Região dos Lagos fecha primeiro quadrimestre do ano com mais de 4,9 mil empregos

A conclusão veio a partir da análise da Firjan, agregando todos os setores econômicos (indústria, comércio, serviços e agropecuária)

218

A Região dos Lagos já acumula saldo positivo de 4.968 postos de trabalho formais em 2022. A conclusão veio a partir da análise agregada de todos os setores econômicos (indústria, comércio, serviços e agropecuária), no período de janeiro a abril, via plataforma Retratos Regionais. O melhor resultado da área no primeiro quadrimestre ficou com Araruama (+2.196) seguido de Arraial do Cabo (+1.206). O recorte segue a atual divisão político-administrativa do estado e contempla os seguintes municípios: Araruama, Arraial do Cabo, Búzios, Cabo Frio, Casimiro de Abreu, Iguaba Grande, Rio das Ostras, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Silva Jardim.

A análise específica da indústria da microrregião mostra que, de janeiro a abril de 2022, o setor registrou saldo positivo de 2.247 vagas de trabalho formais. Araruama (+1.542) e Rio das Ostras (+243) representam os melhores resultados industriais da Região dos Lagos neste período. O segmento que impulsionou este número foi a construção civil (+1.753).

Análise estadual

Em abril, o estado do Rio de Janeiro abriu 22.403 novos postos de trabalho formais e todos os grandes setores apresentaram saldo positivo no mês. Análise da Firjan, feita a partir da plataforma Retratos Regionais, destaca que o setor de Serviços (+14.865) foi o que mais abriu vagas, seguido por Indústria e Construção (+5.774), Comércio (+1.618) e Agropecuária (+146). Com esse desempenho, o mercado de trabalho formal fluminense apresentou o segundo maior saldo de contratações do país no mês, atrás apenas de São Paulo.

No setor de Serviços, o segmento de Alimentação (+2.879) liderou as contratações em abril, especialmente no ramo de Restaurantes e Outros Estabelecimentos de Serviços de Alimentação e Bebidas. No setor industrial, a Construção Civil (+2.935) manteve patamar elevado de contratações e os Serviços Industriais de Utilidade Pública (+1.033) também se destacaram, principalmente por conta do segmento de Captação, Tratamento e Distribuição de Água e Coleta de Resíduos Não-Perigosos.

Estado registra saldo positivo de quase 58 mil novas vagas no ano

No acumulado do ano, o estado do Rio registra saldo positivo de 57.824 novas vagas formais de trabalho. O setor de Serviços (+48.879) foi o que mais contratou no período, impulsionado pela abertura de vagas de início de ano, em especial, no segmento da Educação. O setor de Indústria e Construção (+21.884) é o segundo com mais contratações, seguido pela Agropecuária (+524). Por outro lado, o Comércio (-13.463) acumula saldo negativo, em parte, ainda influenciado pelo fechamento das vagas temporárias de fim de ano.

Dentro do setor industrial, a Construção Civil (+13.774) se destaca como a maior responsável pelas contratações no ano. Seis em cada dez novos postos formais de trabalho abertos no estado do Rio em 2022 são no segmento. A Construção de Edifícios (+3.381) e as Instalações Metálicas (+2.979) foram as principais responsáveis pelas contratações no ramo, com influência do estímulo no segmento imobiliário no estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui