Início Cabo Frio Corpo de idoso morto com Covid-19 desaparece de hospital em Cabo Frio

Corpo de idoso morto com Covid-19 desaparece de hospital em Cabo Frio

Família percebeu a troca quando foi reconhecê-lo no Clinerp; José Pinheiro já teria sido enterrado no Jardim Esperança

O corpo de José Pinheiro, de 71 anos, que morreu por complicações da Covid-19, sumiu em Cabo Frio. Ele estava internado desde sábado (24) no Clinerp, hospital particular da cidade, e foi a óbito na terça-feira (27).

De acordo com a esposa de José, Damares Silveira, o idoso estava com a pulsação baixa e muito cansaço. “A doutora pediu para ele internar, fazer pelo menos oxigenação”, conta.

Ele foi diretamente para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e intubado, mas não resistiu às complicações da doença, indo a óbito.

Ao receber a notícia do falecimento do marido, Damares foi até à clínica para fazer o reconhecimento do corpo e teve uma ingrata surpresa. “Entrei para reconhecer e, quando cheguei lá, fiquei chocada. Falei, desesperada, para o rapaz que não era o meu marido”, relembra.

Ela pediu para que o enteado fosse ajudar reconhecer o corpo, mas ele também negou se tratar do pai. Uma etiqueta de identificação do cadáver em nome de outra pessoa foi localizada. O homem era Odair.

Ainda segundo a família, o verdadeiro corpo de José foi enterrado na terça-feira, no Cemitério Jardim dos Eucaliptos, no bairro Jardim Esperança. A administração do local não autorizou a exumação desse corpo para que os familiares fizessem o reconhecimento, alegando ser necessária uma decisão judicial.

A Prefeitura de Cabo Frio, que é responsável pelo cemitério, disse que a Procuradoria Geral do Município foi acionada e estuda o caso.

“Não tomei nenhuma providência judicial ainda, porque, para mim, a responsabilidade é do hospital. Contudo, caso veja que não está havendo a necessária urgência, tomarei as providências cabíveis”, informou o procurador Elias Batista.

Em nota, o Clinerp disse que está apurando o caso e se solidariza com o sofrimento das duas famílias envolvidas.

*Com informações do G1.

Letycia Rocha
Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida. Atuou como produtora/repórter na Lagos TV e Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo. Colabora no jornal O Dia e Blog Cutback.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -

Mais Lidas

Skip to content