InícioCabo FrioProlagos participa da Jornada de Integração Cabo Frio – África

Prolagos participa da Jornada de Integração Cabo Frio – África

Evento tem o objetivo de unir história, diversidade cultural, educação e busca pela igualdade racial da cidade com os países africanos

A Prolagos participou de uma mesa redonda na Fazenda Campos Novos, em Cabo Frio, sobre a ressignificação dos territórios quilombolas. Promovido, neste domingo, pela prefeitura municipal, a atividade fez parte da Jornada de Integração Cabo Frio – África, que tem como objetivo promover uma aproximação entre os países de Angola e Cabo Verde. O encontro contou com a participação da coordenadora do programa de igualdade racial da Prolagos, Tayane Pimentel, que apresentou os projetos desenvolvidos recentemente pela concessionária, por meio do Programa Respeito Dá o Tom, voltados para a população quilombola.

Integraram a mesa o prefeito da cidade, José Bonifácio; o coordenador geral municipal da Promoção da Igualdade Racial, Manoel Justino; o secretário municipal de Cultura, Clarêncio Rodrigues e líderes quilombolas. “É muito importante participarmos de eventos como este para promovermos uma troca de conhecimentos e ações, pois é preciso unir forças para que possamos combater o racismo estrutural. Como nação, temos inúmeros hábitos e práticas embutidos no nosso cotidiano. São muitas expressões que parecem corriqueiras, mas que carregam um teor racista. Como cidadã, eu tento me dedicar ao máximo para combater este tipo de prática e como empresa pretendemos que nosso ambiente de trabalho esteja livre de qualquer preconceito ou atitude que possam comprometer a postura de respeito e tolerância” – comentou Tayane Pimentel, coordenadora do programa Respeito dá o Tom.

A Jornada de Integração Cabo Frio – África segue até o dia 17 de julho e tem como objetivo unir história, diversidade cultural, educação e busca pela igualdade racial da cidade com os países africanos.

Respeito dá o Tom

O Respeito Dá o Tom, promovido pela Aegea e todas as suas unidades, promove a equidade nas oportunidades de acesso à empresa e de crescimento profissional dos funcionários que se autodeclaram pretos e pardos. O programa está baseado em 3 pilares em prol da igualdade racial: empregabilidade, desenvolvimento e relacionamento, promovendo ações vão desde rodas de conversa para informação e sensibilização sobre o tema entre os profissionais da empresa até adequações nos processos de recrutamento e seleção, com foco em ampliar a diversidade racial no quadro de trabalhadores, inclusive em funções de liderança.

Além de iniciativas voltadas ao público interno, a concessionária também promove ações afirmativas com foco na população local. Recentemente, jovens dos quilombos da Rasa e de Baía Formosa, em Búzios, participam do programa “A Natureza da Educação para o Mangue”. O projeto capacitou os adolescentes para o mercado de trabalho por meio de oficina para atuarem como guias de turismo, elaborando um roteiro étnico e histórico, ressaltando as características da região e dos quilombos, tendo como principal atração o Mangue de Pedra, na Rasa.

No ano passado, em parceria com a Casa Scliar, o projeto Somos Divas na Luz do Candeeiro ofereceu oficina de cerâmica e educação financeira para mulheres do quilombo Baía Formosa. A iniciativa teve como objetivo estimular o empoderamento feminino, especialmente de mulheres negras, por meio da geração de renda, principalmente por conta da pandemia. Os encontros foram realizados cumprindo as regras de convivência para evitar a propagação do novo coronavírus, com distanciamento, uso de máscaras e álcool em gel.

Letycia Rocha
Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida. Atuou como produtora/repórter na Lagos TV e Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo. Colabora no jornal O Dia e Blog Cutback.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content