InícioDestaqueIguaba Grande confirma primeira morte por dengue

Iguaba Grande confirma primeira morte por dengue

Segundo o painel de arboviroses do estado do Rio de Janeiro, trata-se de um idoso com mais de 70 anos

Foi confirmada, através do painel de arboviroses do estado do Rio de Janeiro, a primeira morte por dengue de Iguaba Grande. Trata-se de um idoso com mais de 70 anos. O caso foi reportado no início desta semana. Com este novo registro, a Região dos Lagos chega a 7 óbitos pela doença.

De acordo com o painel de arboviroses, o critério de identificação da causa do óbito foi por exame laboratorial. Não foi divulgado se o idoso possuía algum tipo de comorbidade, apenas que o mesmo não morreu do estágio agravado da doença.

Imagem: ARBOVIROSES Estado RJ

Vale pontuar que, ainda conforme dados disponibilizados pelo painel epidemiológico do estado, até o momento, Iguaba é uma das que possui os menores registros de infectados pela doença, com 145 casos.

No ranking de contaminação, entre 92 cidades, Iguaba encontra-se no 82° lugar. Da Região dos Lagos, é o município com menor incidência.

Comunicado Oficial – Secretaria de Saúde

Na manhã desta quarta-feira (17), a Secretaria de Saúde do município emitiu um comunicado confirmando a morte. Confira na íntegra:

“Informamos o falecimento de um idoso residente em nossa localidade desde agosto de 2023, em decorrência de complicações causadas pela dengue hemorrágica. O falecido, que havia se mudado para estar mais próximo de familiares após um Acidente Vascular Cerebral e diagnóstico inicial de Alzheimer, possuía comorbidades pré-existentes, incluindo hipertensão e diabetes, e era usuário de ácido acetilsalicílico – AS.

A família relata que, ao identificar sintomas de febre e calafrios, encaminhou o paciente a um hospital particular, onde já possuía cobertura por plano de saúde. Durante o tratamento, foi confirmado o avanço para dengue hemorrágica. Em resposta, a equipe de vigilância epidemiológica realizou, no dia 8 de abril, uma ação de bloqueio focado na residência do paciente e estendeu a intervenção para todas as residências em um raio de 100 metros, conforme estabelece o protocolo.

Continuamos a monitorar os familiares e demais indivíduos potencialmente expostos, intensificando nossas ações de prevenção e controle da dengue na região. Agradecemos a compreensão e colaboração de todos os envolvidos durante este período difícil”.

Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida.

Já atuou como apresentadora na Jovem TV Notícias, em 2021. Escreve pelo Portal RC24h há três anos e atua, desde julho de 2022, como repórter do Jornal Razão, de Santa Catarina.

É autora publicada, com duas obras de romance e mais de 500 mil acessos nas plataformas digitais.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo