Familiares e amigos de vítimas de acidente em Cabo Frio realizam manifestação nesta segunda-feira (25)

Rhuan de Souza, de 21 anos e Léo Marques, de 20, estavam de moto quando foram atingidos por um carro em alta velocidade, na noite da última terça-feira (19). Protesto tem início às 16h

2409

Quase uma semana depois do acidente tirou a vida de dois jovens em Cabo Frio, familiares e amigos das vítimas organizam uma manifestação pedindo por justiça. O ato está marcado para esta segunda-feira (25), às 16h, na Praça Porto Rocha.

Rhuan de Souza, de 21 anos e Léo Marques, de 20, estavam de moto quando foram atingidos por um carro em alta velocidade, na noite da última terça-feira (19), na Avenida Nossa Senhora de Assunção, no Centro da cidade. Com o impacto, eles morreram na hora. Uma banca de jornal também foi atingida e ficou destruída.

Manifestantes prepararam cartazes e providenciaram um ônibus para levar moradores do bairro Campo Redondo até a Praça Porto Rocha. Eles pedem por justiça e querem que detalhes do acidente sejam investigados.

“Só queremos que a justiça seja feita, muitas coisas estão erradas, não teria perícia senão houvesse familiares que cobrassem da Polícia Militar e da Guarda Municipal, quase que ainda prenderam o rapaz por questionar … estamos lutando pelos nossos direitos, toda hora vemos casos parecidos e nada acontece. Pagar fiança é fácil, pior é pra quem perde a vida e perde o familiar, as leis tem que ser mais severas, Rhuan e Leo nunca serão esquecidos” declarou a mãe de Rhuan nas redes sociais.

Testemunhas afirmam que o carro estava a mais de 115Km/h quando colidiu com os jovens. Relatos apontam também, que tinham bebidas alcoólicas dentro do veículo.

“Luciano Matos Carvalho Júnior, filho de um Policial Militar, jogou seu Honda Civic em cima da moto para matar o Rhuan e matou! As evidências (garrafas de cerveja) sumiram, o teste do bafômetro foi feito no dia seguinte, enquanto a família enterrava os jovens. Se apresentou na delegacia, foi pra casa e viajou”, disse uma das organizadoras do protesto.

O motorista do veículo passou por exame de alcoolemia, que deu negativo. O caso foi registrado na 126ªDP como homicídio culposo. A polícia informou que ele prestou depoimento acompanhado do advogado na quarta-feira (20).

Batalha do Forte presta homenagem

A Batalha do Forte, que acontece toda terça-feira na Praça da Cidadania, vai prestar uma homenagem aos jovens, que eram conhecidos entre os participantes. O ato está marcado para esta terça (26), durante a 14ª edição do evento, que tem início às 19h .

Dono banca de jornal faz campanha para recuperar estrutura

Um responsável pela banca de jornal atingida no acidente está realizando uma campanha nas redes sociais para recuperar a estrutura do local que ficou destruída.

De acordo com Rondineli Silva, o advogado do motorista falou que ele não vai pagar o prejuízo porque não teve culpa de ter invadido a banca com o carro. Ele afirma que não tem condições de arcar com a reforma.

Qualquer valor pode ser doado através do pix 22997917745, no nome Banca de Cultura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui