InícioDestaqueCOVARDIA/ Polícia de São Pedro está perto de chegar à identidade de...

COVARDIA/ Polícia de São Pedro está perto de chegar à identidade de jovem que soltou pitbull para atacar gato, que não resistiu

Comoção é enorme nas redes sociais e pessoas pedem justiça. Vizinhos que conheciam o felino, de nome Olaf, disseram que animal era mansinho e costumava andar pelo local

A polícia civil de São Pedro da Aldeia está perto de concluir o caso de covardia ocorrido no último dia 16, quando um jovem que passeava com um cachorro pitbull soltou o bicho para atacar um gato que passava pela rua. Uma câmera de segurança flagrou o momento exato do crime, numa rua próxima à rodoviária. Segundo a delegada titular da 125ª DP, Camila Pegorim, “a autoria está sendo levantada”.

Nas imagens é possível ver o momento exato em que três rapazes, acompanhados de dois cães, entram na rua. Ao ver o felino, os cachorros ficam agitados e ameaçam avançar. O tutor de um dos cães, então, solta o animal para que ataque o gato, enquanto o outro cão é fortemente contido pelo outro jovem.

Segundo a vizinhança do local onde o gatinho foi atacado, o bichinho se chamava Olaf e costumava andar por ali, era manso. Ainda conforme os moradores, o felino estaria sendo cuidado por um senhor de 62 anos enquanto a dona fazia tratamento de saúde.

Na rede social, a comoção é grande e as pessoas pedem justiça. No Facebook, o filho do idoso afirmou que o avô está inconsolável e “não consegue dormir direito.

Além do vídeo, prints das imagens de câmera de segurança da rua onde ocorreu o crime mostram os jovens com os cachorros e o momento em que um deles solta o cachorro para atacar o gatinho.

O QUE DIZ A LEI

A prática de abuso e maus tratos a animais será punida com pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e a proibição de guarda.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content