CAMPO MINADO/ Moradores de Cabo Frio sofrem com ‘buraqueira’ na cidade

Grandes crateras são problemas antigos e causam prejuízo aos motoristas

819

Os buracos nas ruas de Cabo Frio já se tornaram um problema rotineiro enfrentado pelos moradores da cidade. Faltando pouco mais de um mês para a alta temporada, as grandes crateras trazem prejuízo a motoristas e também aos turistas, que já voltaram a frequentar o município.

O problema toma conta de todos os pontos da cidade. Na Estrada do Guriri, que dá acesso ao Peró, bairro que abriga uma praia contemplada pelo certificado internacional da Bandeira Azul, o cenário é catastrófico. Motoristas tem que desviar utilizando a via na direção contrária, o que traz grande risco de acidente e causa engarrafamento em horários de pico. Em dias chuvosos e durante a noite, a situação é ainda pior, já que fica impossível ter noção do tamanho do perigo.

Há quem diga que Cabo Frio já pode ser eleita a capital dos buracos. Christian Rodrigues veio visitar a cidade e saiu no prejuízo. “Eu tô com ódio. Passei o fim de semana aí numa pousada que não foi barata e quando saí pra vir embora, passei num buraco que destruiu o carro. Alguém paga? Prefeitura? Ninguém. Cabo Frio já foi boa, o bom turista não volta” (sic), disse o turista.

No bairro Jardim Esperança, não é diferente. No cruzamento da Rua Davi Garcia da Rocha com a Rua Lourival Franco de Oliveira, que já é um local que exige atenção do motorista por conta do grande fluxo de pessoas, carros e ciclistas, dois buracos se abriram no caminho.

Para evitar maiores transtornos, moradores da Rua Leonor de Azevedo Santa Rosa, sinalizaram a ‘armadilha’ com entulho e um caixote.

Em março deste ano, a Prefeitura de Cabo Frio com fechou um convênio com o Departamento de Estradas de Rodagens do Estado do Rio de Janeiro (DER-RJ), para o fornecimento de insumos e materiais para a execução de obras nas ruas da cidade, mas o resultado ainda não foi visto pela população.

Em resposta ao Portal Rc24h, o governo municipal informou que a licitação para a compra de massa asfáltica está na fase final para a contratação da empresa que irá fornecer o produto. “A previsão é de que o asfalto contratado esteja disponível a partir do mês de novembro, possibilitando a intensificação do trabalho de recapeamento das ruas e avenidas do município. Enquanto isso, a Secretaria de Obras e Serviços Públicos segue realizando reparos emergenciais em todos os bairros”, disse em nota.

No caso das estradas estaduais de acesso ao município, como a RJ-140, a RJ-102 e a RJ-106, a Prefeitura afirmou que a responsabilidade pelo serviço é do Governo do Estado, mas mesmo assim, também realiza reparos emergenciais nesses trechos sempre que solicitada.

Ainda de acordo com o município, nesta quinta-feira (14), uma equipe da Secretaria de Obras esteve na Estrada do Guriri para averiguar a existência de um buraco na pista. Foi constado que o buraco resultou de um vazamento de água. Por isso, a Prolagos, concessionária responsável pelo serviço de abastecimento de água, foi acionada para realizar o reparo no trecho citado, em cumprimento ao estabelecido no contrato de prestação do serviço.

Em nota, a Prolagos informou que após ter sido acionada pela Prefeitura, uma equipe esteve na Estrada do Guriri e detectou que a água existente no local é proveniente de uma tubulação que vem do alto do morro, instalada pelos moradores. “A manutenção não é de responsabilidade da concessionária”.

Rua Porto Alegre, esquina com Rua Fortaleza
Rua Porto Alegre, esquina com Rua Fortaleza

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui