Paciente morre à espera de transferência no Hospital do Jardim Esperança, em Cabo Frio

Edson da Silveira estava internado com leucemia aguda; Ordem Judicial que exigia a transferência em 48 horas não foi cumprida

1362

O cabo-friense Edson da Silveira, de 56 anos, faleceu nesta segunda-feira (13) no Hospital do Otime Cardoso dos Santos, no bairro Jardim Esperança, enquanto aguardava por uma transferência para a capital. Internado com uma leucemia aguda, descoberta no último dia 24, o hospital do município não tinha recursos suficientes para tratar o caso.

Na noite deste domingo (12), familiares e amigos de Edson estiveram no hospital aguardando a chegada das plaquetas sanguíneas, que estava marcada para a data. Segundo seus filhos, as plaquetas do paciente estavam em 14 mil e a chance de óbito era grande. Em um vídeo publicado na rede social, eles reclamavam sobre a falta de resposta da Prefeitura de Cabo Frio sobre a questão e sobre a transferência, que mesmo com Ordem Judicial de um prazo de 48 horas, tanto para o município quanto para o Estado do Rio de Janeiro, não foi cumprido.

Natural do Jardim Esperança, Edson – ou Edson da COMSERCAF – como era mais conhecido, era funcionário público há 18 anos e, em seu bairro, era conhecido como o senhor do “Aipim Maravilha”. Seu velório será na Rua do Forno, em Cabo Frio, na Igreja Assembléia de Deus – Ministério Adonai. Ainda não há informação sobre horário e local do sepultamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui