InícioCovid-19COLAPSO / Leitos de UTI atingem 100% de ocupação em cidades da...

COLAPSO / Leitos de UTI atingem 100% de ocupação em cidades da Região dos Lagos

Iguaba Grande, Saquarema e Rio das Ostras não tem mais vagas. Arraial do Cabo segue com as oito ‘semi UTIs’ ocupadas

Mesmo com alertas de especialistas desde o ano passado, o país chegou a um alarmante patamar na pandemia do coronavírus. Diversos estados estão com leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 à beira de esgotamento completo, entre eles, o Rio de Janeiro.

Na Região dos Lagos, o colapso na saúde já é evidente. Iguaba Grande, Saquarema e Rio das Ostras já atingiram taxa de ocupação de 100% nos leitos de UTI na rede do Sistema Único de Saúde (SUS), conforme divulgado em reportagem do Bom Dia Rio, na manhã desta terça-feira (23).

A prefeitura de Saquarema chegou a divulgar, no início da tarde, que vai amplicar a quantidade de leitos exclusivos para o tratamento da Covid-19 na cidade. Serão criados, segundo o município, 18 novas vagas, sendo oito novas de UTI no Posto de Urgência de Saquarema, que funciona como unidade exclusiva para o atendimento a pacientes com coronavírus, e dez leitos para atendimento de enfermaria no P.U. de Jaconé.

Após o colapso, Rio das Ostras decretou lockdown na cidade até o dia 4 de abril, podendo ser prorrogado.

Arraial do Cabo não possui leitos de UTI, apenas oito “semi-UTIs” que, conforme a prefeitura, estão todas ocupadas. Na tarde de segunda-feira (22), o secretário municipal de Saúde, Jorge Diniz, reafirmou a necessidade da colaboração da população no combate ao vírus. “No último fim de semana, tivemos um aumento no número de casos, inclusive com um caso grave”, disse Diniz.

Em São Pedro da Aldeia, a taxa de ocupação nos leitos de Unidade de Pacientes Graves (UPG) destinados aos infectados pela Covid-19 está em 90%. Já o índice de ocupação dos leitos de observação subiu para 80% e os da enfermaria chegou a 100%.

Já em Cabo Frio, segundo o último boletim divulgado pelo município, as taxas de ocupação relativas aos leitos de Covid-19 era de 80% na UTI, com apenas dez vagas disponíveis, das 51 existentes; e também 80% na enfermaria, com sete leitos disponíveis, de 35 no total, até segunda-feira

Em Macaé, 79% das vagas da Unidade de Terapia Intensiva estão ocupadas, enquanto em Maricá a ocupação é de 92% em leitos de UTI para Covid-19.

Araruama tem taxa de ocupação na UTI em 47%, com nove dos 17 leitos disponíveis. Na enfermaria, o município atingiu 75%. De 20 vagas no total, apenas cinco estão livres.

Em Armação dos Búzios a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva destinados ao Covid-19 está em 67,85%, com 19 leitos ocupados, sendo três regulados para UTI. A taxa de utilização dos respiradores está em 18,75%. Para diminuir o risco de contágio, a prefeitura publicou um novo decreto nesta terça-feira (23), proibindo a permanência nas praias do município.

Letycia Rocha
Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida. Atuou como produtora/repórter na Lagos TV e Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo. Colabora no jornal O Dia e Blog Cutback.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content