InícioRegião dos LagosCabo FrioMorre prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, aos 78 anos

Morre prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, aos 78 anos

De acordo com Prefeitura, Bonifácio será velado no Palácio das Águias nesta segunda (17), às 9h. Às 15h, será realizada uma missa de corpo presente na Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção e, logo depois, às 16h, sepultado no Cemitério Santa Izabel

Morreu nesta segunda-feira (17), aos 78 anos, o prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio Ferreira Novellino (PDT). Carinhosamente conhecido como Zé ou Zezinho, o prefeito lutava contra um câncer, doença com a qual travou uma intensa batalha até o fim.

A informação foi confirmada pela Prefeitura nesta manhã. A morte ocorreu durante a madrugada. José Bonifácio será velado no Palácio das Águias, às 9h. Às 15h, será realizada uma missa de corpo presente na Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção e, logo depois, às 16h, ele será sepultado no Cemitério Santa Izabel.

Na sexta-feira (14), o prefeito chegou a pedir afastamento do cargo por questões de saúde. Dessa forma, Magdala Furtado (PL), vice-prefeita, assumiria o posto já nesta segunda.

Nascido em 14 de maio de 1945 na cidade de Cabo Frio, José Bonifácio, que era filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), era uma figura de destaque na política do Rio de Janeiro, especialmente na cidade natal.

José Bonifácio em uma de suas primeiras gestões / Imagem: Folha dos Lagos

Formado em Economia pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Bonifácio fez uma carreira longa e variada em serviço público. Ele serviu como vereador e prefeito de Cabo Frio em vários mandatos, entre 1977 e 1983; 1993 e 1996; e 2020 e 2023, infelizmente não conseguindo concluir a chefia do município, além de ser deputado estadual pelo estado do Rio de Janeiro.

A trajetória política também incluiu posições de liderança no PROCON-RJ, na Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (FIPERJ), e ele também atuou como diretor-geral do Departamento das Municipalidades do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Zé também foi vice-prefeito de Arraial do Cabo, secretário municipal de Saúde do município cabista, gerente regional da Companhia de Eletricidade do Estado do Rio de Janeiro (CERJ), superintendente regional do Ministério do Trabalho no Rio de Janeiro, subsecretário adjunto dos Direitos do Consumidor na Secretaria de Estado da Casa Civil, e secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca do estado do Rio de Janeiro em 2014. Até a data de sua morte, ele era vice-presidente do Diretório Estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT) no Rio de Janeiro.

Luta de Zé contra o câncer

A jornada de Zé contra a doença começou em 2018, quando ele foi diagnosticado com câncer de pâncreas, uma das formas mais letais da doença. Apesar disso, ele enfrentou o diagnóstico e, após uma série de tratamentos intensivos, incluindo quimioterapia, superou a doença. Em 2019, contra todas as expectativas, ele foi declarado curado.

A notícia trouxe uma onda de alegria e alívio. Porém, essa vitória seria de curta duração. Dois anos depois, em 2021, os médicos encontraram um novo nódulo no fígado de Bonifácio.

Ainda que a doença estivesse presente, neste ano, ela não tinha se espalhado de forma tão avançada. José Bonifácio continuou a desempenhar as responsabilidades como prefeito de Cabo Frio durante o tratamento.

No início de 2023, Zé precisou enfrentar outra cirurgia pois, após exames de rotina, descobriu uma obstrução nas vias biliares.

Últimos dias de Zé

Com as sessões de quimioterapia cada vez mais frequentes e o câncer avançando, a saúde de Zé decaiu em abril, quando o mesmo diminuiu o ritmo de expediente na prefeitura. Entretanto, nas duas últimas semanas, a situação piorou ainda mais.

No último dia 15 de junho, inclusive, houve uma grande repercussão sobre um possível pedido de afastamento do finado prefeito por parte do Ministério Público, já que o mesmo estaria muito debilitado para exercer as funções. Isso não chegou a acontecer.

Nestes últimos meses, muitas críticas rondaram Zé e o governo, pois, segundo a população, o não afastamento dele, mesmo com o estado de saúde crítico, seria para que a vice-prefeita Magdala Furtado (PL), não assumisse.

Inclusive, no último dia 23 de junho, uma entrevista dada por Bonifácio, cujo objetivo era demonstrar que ele estava bem, evidenciou a fragilidade na saúde. A partir dali, o estado piorou.

No dia 30 de junho, Zé foi internado em um hospital de Niterói. Segundo fontes do RC24h, ele estaria sem conseguir comer havia dois dias, entretanto, informações extraoficiais indicavam que o estado era bem pior do que divulgado.

Já a prefeitura da cidade, até o último momento, fez questão de enfatizar que a saúde de Zé estaria estável. Infelizmente, não era o caso.

O prefeito chegou a retornar a Cabo Frio na última semana, mas permaneceu em casa, sob cuidados médicos.

Prêmios e honrarias

Durante a vida política, Zé recebeu diversos prêmios e honrarias, sendo a última dia 28 de junho, promovida pela Câmara de Vereadores de Cabo Frio. No caso, o parlamentar Thiago Vasconcelos (AVANTE) apresentou uma moção de aplausos que destacou a vasta e respeitada caminhada dele na política.

Mas essa não foi a única homenagem recebida por Zé, cujo nome adorna a Escola Municipal José Bonifácio Ferreira Novellino, no Bairro Jardim Peró. Ao longo da carreira política, ele conquistou uma grande quantidade de prêmios de diversos órgãos legislativos.

Da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Zé recebeu a Medalha Tiradentes em 2013, o Diploma Leonel de Moura Brizola em 2011 e uma Moção de Congratulações em 2009. A contribuição para o desenvolvimento da cidade e do estado também foi reconhecida pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro, que lhe concedeu a Medalha Pedro Ernesto em 2020.

Além disso, Zé foi agraciado pela Câmara Municipal de São Pedro da Aldeia com a Comenda do Mérito Legislativo em 2002 e a Medalha do Mérito Brigadeiro Lafayette Cantarino Rodrigues de Souza em 1999.

O título de Cidadão Duquecaxiense lhe foi conferido em 2021 pela Câmara Municipal de Duque de Caxias, enquanto a Câmara Municipal de Búzios lhe conferiu o título de Cidadão Buziano em 1998.

Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida.

Já atuou como apresentadora na Jovem TV Notícias, em 2021. Escreve pelo Portal RC24h há três anos e atua, desde julho de 2022, como repórter do Jornal Razão, de Santa Catarina.

É autora publicada, com duas obras de romance e mais de 500 mil acessos nas plataformas digitais.

MTb 0022570/MG | Coordenadora de Reportagem | Site do(a) autor(a)

Pós-graduada em Jornalismo Investigativo pela Universidade Anhembi Morumbi; e graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida.

Atuou como produtora/repórter na Lagos TV, Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo, apresentadora na Rádio Costa do Sol FM e editora no Blog Cutback. É repórter no Portal RC24h desde 2016 e coordenadora de reportagem desde 2023, além de ser repórter colaboradora no jornal O Dia/Meia Hora. Também é criadora de conteúdo para a Web 3.0 na Hive.

Vencedora do 3º Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental, na categoria web.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo