Prolagos promove encontro de educação ambiental para jovens quilombolas

Iniciativa faz parte de programa que tem foco no desenvolvimento sustentável do Mangue de Pedra, em Búzios

186

A Prolagos, uma empresa da Aegea Saneamento, em parceria com a secretaria municipal de Educação de Armação dos Búzios, recebeu na sede da companhia, um grupo de jovens que fazem parte do programa “A Natureza da Educação para o Mangue”, projeto de formação de guias de turismo, desenvolvido pela concessionária com adolescentes dos quilombos de Baía Formosa e Rasa, em Búzios. A visita integra a programação em celebração pelo Mês do Meio Ambiente e teve como objetivo, mostrar a importância de preservação ambiental e como ela está alinhada às atividades turísticas.

Durante o encontro, os jovens conheceram o Centro de Controle Operacional (CCO) da Prolagos, um dos modelos mais avançados no setor do saneamento disponível no Brasil, de onde é possível monitorar milhares de informações em tempo real, acompanhando os sistemas de captação, tratamento e distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto; e visitaram a Estação de Tratamento de Esgoto de Iguaba Grande. “Meio ambiente, saneamento e turismo caminham lado a lado, e queremos incentivar nesta nova geração de guias a construção de uma relação equilibrada e respeitosa com a natureza” –  afirma Simony Dias, coordenadora de Responsabilidade Socioambiental da Prolagos.

O grupo também assistiu a uma palestra com o coordenador de Educação Ambiental da secretaria de Educação de Búzios, Marco Antônio da Costa, sobre as unidades de conservação da cidade. “No curso eles obtiveram mais conhecimentos sobre o Mangue de Pedra, que é uma unidade de conservação ambiental, e agora podem contextualizar com outro tipo de área protegida pelo poder público, que é formada por uma paisagem de floresta, como a Serra das Emerências” – explica Marco Antônio.

O guia de turismo Joni Amorim também dividiu as experiências e mostrou as oportunidades que a profissão pode oferecer para os jovens. “O mercado está em expansão e como a nossa cidade recebe muitos turistas, eles podem adquirir mais conhecimento e se qualificar, pois, com certeza, terão muitas oportunidades de trabalho” – ressalta Joni.

“A Natureza da Educação para o Mangue” é um dos três subprogramas do projeto Impulso, que tem foco em ações para o desenvolvimento de pessoas, famílias e comunidades de forma sustentável. Para composição do programa, a região do Mangue de Pedra, em Armação dos Búzios, foi mapeada e elaborado um roteiro de turismo, étnico e histórico, ressaltando as características da região e dos quilombos. “Este curso é de suma importância, pois a nossa cidade é rica cultural e historicamente. E o encontro na Prolagos é um complemento ao conhecimento que estamos adquirindo, nos dando uma visão mais clara sobre o tratamento do esgoto e da água, e a sua relação com o meio ambiente” – pontua Grazielli Pereira, uma das alunas do projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui