InícioRegião dos LagosCabo FrioMutirão de limpeza no Canal Itajuru, em Cabo Frio, recolhe 1,5 tonelada...

Mutirão de limpeza no Canal Itajuru, em Cabo Frio, recolhe 1,5 tonelada de lixo

Iniciativa foi uma ação conjunta da Prefeitura, Sebrae, empresários e sociedade civil por meio do Projeto Lideração

Cerca de 1,5 tonelada de lixo foi recolhida no mutirão de limpeza realizado neste sábado (16) no Canal Itajuru, no Centro de Cabo Frio. Esse é o resultado da ação conjunta promovida pela Prefeitura, Sebrae, empresários e sociedade civil por meio do Projeto Lideração, que tem como objetivo construir um grupo mobilizado com uma agenda de respostas para superação de crises. 

De acordo com a coordenadora regional do Sebrae, Ana Cláudia Vieira, a iniciativa para recuperação de territórios degradados no entorno do canal reuniu 35 participantes, e envolveu empresários da Rua dos Biquínis e do Boulevard Canal, poder público e voluntários. 

“Esta foi a primeira ação piloto do projeto Lideração, e serviu para podermos observar a atuação em conjunto das parcerias, pois entendemos que o poder público não é o único responsável pela preservação. O projeto prevê, ainda, uma agenda de soluções de curto, médio e longo prazos com mais 45 ações de conservação e melhorias do Canal Itajuru e Rua dos Biquínis”, explicou Ana Cláudia. 

A próxima etapa, segundo ela, consiste na continuidade da implementação de ações até o dia 26 de outubro. Neste dia será apresentado um balanço dos principais problemas identificados, e de como foi a experiência do trabalho em conjunto. Com essas informações serão criadas metas de médio e longo prazos. 

Para o secretário de Meio Ambiente, Juarez Lopes, a iniciativa vai além da recuperação e preservação do ecossistema e do patrimônio público: é um resgate da cidadania e da educação ambiental. 

“O grande papel dessa ação é o resgate da cidadania e do conceito de unidade, sem distinção de poder público ou privado. É a participação de todos em prol do bem coletivo e do ambiente em que vivemos”, disse Juarez. 

O mutirão contou ainda com apoio dos alunos da Universidade Veiga de Almeida e Instituto Escola Mar, que classificaram os materiais recolhidos. Todos foram enviados ao Programa de Combate ao Lixo no Mar, do Ministério do Meio Ambiente. Aqueles com possibilidade de reutilização foram destinados para projeto de reciclagem. Outros serão analisados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que está realizando um estudo sobre microlixos como lacres de alumínio, bitucas de cigarro e tampinhas de garrafa encontrados nas margens do canal. O objetivo é buscar soluções para reduzir esse tipo de material na natureza.  

Os demais itens foram recolhidos pela Companhia de Serviços de Cabo Frio (Comsercaf).

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content