InícioDestaqueIdoso que estuprou menina de 13 anos em Rio das Ostras é...

Idoso que estuprou menina de 13 anos em Rio das Ostras é preso em São Francisco do Itabapoana e liberado por falta de mandado de prisão

Justiça ainda não expediu o mandado de prisão do suspeito que confessou o crime à Polícia Civil

Um idoso de 67 anos, investigado por estuprar uma menina de 13 anos, em Rio das Ostras, foi detido no fim da tarde desta quarta-feira (20), pelos policiais do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) no limite entre os municípios de São Francisco do Itabapoana, no Norte Fluminense e de Presidente Kennedy, no Espírito Santo. O homem foi encaminhado para a 147ª Delegacia Policial, no Centro de São Francisco.

Apesar de o caso estar sendo investigado 128ª Delegacia Policial de Rio das Ostras, e das evidencias do ato criminoso, a Justiça ainda não expediu o mandado de prisão do suspeito, que confessou o crime à Polícia Civil. Porém sem mandado, ele foi liberado, solto e segue livre. Nelson Celício cometeu o crime no último domingo (17), no bairro Mar do Norte, em Rio das Ostras.

Segundo testemunhas, o idoso era vizinho e conhecido da família e costumava pedir auxílio da menor para fazer propagandas de seus produtos na internet, de forma que algumas vezes ela ia à residência dele, com autorização de sua genitora. Conforme a polícia, os abusos teriam começado com carícias, tendo evoluído para ato sexual com penetração seguido de ameaças caso a menor contasse a alguém.

Um vídeo que circula na internet (assista abaixo), gravado por moradores, mostra o idoso em luta corporal com o pai da menina, após o fato, ele teria fugido em seguida, por uma área de mata, no último domingo (17). A menor foi ouvida na delegacia e encaminhada a exame de corpo delito. Ela teve sua roupa íntima utilizada no dia do último ato apreendida e encaminhada para perícia.

O delegado titular da distrital, Dr. Ronaldo Cavalcante, pediu autorização para quebra de sigilo telefônico do acusado, já que o aparelho foi apreendido na delegacia. O delegado ainda fez o pedido de prisão temporária conta Nelson Cecílio, que não foi encontrado até o presente momento. O caso segue sendo investigado na 128ª DP.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content