InícioRegião dos LagosCabo FrioNOVO EGITO/ Mais uma empresa de 'investimentos em criptomoedas' anuncia encerramento das...

NOVO EGITO/ Mais uma empresa de ‘investimentos em criptomoedas’ anuncia encerramento das atividades em Cabo Frio

Grupo Spartacus emitiu um comunicado convocando clientes para devolução de capital aportado

Em meio a tantas polêmicas envolvendo ‘investimentos em criptomoedas’, acusações de pirâmides financeiras e “calotes”, mais uma empresa do ramo anunciou o encerramento das atividades em Cabo Frio, conhecida nacionalmente como Novo Egito.

Nesta sexta-feira (1), o Grupo Spartacus, que pertence ao capitão da Polícia Militar Diogo Souza, emitiu uma nota convocando os clientes para a devolução do capital aportado. No comunicado, a empresa afirma que não mais condições de manter as operações em funcionamento.

Confira na íntegra:

“PREZADO CLIENTE, Prezando sempre pela credibilidade em nossa empresa depositada, e para manter a total transparência que sempre foi a marca principal do GRUPO SPARTACUS, vimos por meio deste, CONVOCAR todos os nossos clientes para estarmos dando inicio ao cronograma de pagamentos e devolução do capital aportado conosco. Você cliente deverá comparecer munido de seu contrato amanhã, dia 02/10/2021 (sábado) a partir das 13:00hs, no BUDA LOUNGE BAR, na Av. dos Pescadores, 307 – Centro, Cabo Frio – RJ; onde na ocasião estaremos dando início ao processo de devolução do capital de todos. Cabe ressaltar, que somente o proprietário do contrato poderá solicitar a retirada e não haverá outra data para o mesmo. Infelizmente não teremos mais condições de manter as nossas operações em funcionamento, porém estaremos devolvendo o capital aportado por todos na sua totalidade. Aguardamos a sua presença. Atenciosamente, GRUPO SPARTACUS – Capitão Diogo Souza”

Clientes relatam ainda que, antes deste comunicado, a empresa, que é registrada como sendo de Segurança Patrimonial, emitiu um PDF avisando que iria reduzir a porcentagem dos rendimentos de 14%, garantidos por contrato, para 5% variáveis. A informação causou revolta nos investidores, que criaram um perfil no Instagram para denunciar o que eles consideraram golpe.  

Diogo Souza é empresário e sócio do Deputado Felipe Poubel à frente do Buda Lounge Bar. Ele foi candidato à Prefeitura de Cabo Frio na última eleição, garantindo 3,7% dos votos.

“Esquece… Essa foi a maior decepção da cidade. Um cara que foi candidato e se dizia honesto”, lamenta um dos seguidores do perfil criado no Instagram para denunciar a quebra de contrato.

De acordo com informações iniciais, a empresa e seu responsável foram denunciados ao Ministério Público.

“Capitão Diogo Souza, porque fez isso com seus clientes? Porque quebrou o contrato de milhares de famílias que precisam desse dinheiro? Que acreditaram em você! Uns venderam casa, outros venderam carro, outros fizeram empréstimo. Todos fizeram um planejamento de, no mínimo, 6 meses a 14%. Pense nos seus clientes, O contrato não pode ser quebrado assim de forma unilateral! Pessoas ficarão endividadas por conta que a empresa não está cumprindo o que está no contrato”, diz o perfil do Instagram.

Em nota, o deputado Filippe Poubel afirmou que “não integra nenhuma sociedade envolvendo investimentos em criptomoedas”.

*Com informações do Jornal O Dia.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content