InícioRegião dos LagosCabo FrioSOS CHARITAS/ Patrimônio cultural de Cabo Frio se deteriora pelo abandono

SOS CHARITAS/ Patrimônio cultural de Cabo Frio se deteriora pelo abandono

Registros feitos nesta terça-feira (17) mostram que a casa de cultura, datada do século 19, precisa urgentemente de obras de manutenção

Cabo Frio é uma cidade histórica, afinal, são 407 anos. Em 1837, a Casa de Cultura José de Dome, popularmente conhecida como Charitas, foi construída para abrigar crianças abandonadas. Atualmente, o lugar serve de museu e reúne artefatos que contam um pouco sobre o município cabo-friense. Mesmo tombada desde 1979, hoje em dia, seu estado de conservação está muito aquém do ideal.

Registros feitos com exclusividade pelo Portal RC24h, nesta terça-feira (17), mostram o estado crítico do espaço cultural, que tem 196 anos – sendo 43 deles como patrimônio histórico.

Conforme mostram as imagens, algumas paredes têm mofo e estão cedendo em determinadas partes. Alguns cantos do teto apresentam infiltração, rodapés podres e presença de cupins, que podem, até mesmo, danificar as obras expostas.

A parte exterior também está degradada. As paredes estão descascadas e as grades, enferrujadas.

Vale pontuar que a falta de manutenção, além de prejuízos estéticos, traz riscos à segurança dos moradores e pedestres.

Diante disso, o Portal RC24h entrou em contato com a Prefeitura e com a artista e diretora do Charitas, Taz Mureb, questionando se providências serão tomadas em relação aos problemas mencionados.

Taz, que foi responsável por abrir um processo de restauro para o Charitas, conta que o local tem laudos do IPHAN, entre os anos de 2018 e 2020, solicitando reparo emergencial por constatar o péssimo estado de conservação do imóvel, principalmente nas estruturas de madeira e telhados.

Ela informou, ainda, que a empresa contratada é a Sarasá, a mesma que restaurou o Palácio das Águias. “Neste primeiro momento, será feito o reparo de emergência, via Emenda Impositiva da Câmara Municipal, através do vereador Miguel Alencar”, explicou.

A artista também afirmou que o reparo já possui uma possível data de encerramento. “Esta obra tem previsão de conclusão em um mês e provavelmente estará finalizada antes do carnaval”, concluiu.

ANÚNCIO DA PREFEITURA

Logo após os registros publicados pelo Portal RC24h, a prefeitura de Cabo Frio anunciou que, nesta terça-feira, teve início a obra de recuperação do Charitas.

Conforme o município, a por se tratar de um patrimônio tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a reforma do Charitas deve seguir rigorosos protocolos de restauração.

O processo para a prestação do serviço especializado foi aberto em junho de 2022, para elaboração de mapa de danos e diagnóstico de fachada, esquadrias e cobertura, restauro de cobertura, protótipo de fachada e esquadria de madeira do prédio.

Conforme a prefeitura, a reforma está sendo realizada com recursos da Emenda Impositiva da Câmara Municipal à Lei Orçamentária Anual (LOA), na qual foram destinados R$ 298.380,01 para a reforma de patrimônios históricos da cidades, entre os quais, o Charitas e também para o projeto de iluminação da Ponte Feliciano Sodré, que já está em andamento.

A restauração completa do Casa de Cultura José de Dome está sendo planejada em ação conjunta da Secretaria Municipal de Cultura e do Instituto Municipal de Patrimônio Artístico Cultural (Imupac). O prédio vem recebendo pequenas reformas e manutenção ao longo dos últimos dois anos.

Disse, ainda, que, em setembro, o Charitas passou por completo processo de descupinização, realizado por empresa especializada, que buscou pontos de infestação de cupins. Além disso, o acervo que fica em exposição permanente no Casa de Cultura José de Dome passou por desinfecção e restauro, com organização da reserva técnica para permitir a realização de pesquisas acadêmicas das obras.

Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida.

Já atuou como apresentadora na Jovem TV Notícias, em 2021. Escreve pelo Portal RC24h há três anos e atua, desde julho de 2022, como repórter do Jornal Razão, de Santa Catarina.

É autora publicada, com duas obras de romance e mais de 500 mil acessos nas plataformas digitais.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo