos do teto apresentam infiltração, rodapés podres e presença de cupins, que podem, até mesmo, danificar as obras expostas.

A parte exterior também está degradada. As paredes estão descascadas e as grades, enferrujadas.

Vale pontuar que a falta de manutenção, além de prejuízos estéticos, traz riscos à segurança dos moradores e pedestres.

Diante disso, o Portal RC24h entrou em contato com a Prefeitura e com a artista e diretora do Charitas, Taz Mureb, questionando se providências serão tomadas em relação aos problemas mencionados.

Taz, que foi responsável por abrir um processo de restauro para o Charitas, conta que o local tem laudos do IPHAN, entre os anos de 2018 e 2020, solicitando reparo emergencial por constatar o péssimo estado de conservação do imóvel, principalmente nas estruturas de madeira e telhados.

Ela informou, ainda, que a empresa contratada é a Sarasá, a mesma que restaurou o Palácio das Águias. “Neste primeiro momento, será feito o reparo de emergência, via Emenda Impositiva da Câmara Municipal, através do vereador Miguel Alencar”, explicou.

A artista também afirmou que o reparo já possui uma possível data de encerramento. “Esta obra tem previsão de conclusão em um mês e provavelmente estará finalizada antes do carnaval”, concluiu.

ANÚNCIO DA PREFEITURA

Logo após os registros publicados pelo Portal RC24h, a prefeitura de Cabo Frio anunciou que, nesta terça-feira, teve início a obra de recuperação do Charitas.

Conforme o município, a por se tratar de um patrimônio tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a reforma do Charitas deve seguir rigorosos protocolos de restauração.

O processo para a prestação do serviço especializado foi aberto em junho de 2022, para elaboração de mapa de danos e diagnóstico de fachada, esquadrias e cobertura, restauro de cobertura, protótipo de fachada e esquadria de madeira do prédio.

Conforme a prefeitura, a reforma está sendo realizada com recursos da Emenda Impositiva da Câmara Municipal à Lei Orçamentária Anual (LOA), na qual foram destinados R$ 298.380,01 para a reforma de patrimônios históricos da cidades, entre os quais, o Charitas e também para o projeto de iluminação da Ponte Feliciano Sodré, que já está em andamento.

A restauração completa do Casa de Cultura José de Dome está sendo planejada em ação conjunta da Secretaria Municipal de Cultura e do Instituto Municipal de Patrimônio Artístico Cultural (Imupac). O prédio vem recebendo pequenas reformas e manutenção ao longo dos últimos dois anos.

Disse, ainda, que, em setembro, o Charitas passou por completo processo de descupinização, realizado por empresa especializada, que buscou pontos de infestação de cupins. Além disso, o acervo que fica em exposição permanente no Casa de Cultura José de Dome passou por desinfecção e restauro, com organização da reserva técnica para permitir a realização de pesquisas acadêmicas das obras.

Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida e pós-graduanda em Assessoria de Imprensa, Jornalismo Estratégico e Gestão de Crises pela Universidade Castelo Branco.

Já atuou como apresentadora na Jovem TV Notícias, em 2021. Escreve pelo Portal RC24h há três anos e atua, desde julho de 2022, como repórter do Jornal Razão, de Santa Catarina.

É autora publicada, com duas obras de romance e mais de 500 mil acessos nas plataformas digitais.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo