Empresa não coloca ônibus nas ruas no primeiro dia de operação em São Pedro da Aldeia

V7 Comércio, Serviços e Gestão Empresarial venceu licitação para operar transporte público no município provisoriamente e deveria ter começado trabalhos nesta segunda-feira (9). Moradores reclamaram da falta de coletivos nas redes sociais. Segundo fontes, empresa sequer tem frota para cobrir o município

2936
Ponto final de ônibus de São Pedro da Aldeia, no Centro, nesta segunda-feira (9) | Foto: Vyny Mello

A empresa V7 Comércio, Serviços e Gestão Empresarial não colocou ônibus nas ruas no primeiro dia de operação do transporte público em São Pedro da Aldeia nesta segunda-feira (9). A empresa foi escolhida como responsável pelo serviço enquanto a Prefeitura organiza uma nova licitação.

Nas redes sociais, diversos moradores reclamaram da falta de coletivos. A Prefeitura informou que realizará uma coletiva de imprensa até o fim do dia para se posicionar em relação à questão.

O município havia afirmado na sexta (6) que os horários e itinerários seriam ampliados, considerando que linhas não operadas pela Viação São Pedro seriam retomadas.

De acordo com a Prefeitura, as linhas nas ruas seriam Baleia x Base, São Pedro x Três Vendas, São Pedro x Alecrim, São Pedro x Retiro, São Pedro x bairro São João (via Campo Redondo), São Pedro x Balneário das Conchas, São Pedro x Jardim Primavera (via Campo Redondo), São Pedro x Botafogo (via São Mateus), São Pedro x Sapiatiba Mirim II, São Pedro x Sergeira e São Pedro x Farmácia Velha.

Segundo fontes ouvidas pela reportagem, a empresa sequer tem frota para cobrir o município. Os relatos dão conta, inclusive, que a V7 estaria tentando alugar e comprar ônibus de empresas de turismo às pressas para suprir a demanda que recebeu.

Na semana passada, houve um questionamento à Prefeitura por conta do capital social da empresa ser de apenas R$300 mil, abaixo, inclusive, do valor de um micro-ônibus.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que o edital de chamamento público exigiu a demonstração de capacidade técnica para execução do serviço e que a documentação foi apresentada pela empresa que participou da licitação. A Prefeitura destaca que a minuta do contrato prevê a aplicação de penalidades caso a empresa não preste os serviços de forma integral”, disse em nota.

O Portal RC24h tentou entrar em contato com a empresa V7 Comércio, Serviços e Gestão Empresarial, mas a empresa não disponibiliza qualquer forma de comunicação.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui