Início Covid-19 Cidades da Região dos Lagos recebem nova remessa da Coronavac; confira quantidade...

Cidades da Região dos Lagos recebem nova remessa da Coronavac; confira quantidade de doses

A Região dos Lagos receberá pouco mais de 8.600 doses da Coronavac para serem distribuídas entre as dez cidades de cobertura do Portal RC24h, durante a entrega da nova remessa pela Secretaria de Estado de Saúde. As doses do imunizante começam a ser entregues a partir desta quinta-feira (11).

Segundo o Governo Estadual, serão 131.110 vacinas distribuídas neste novo lote, por meios terrestres para as cidades do Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo e Maricá, e por via aérea para as demais.

A Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SVS) enviou ofício aos 92 municípios do Estado afirmando ser de extrema importância que os responsáveis técnicos e gestores municipais organizem as ações de imunização, priorizando os grupos elencados no Programa Nacional de Imunizações (PNI) e de acordo com o número de doses que serão aplicadas no dia, para que o frasco multidoses seja utilizado em plenitude. Denúncias de irregularidades na vacinação são encaminhadas imediatamente aos órgãos de controle.

Entre os dias 18 de janeiro e 09 de fevereiro, a SES recebeu 1.040.320 doses de vacina contra a Covid-19, sendo 855.320 da CorovaVac e 185 mil da Oxford/AstraZeneca. Já foram entregues 714.690 doses aos 92 municípios. Dessas, 244.560 foram destinadas à segunda dose da Coronavac, para atender à população que recebeu as doses enviadas no primeiro lote, do dia 20 de janeiro.

 

Veja o número de doses esperado para cada município da área de cobertura do Portal RC24h:

Araruama – 1.110 doses;

Armação dos Búzios – 260 doses;

Arraial do Cabo – 260 doses;

Cabo Frio – 1.690 doses;

Iguaba Grande – 260 doses;

Macaé – 1.460 doses;

Maricá – 1.250 doses;

Rio das Ostras – 810 doses;

São Pedro da Aldeia – 860 doses;

Saquarema – 710 doses.

 

Público prioritário – A Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SVS), da SES, enviou um ofício aos 92 municípios, no último dia 25, em que ressalta ser de extrema importância que os responsáveis técnicos e gestores municipais organizem suas ações de imunização priorizando os grupos elencados no Programa Nacional de Imunizações. A SVS recomenda ainda que os municípios organizem suas agendas de imunizações de acordo com o número de doses que serão aplicadas no dia, de forma que o frasco multidoses seja utilizado em sua plenitude.

Devem ser vacinadas, neste momento:

– profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate à Covid-19 e na vacinação;

– pessoas com 60 anos ou mais vivendo em abrigos ou asilos;

– pessoas maiores de 18 anos com deficiência institucionalizadas;

– trabalhadores dessas instituições;

– povos indígenas vivendo em terras indígenas.

Até às 15h desta quarta-feira (10), o Vacinômetro do Rio da Janeiro já contabilizou 202.580 pessoas imunizadas em todo o estado.

Letycia Rocha
Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida. Atuou como produtora/repórter na Lagos TV e Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo. Colabora no jornal O Dia e Blog Cutback.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -

Mais Lidas

Skip to content