InícioDestaqueProtetores enfrentam saga para salvar cachorros em situação de abandono em São...

Protetores enfrentam saga para salvar cachorros em situação de abandono em São Pedro da Aldeia

Mais de 19 animais estão abandonados em situação de precariedade em uma casa no bairro Porto do Carro

Protetores de animais estão enfrentando uma verdadeira saga para salvar diversos cachorros que se encontram e situação precária e de abandono em São Pedro da Aldeia. Mais de 19 cães estão passando frio e fome no quintal de uma casa, localizada no bairro Porto do Carro, alguns apresentando sinais de desnutrição e outras doenças.

Os animais foram encontrados nesta situação no dia 22 de setembro e, desde então, pessoas tem se voluntariado para ajudar, alimentando os cães pelos fundos da residência com ração comprada através de doação.

De acordo com Margarida Aureliano, protetora da causa animal, são usados em torno de 8 kg de ração por dia e a previsão é que ela acabe nos próximos dias. Ainda segundo o relato, os cães eram cuidados por um homem que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e ficou bem debilitado. A família alega que paga uma pessoa para alimentá-los, mas testemunhas afirmam que esse responsável não leva uma quantidade suficiente de ração para todos os cachorros. Além deste local, ainda existe outra residência que pertence ao mesmo homem, com mais cães na mesma situação.

O Órgão de Proteção Animal de São Pedro da Aldeia foi acionado e a coordenadora da pasta, Briza Canuto, foi até o local e se colocou à disposição para ajudar a solucionar esse caso, procurando pelos prováveis responsáveis. O órgão também ficou de providenciar uma autorização de entrada na casa, para que seja feito um levantamento do que será necessário para que os animais sejam disponibilizados para adoção. Infelizmente, o apoio não veio. A alegação foi a falta de um carro para que a Guarda Municipal possa acompanhar o resgate.

Os protetores seguem indo à residência alimentar e dar água para os cães, mas não tem o poder de fiscalizar e notificar essa situação. Um documento que apresenta todo o transtorno foi entregue Secretaria de Agricultura de São Pedro da Aldeia e a pasta informou que está acompanhando de perto o caso.

“Foi apurado que o tutor responsável pelos animais encontra-se internado e, por esse motivo, familiares próximos foram orientados a assumir a responsabilidade quanto aos cuidados básicos com os cães. Segundo eles, um cuidador já foi contratado para tal função”, afirmou.

A Secretaria definiu um prazo para que os responsáveis adequem o espaço ocupado pelos animais às condições ideais e uma nova vistoria, que ainda não teve uma data divulgada, será realizada.

Os protetores continuam realizando campanha de arrecadação de ração para os cães, que já apresentaram melhora da aparência depois que passaram a ser alimentados diariamente pelo grupo. As doações podem ser feitas através do PIX 378.721.173-04.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content