Maricá entra em nova fase da campanha de vacinação contra a influenza

Município inicia imunização de grupos prioritários na faixa etária dos 50 a 59 anos e repescagem geral para o público que já foi contemplado no início da campanha

125

A Campanha de Vacinação contra Influenza (gripe) entrou em uma nova fase em Maricá, nesta segunda-feira (9). A partir de agora, pessoas de 50 a 59 anos de grupos prioritários serão imunizados em todas as Unidades de Saúde da Família (USF) da cidade. Além disso, o município entra em repescagem geral (idosos, trabalhadores de saúde, crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes e puérperas). 

Nesta etapa, serão vacinados professores; pessoas com comorbidades ou deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; Forças de Segurança e Salvamento; Forças Armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade.

Para receber a dose, é necessário apresentar a carteira de identidade e outros comprovantes, de acordo com os grupos a que pertencem: crianças a caderneta de vacinação; trabalhadores do transporte rodoviário, das forças de segurança e salvamento, ou portuários devem apresentar identidade profissional ou crachá; pessoas com doenças crônicas ou deficiência permanente (a partir de cinco anos de idade), a solicitação médica, com indicação da doença ou deficiência; as puérperas, a certidão de nascimento do bebê ou cartão do pré-natal ou cartão de vacinação do bebê; e as gestantes só precisam declarar que estão grávidas.

“Nossa meta é imunizar 90% de cada grupo prioritário contra a gripe. A vacina é forma mais eficaz contra o vírus e fundamental para as pessoas que fazem parte do público alvo, devendo ser aplicada anualmente. Por isso, se você faz parte e ainda não recebeu a sua dose, procure uma das unidades de saúde de Maricá para ficar protegido”, destacou a subsecretária da Rede de Atenção Ambulatorial e Saúde Coletiva, Claudia Rogéria de Lima.

Confira o calendário de vacinação completo

9 a 13 de maio – De 50 a 59 anos: povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades ou deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; Forças de Segurança e Salvamento; Forças Armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; repescagem geral.

16 a 20 de maio – De 40 a 49 anos: povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades ou deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; Forças de Segurança e Salvamento; Forças Armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; repescagem geral.

23 a 27 de maio– De 30 a 39 anos: povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades ou deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; Forças de Segurança e Salvamento; Forças Armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; repescagem geral.

30 de maio a 3 de junho – De 5 a 29 anos: povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades ou deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; Forças de Segurança e Salvamento; Forças Armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; repescagem geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui