Novo decreto em Iguaba Grande mantém máscaras obrigatórias apenas em unidades de saúde

Desde 7 de março, uso era exigido em locais fechados que não disponham de ventilação natural, unidades de saúde, setores administrativos e em salas de aula e em outros locais fechados de escolas

377

A Prefeitura de Iguaba Grande flexibilizou mais um pouco a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção contra a COVID-19 no município a partir desta segunda-feira (16).

No novo decreto, que passou a vigorar com a publicação, o equipamento passa a ser exigido apenas em clínicas e unidades de saúde.

A primeira flexibilização nesse sentido ocorreu em 7 de março, quando a Prefeitura manteve o uso de máscaras obrigatório em locais fechados que não disponham de ventilação natural, unidades de saúde e nos setores administrativos.

Nas escolas, cursos, creches e demais unidades educacionais, o equipamento era facultativo em ambientes abertos, sendo obrigatório nas salas de aula e em outros locais fechados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui