Início Destaque Jovem que soltou Pitbull para atacar gato em São Pedro da Aldeia...

Jovem que soltou Pitbull para atacar gato em São Pedro da Aldeia se entrega à polícia

Acusado afirmou que a situação foi um acidente e que a cadela se soltou da mão dele

O rapaz acusado de soltar uma cadela da raça Pitbull para atacar um gato, na noite do último dia 16, no bairro Estação, em São Pedro da Aldeia, se entregou à polícia. Ele já havia sido intimado e compareceu à delegacia nesta quinta-feira (29).

Em depoimento, o jovem de 22 anos afirmou que a situação, filmada por câmeras de segurança, foi um acidente. De acordo com o rapaz, a Pitbull se desvencilhou da mão dele e que ele não teria a soltado de propósito para atacar o felino.

Ainda segundo o tutor, a cadela sempre foi dócil e está sendo cuidada por um amigo.

O caso continua sendo investigado. O rapaz que estava no momento do ataque também vai ser ouvido.

De acordo com a delegada titular da 125 DP, Camila Pegorim, o acusado deve ser indiciado por maus tratos aos animais e omissão de cautela de animal. A identidade do rapaz é mantida sob sigilo policial.

A cadela também deverá ser apreendida e colocada em um lar provisório.

RELEMBRE O CASO

Uma câmera de segurança flagrou o momento exato em que um jovem soltou um cachorro da raça Pitbull, em São Pedro da Aldeia, próximo a rodoviária, para atacar um gato que estava passando pela rua, no dia 16, por volta das 22h.

Nas imagens é possível ver o momento exato em que três rapazes, acompanhados de dois cães, entram na rua. Ao ver o felino, os cachorros ficam agitados e ameaçam avançar. O tutor de um dos cães, então, solta o animal para que ataque o gato, enquanto o outro cão é fortemente contido pelo outro jovem.

Durante o ataque, o Pitbull abocanha o gato, que ainda consegue se soltar e tenta fugir, mas acaba sendo capturado novamente. Ele é fortemente sacudido pelo cachorro e tem uma das partes do corpo arrancada.

O tutor caminha calmamente até o cão, pisoteia e chuta os dois animais, para dar fim ao ataque. O Pitbull finalmente solta o gato, que sai correndo.

Segundo a vizinhança do local onde o gatinho foi atacado, o bichinho se chamava Olaf e costumava andar por ali, era manso. Ainda conforme os moradores, o felino estaria sendo cuidado por um senhor de 62 anos enquanto a dona fazia tratamento de saúde.

 

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -

Mais Lidas

Skip to content