InícioSegurançaDenúnciaEnfermeiros do Hospital Missão de São Pedro da Aldeia denunciam não repasse...

Enfermeiros do Hospital Missão de São Pedro da Aldeia denunciam não repasse do piso salarial da classe

Profissionais apontam que unidade não teria dado uma justificativa plausível para a não transferência. Prefeitura se pronunciou

Enfermeiros do Hospital Maternidade Missão de São Pedro da Aldeia denunciaram ao Portal RC24h, nesta terça-feira (17), que, até o momento, ainda não receberam o novo piso salarial da classe, aprovado em dezembro de 2022.

Conforme relatos, a unidade filantrópica, que atua tanto no setor privado quanto em parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS), não teria apresentado uma justificativa plausível para a não transferência do valor.

Os denunciantes, que preferiram não se identificar por medo de represálias, afirmaram que a direção do hospital teria comunicado a situação por meio de uma suposta nota em um grupo em que nem todos os profissionais fazem parte.

Ela teria esclarecido o repasse da diferença do piso da enfermagem pelo Ministério da Saúde e alegado que, na primeira etapa, o valor foi calculado errado, tendo sido corrigido e devolvido para a Secretaria de Saúde Municipal. Para os profissionais, a justificativa “não colou”.

Confira a suposta nota na íntegra:

“Nota de esclarecimento: Assunto: repasse da diferença do Piso da Enfermagem pelo Ministério da Saúde, calculado pelo CNES e horas trabalhadas. O MS encaminha o valor calculado para secretaria de Saúde Municipal e está repassa ao hospital. Nesta primeira etapa foi calculado errado, que foi corrigido e devolvido para secretaria de Saúde. Os repasses serão de 4 meses retroativos, corrigidos, pagos em folha suplementar e todos os documentos do CNES serão mostrados aos funcionários e esclarecer que até o momento não recebemos o repasse e que esses valores são enviados pelo Ministério da Saúde, órgão federal, a secretaria de Saúde não é responsável por esse pagamento.”

Ainda na mesma conversa, os funcionários teriam sido orientados a consultarem o RH: “Qualquer dúvida contactar o RH, somos uma missão e temos uma atividade missionária, não é uma entidade patronal e sim cooperativa“.

Questionados se entraram em contato com o setor do Recursos Humanos (RH), os denunciantes afirmam que sim, pontuando que teriam recebido o último dia seis de outubro como prazo para que a situação fosse resolvida, entretanto, até o momento, ainda segundo relatos, não obtiveram retorno.

Diante dos fatos, o Portal RC24h entrou em contato com a prefeitura aldeense e com o Hospital Maternidade Missão de São Pedro da Aldeia.

A unidade não respondeu até o momento, mas a prefeitura esclareceu que o repasse do Ministério da Saúde para o pagamento da categoria da enfermagem será realizado nesta quarta-feira (18).

Em relação ao impasse gerado pela nota do hospital, o município informou que a orientação é que se esclareça diretamente com a administração da unidade, reforçando que todos os cálculos e repasses são de responsabilidade do Ministério da Saúde.

Confira a nota na íntegra:

“A Secretaria de Saúde informa que o repasse do Ministério da Saúde será feito nesta quarta-feira (18/10) ao Hospital Maternidade Missão de São Pedro, para pagamento da categoria da enfermagem”.

Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida.

Já atuou como apresentadora na Jovem TV Notícias, em 2021. Escreve pelo Portal RC24h há três anos e atua, desde julho de 2022, como repórter do Jornal Razão, de Santa Catarina.

É autora publicada, com duas obras de romance e mais de 500 mil acessos nas plataformas digitais.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo