InícioDestaquePremiação do II Concurso de Música do Afoxé Fiderioman 2024 acontece neste...

Premiação do II Concurso de Música do Afoxé Fiderioman 2024 acontece neste sábado (3) em Iguaba Grande

Na ocasião, serão anunciadas as três composições vencedoras que homenageiam o Orixá Oxossi, o Rei de Ketu

Os compositores das cidades da Baixada Litorânea que se inscreveram no II Concurso de Música do Afoxé Fiderioman 2024 já podem cruzar os dedos e jogar energias positivas, porque o resultado será divulgado neste sábado (3). As três composições vencedoras da competição que homenageia o Orixá Oxossi, o Rei de Ketu, serão anunciadas na Praça Edyla Pinheiro, em Iguaba Grande, às 15h.

Pioneiro na região, o concurso é produzido pelo Raio de Sol e Afoxé Fiderioman, com apoio do Espaço Cultural Beco do Jacaré, dos grupos Griot e Tambor de Iaiá e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio dos Editais Folia RJ 2023, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. O concurso recebeu cerca de dez inscritos este ano.

O Afoxé Fiderioman é do Ilê Asé Iya Oju Omi, o primeiro ponto de cultura afro e indígena a ser reconhecido pelo Ministério da Cultura (MINC) e, atualmente, o único ponto de memória reconhecido pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), em São Pedro da Aldeia. Além disso, também possui o Certificado Heloneida Studart da ALERJ devido a relevância no cenário cultural do Estado do Rio de Janeiro. O objetivo do evento é promover o fomento da Cultura Afro-Brasileira e levar as cores dos Orixás para as ruas da Baixada Litorânea do Rio.

“Para o Raio de Sol é um prazer produzir a segunda edição desse concurso, principalmente por estar localizado na Baixada Litorânea, onde está em ascensão essas manifestações culturais de matriz africana e afro-indígena no sentido de despertar o pertencimento de cada um. Afinal de contas, é uma região que se desenvolveu a partir da exploração desses povos. A expectativa é sempre no sentido de fortalecer esses compositores que buscam visibilidade, e que também possam ecoar as vozes do Afoxé Fiderioman em todos os lugares”, destacou a produtora cultural, Juliane Carvalho.

Originado na Bahia, o afoxé tem herança de diferentes povos africanos que chegaram ao Brasil na condição de escravizados. Recentemente, essa manifestação cultural do Afoxé foi considerada Patrimônio Cultural do Estado do Rio de Janeiro. A primeira edição do concurso foi em de 2023.

“A expectativa para essa segunda edição é das melhores possíveis, principalmente pelo fortalecimento de identidade cultural da região e da religião de matriz africana. É a oportunidade de os compositores locais mostrarem seus talentos. O primeiro foi excelente, mas esse será ainda mais especial, porque teve muito mais procura”, finalizou Ogan Balogun, um dos fundadores do Afoxé Fiderioman.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo