MPRJ lança campanha de combate às Fake News

Objetivo é aprimorar a capacidade do cidadão de identificar notícias falsas ou com conteúdo duvidoso e inibir o compartilhamento impulsivo sem verificação prévia, principalmente durante o período eleitoral

175

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) iniciou, nesta sexta-feira (1), por meio da Coordenadoria de Comunicação Social (CODCOM/MPRJ) e do Centro de Apoio Operacional das Promotorias Eleitorais (CAO Eleitoral/MPRJ), a divulgação de campanha informativa, nas redes sociais e junto à imprensa, com o objetivo de conscientizar e alertar a população fluminense acerca das consequências causadas pela disseminação de Fake News, principalmente durante o período eleitoral.

O material, composto por histórias em quadrinhos e vídeos explicativos, visa a aprimorar a capacidade do cidadão de identificar notícias falsas ou com conteúdo duvidoso e inibir o compartilhamento impulsivo de notícias sem verificação prévia, além de informar aos eleitores sobre como reportar casos de Fake News às autoridades competentes.

“Não devemos acreditar em tudo que recebemos pelo WhastApp ou por qualquer outra mídia que estamos acostumados a utilizar. É sempre importante se questionar, parar, pensar, ter um pensamento crítico, verificar se aquela notícia é efetivamente verdadeira e, só então, compartilhar”, orienta a promotora de Justiça Renata Mendes, coordenadora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias Eleitorais (CAO Eleitoral/MPRJ).

No total, a campanha será composta por mais de 30 postagens, que serão veiculadas de uma a duas vezes por semana em todas as redes sociais oficiais da Instituição até o dia 1º de outubro, véspera do primeiro turno das eleições. Ao longo desse período, os posts da campanha serão identificados pela hashtag oficial #MPRJcontraFakeNews.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui