Saúde de Cabo Frio realiza capacitação sobre vacinação contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos

Reunião orientou os profissionais de saúde sobre a logística para atender ao novo grupo inserido no cronograma de imunização

656

A Prefeitura de Cabo Frio reuniu, nesta quinta-feira (13), os profissionais de saúde da Atenção Básica para orientar sobre as diretrizes da campanha de vacinação contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos, determinada pelo Ministério da Saúde. O encontro teve como objetivo alinhar a dinâmica de atendimento de fácil acesso para toda a população cabo-friense.

Previstas no Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, as novas estratégias da Campanha Nacional Contra a Covid-19 começaram a ser traçadas pela Coordenadoria de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde no dia 5 de janeiro. No encontro, foi feita a análise da nota técnica enviada pelo MS para realização da vacinação pediátrica.

De acordo com o Ministério da Saúde, o município deverá iniciar a vacinação de crianças de 5 a 11 anos após o envio, pelo Governo do Estado, dos insumos para esse grupo, em paralelo à continuidade das aplicações das demais doses. A previsão é de que o estado do Rio de Janeiro receba os insumos a partir do dia 14 de janeiro, para nos dias seguintes realizar a distribuição para os municípios. O calendário de vacinação das crianças será divulgado após o recebimento da vacina.

Atualmente, Cabo Frio segue aplicando a dose reforço em pessoas que tomaram a segunda dose há mais de quatro meses; e a quarta dose em pessoas de 18 a 59 anos com alto grau imunossupressão, que já receberam as três doses (duas doses e uma adicional), também a partir de quatro meses. Além destes grupos, o município continua realizando a repescagem em pessoas acima de 12 anos que ainda não tomaram a primeira dose da vacina e a aplicação da segunda dose.

“É muito importante completar o ciclo vacinal, pois aumenta a proteção contra a Covid-19. A dose de reforço ajuda a prolongar a imunização. Quem perdeu o prazo da aplicação, também deve comparecer para se vacinar. O avanço da vacinação é uma ação conjunta e conta também com cada cidadão”, afirma a coordenadora de imunização do município, Patrícia Freitas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui