Cláudio Castro pede o cancelamento do Carnaval de rua em todos os municípios

Governador informou, por meio das redes sociais, que fez a sugestão ao comitê científico do estado

869

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, utilizou seu perfil oficial em uma rede social para informar que sugeriu ao comitê científico do estado a suspensão do carnaval de rua em 2022. A publicação foi feita nesta tarde de sexta-feira (7). Ainda na mesma postagem, ele alerta para o risco de promover aglomerações sem protocolos sanitários.

O governador aguarda a deliberação dos especialistas e determinou que o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, dialogue com o conselho de secretários de saúde dos municípios para que o evento seja suspenso neste ano. A sugestão segue a tendência da Prefeitura do Rio de Janeiro, que já havia cancelado as festas de rua na capital em decisão tomada na terça-feira (4)

Polêmica

A polêmica do carnaval de rua começou essa semana com o anúncio do cancelamento feito pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que também confirmou os desfiles das escolas de samba na Sapucaí. Isso porque as medidas sanitárias vigentes foram mantidas, o que permite a realização de festas particulares. Nas redes sociais, perfis debateram a decisão.

Rita Fernandes, presidente da Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua do Rio de Janeiro, a Sebastiana, também se pronunciou quanto ao cancelamento.

“Ele anunciou e a gente acata. Ele disse que pelos dados de hoje (da covid-19), não há condições de realizar o Carnaval. Nós vamos recuar. A gente não tem um bom cenário. Não é só por causa da nova variante, também tem a gripe da Influenza”, afirmou Rita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui