Mulher denuncia ex-companheiro de agressão e roubo em São Pedro da Aldeia

Crime aconteceu na última sexta-feira (28) após vítima se recusar a acompanhar o agressor

3665

“Ele me puxou pelos cabelos, arrastou, jogou minha cabeça no chão e roubou meus pertences”, é o que conta Daniele dos Anjos, moradora de São Pedro da Aldeia, sobre o ex-companheiro, Jhonatan Ribeiro, à reportagem do Portal RC24h nesta segunda-feira (31). Além disso, a mulher de 33 anos afirma que ele ainda teria ameaçado os filhos e a mãe dela durante o ato das agressões. A motivação? A não aceitação do término do relacionamento de seis meses.

A relação do agora ex-casal chegou ao fim há dois meses, mas Jhonatan ainda ia atrás de Daniele, seja pedindo para voltar, ou xingando. Na última sexta-feira (28), ela teria recebido uma mensagem do ex-namorado, onde o mesmo afirmava que estava em depressão.

Como resposta, a mulher, que vende iogurtes para sobreviver, teria o chamado para tomar uma cerveja junto a duas amigas e a irmã. Ele aceitou, mas, ao chegar ao bar combinado, no bairro Campo Redondo, teria arrumado conflitos por ciúmes – que, de acordo com a vítima, foi o principal motivo da separação. “Ele já chegou arrumando confusão porque um menino ‘mexeu’ comigo”, conta.

No fim da noite, na hora de ir embora, o transporte por aplicativo que haviam solicitado não aceitou levar cinco pessoas, fazendo com que fosse necessário pedir outro veículo. Ela foi acompanhando Jhonatan, enquanto as amigas e a irmã foram juntas. O combinado teria sido descer em uma loja de departamentos no centro da cidade, e aguardar a reunião do grupo, mas o homem, que estava alterado, não queria assim.

Durante o caminho, Johnatan não teria deixado a ex-namorada descer no local solicitado – inclusive, proferindo ameaças ao motorista para que cumprisse com o pedido. Daniele não queria acompanhá-lo, fato que o enfureceu. “Fomos parar em Balneário. (…) Ele se estressou com o homem do Uber (que queria levá-la para casa) e xingou, dizendo que ia dar tiro. Depois disso, me puxou do carro pelos cabelos e me arrastou, tacou minha cabeça no chão, roubou meu relógio, minha bolsa, minha sandália novinha e meu celular novo, que é de trabalho”, diz a vítima.

No momento das agressões, conforme explica a Daniele, o acusado teria ameaçado matar os filhos e a mãe, o que a apavorou ainda mais.

Após toda a situação, a vítima teria andando até a 125ª Delegacia de Polícia (125ª DP), pois, como afirma, “ninguém quis ajudá-la”. Após registrar o boletim de ocorrência e realizar o corpo de delito, uma viatura foi com ela até a casa do ex-companheiro, mas ele não estava lá.

Desde então, Daniele tem recebido ameaças de Jhonatan através do celular da mãe. Segundo áudio enviado pelo indivíduo, ela estaria proibida de ir até o bairro Balneário, até mesmo para trabalhar, pois ficaria ‘pegada’.

O Portal RC24h entrou em contato com Jhonatan, mas não obteve resposta até o fechamento dessa matéria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui