InícioRegião dos LagosCabo FrioFazenda Campos Novos será completamente restaurada em Cabo Frio

Fazenda Campos Novos será completamente restaurada em Cabo Frio

Verba foi aprovada pelo Fundo Especial da Alerj após convênio da Prefeitura com a UENF

A histórica Fazenda Campos Novos, em Tamoios, segundo distrito de Cabo Frio, vai passar por restauração completa. A reforma do imóvel do século XVII, que conta parte da história do Brasil e que já recebeu até Charles Darwin, será feita com recursos do Fundo Especial da Alerj. A liberação da verba foi possível após a realização de um convênio entre a Prefeitura do município e a Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), que passará a oferecer cursos e administrar um museu de ciências no local.

O primeiro acordo de cooperação técnica entre a Prefeitura e a UENF foi assinado no dia 26 de agosto, pelo prefeito José Bonifácio (PDT) e o reitor Raul Palacio, prevendo a instalação de cursos, pesquisas e atividades. Na última terça-feira (14), foi assinado um novo protocolo expandindo as atividades, que agora vão contar com a instalação do museu científico e uma escola de extensão da universidade em Cabo Frio.

A verba para a restauração da Fazenda Campos Novos vai ser integralmente gerida pela UENF e está prevista para entrar nos cofres da Universidade já em janeiro de 2022. Pelo cronograma, o início das obras deve ocorrer até março do ano que vem, com inauguração estimada para novembro, mês do aniversário da cidade.

A verba para a restauração é fruto do Projeto de Lei Nº 5275, de autoria do deputado estadual André Ceciliano

Muito feliz com a realização de um sonho para o município de Cabo Frio, o prefeito fez questão de agradecer a todos os envolvidos após a votação na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

“Sem o deputado André Ceciliano não teríamos essa possibilidade real de restauração completa. Quero agradecer demais também à UENF, em nome do reitor Raul Palacio, que foi um grande parceiro que abraçou essa causa. Fico muito feliz que vamos recuperar este patrimônio, que me deixava noites sem dormir com medo daquilo cair. Deus vai permitir que a gente tenha tempo de restaurar toda a estrutura. Ganha Cabo Frio, ganha a Região dos Lagos, e ganha a arquitetura deste local que marcou um período importante do Império no Brasil e tem muita história para contar. Recuperar este patrimônio é também não se deixar perder boa parte da história”, declarou José Bonifácio.

A verba para a restauração é fruto do Projeto de Lei Nº 5275, de autoria do deputado estadual André Ceciliano, que destinou R$ 30 milhões para dois projetos da UENF – o de Cabo Frio, com a criação de um museu voltado à divulgação científica e uma escola de extensão da universidade – e outro em Campos dos Goytacazes, para a reforma do Solar dos Jesuítas.

Fazenda Campos Novos

A Fazenda Campos Novos foi fundada em 1690 pela Companhia de Jesus

A Fazenda Campos Novos, fundada em 1690 pela Companhia de Jesus, foi de fundamental importância na formação da cidade de Cabo Frio entre os séculos XVII e XVIII, sendo o principal complexo agrícola de toda a região do litoral fluminense. A Fazenda se estende por 184 hectares, em uma área de rara riqueza ambiental, pré-histórica e histórica. O prédio da fazenda é uma das poucas construções jesuíticas ainda de pé no território brasileiro.

Faz parte da sede da Fazenda Campos Novos uma casa-grande, a igreja de Santo Inácio e um cemitério, sendo considerado um dos conjuntos arquitetônicos mais importantes e originais do país. Por tamanha relevância, levou ao tombamento pelo governo do Estado do Rio de Janeiro, por intermédio do INEPAC (Instituto Estadual do Patrimônio Cultural), em 2003, e como patrimônio nacional, pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), em 2011.

D. Pedro II, Princesa Isabel e Conde D’eu, Príncipe Maximiliano, Saint-Hilaire, John Luccock, entre outras personalidades, hospedaram-se na Fazenda Campos Novos. Em 1832 ela recebeu a visita do maior naturalista de todos os tempos: Charles Darwin, durante sua viagem ao norte fluminense, de 08 a 24 de abril daquele ano.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content