Embarcações lotadas causam aglomeração na Ilha do Japonês, em Cabo Frio

668

Passeios turísticos estão proibidos na cidade. Registro de pessoas sem máscaras e aglomeradas foi feito neste sábado (17)

Turistas e banhistas foram flagrados em uma aglomeração de embarcações na Ilha do Japonês neste sábado (17) mesmo com proibição em decreto.

Em diversar imagens que circulam pelas redes sociais é possível ver pessoas em barcos e lanchas sem uso de máscara de proteção facial e sem respeitar o distanciamento mínimo de segurança por conta da pandemia do coronavírus.

O atual decreto válido em Cabo Frio, publicado em 15 de março, proíbe o serviço de passeios e transporte de passageiros em embarcações com finalidade turística, além de funcionamento de boates, casas de festas e espaços de dança em bares e restaurantes.

A permanência nas praias da cidade está liberada, porém a disponibilização de guarda-sóis é permitida apenas para quiosqueiros, sendo dez para cada. Mesas e cadeiras continuam proibidas.

A Prefeitura de Cabo Frio informou, em nota, que, após análise das imagens que mostram aglomerações em embarcações no litoral do município durante o fim de semana, “será determinada a suspensão das atividades nas marinas particulares e clubes náuticos que estiverem descumprindo o decreto de combate à proliferação do coronavírus. Por determinação do prefeito José Bonifácio, a definição sobre os locais que terão as atividades suspensas fica a cargo do Comitê Executivo de Combate à Covid-19”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui