InícioMaricáMaricá celebra Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ com diversas atividades

Maricá celebra Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ com diversas atividades

As ações têm como principal objetivo combater o preconceito contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, queers, intersexs e assexuais, além de visibilizar a luta por direitos dessa comunidade

Em homenagem ao Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ (28), a Prefeitura de Maricá vem realizando atividades comemorativas para celebrar essa data, de forma presencial e em seus canais nas redes sociais. As ações têm como principal objetivo combater o preconceito contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, queers, intersexs e assexuais, além de visibilizar a luta por direitos dessa comunidade.

As primeiras ações ocorreram nas redes sociais da Prefeitura, com vídeos explicativos sobre as siglas que compõem o movimento, o porquê da data e a importância do respeito às diferenças e da luta por direitos.

“O respeito à diversidade deve ser uma orientação civilizatória do mundo contemporâneo. De homens e mulheres e seus governos. Campanhas como a nossa ajudam a construir uma memória social de respeito e reconhecimento ao direito à felicidade de todos e todas: humanamente distintos e socialmente iguais”, explicou o secretário de Comunicação, Márcio Jardim.

Dando continuidade às atividades, foi realizado, na manhã desta segunda-feira, o hasteamento da bandeira do movimento LGBTQIA+ na sede da Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher.

Para o coordenador LGBTI da secretaria, Carlos Alves, as comemorações são uma forma de celebrar a data, lutar pelo reconhecimento de direitos, além de uma homenagem aos participantes do movimento.

“Esse é um dia de luta, celebração, memória e empoderamento. Aqui em Maricá as ações são em defesa da população LGBTQIA+, já distribuímos mais de 7000 toneladas de alimentos à comunidade durante a pandemia, encaminhamos para atendimentos psicológicos e estamos criando um banco de empregos direcionado a essa população. Além disso, com o hasteamento, simbolizamos figuras importantes para o movimento que não estão mais entre nós, como Márcia Marçal; Safire De Marttinelly, vítima da Covid-19; além de Márcio Veloso e Márcia Choquena, ambos assassinados por Lgbtfobia”, destacou o coordenador.

No final da tarde, o grupo LGBTQIA+ realizou, em diferentes pontos da cidade de Maricá, o movimento ‘Ocupa LGBT’, que tem o objetivo de levantar a bandeira e mostrar reconhecimento e respeito pelo próximo.

De acordo com Ana Vitória, membro do coletivo Diversidade do Movimento Popular da Juventude (MPJ), estamos trabalhando questões como empoderamento, acolhimento e conscientização da juventude LGBTQIA+.  “Eu acho muito importante as ações em homenagem a este dia pela Prefeitura, mostra um reconhecimento à nossa comunidade e auxilia na visibilidade do nosso movimento e as nossas reinvindicações”, afirmou.

Também conhecido como Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Transexuais, Queer, Pessoas Intersex e Assexual), ou simplesmente Dia do Orgulho Gay, esta data tem o principal objetivo de conscientizar a população sobre a importância do combate à homofobia para a construção de uma sociedade livre de preconceitos e igualitária, independente do gênero sexual.

O Dia do Orgulho LGBT foi criado e é celebrado em 28 de junho em homenagem a um dos episódios mais marcantes na luta da comunidade gay pelos seus direitos: a Rebelião de Stonewall Inn. Em 1969, esta data marcou a revolta da comunidade LBGT contra uma série de invasões da polícia de Nova York aos bares que eram frequentados por homossexuais, que acabavam presos e sofriam represálias por parte das autoridades.

O módulo LGBT do Disque 100 é hoje a principal ferramenta no combate à violência homofóbica. O serviço é gratuito e anônimo. Para auxílio em Maricá, a população pode entrar em contato com a Coordenação Municipal de Direitos Humanos e Políticas LGBT através do telefone (21) 2634-1197.

Programação completa: 

Junho:

28/06 – 20h – Exibição nos canais da Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher e do Fórum LGBT de live especial pelo Dia Internacional Orgulho LGBT

29/06 – 10h – Reunião com grupo de saúde mental de Cordeirinho, na Secretaria de Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher (Rua Pereira Neves, 272, Centro)

29/06 – 16h – Live do Orgulho LGBT nas redes sociais da Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher e do Fórum LGBT de Maricá – Tema: Histórias da Luta LGBT no Brasil com Léo Mendes advogado e ativista pelos direitos humanos LGBT

30/06 – 8h30 – Amanhecer LGBT entrada de Maricá

30/06 – 10h – Atividades do IFF Maricá através das redes sociais do IFF

30/06 – 15h – Atividade da Secretaria de Assistência Social pelas redes sociais

30/06 – 16h – Live Orgulho, luta Lésbica e Idosos LGBTs com Yone Lindgreen ativista lutas LGBTs Articulação Brasileira Lésbicas ABL, Secretaria LGBT do PT, Margareth Fernandes assistente social e estudiosa idosos LGBTs

Julho:

01/07 – 16h – Live saúde mental da população LGBT com Marcelle Esteves psicóloga e ativista do Grupo Arco Iris Rio – O evento será transmitido através das redes sociais da Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher e Fórum LGBT de Maricá

02/07 – 16h – Live do orgulho das pessoas Trans  com Jordan Lessa (assistente social e Guarda Municipal ativista lutas Trans e LGBTs),  Indianare Siqueira (grupo Transrevolução), Gil Santos (presidente Amai LGBT Brasil e ativista Trans), Tiffany Monteiro Bastos e Salua de Martinelly (servidora da Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher). O evento será transmitido através das redes sociais SDH e Fórum LGBT de Maricá.

04/07 – 16h – Gaymado  – Realização MPJ

 05/07 – 16h – Live Negritude LGBT, homenagem aos 40 anos do grupo Ade Dudu – primeiro grupo de homossexuais negros, Wilson Mandela e Emerval da Hora. O evento será transmitido pelas redes sociais SDH e pelo fórum LGBT de Maricá.

06/07 – 16h –  Live da Juventude LGBTs  com Barbara Babi, Ana Vitória do MPJ, Jonatan Costas e convidados. O evento será transmitido pelas redes sociais da SDH e Fórum LGBT de Maricá.

07/07 – 16h – Live sobre Políticas públicas LGBTs com Renata Machado, Carlos Alves e convidados. Evento transmitido pelas redes sociais da SDH e Fórum LGBT de Maricá.

09/07 – 15h – Reunião da comunidade Trans de Maricá na Casa dos Conselhos.

14/07 – 16h – Live povos de matriz africana LGBT terá homenagem a Márcia Shokena, Safire de Martinelly, lives no instagram nos dias da Semana ORGULHO LGBTI e fórum LGBT de Maricá.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content