InícioCabo FrioCabo Frio recebe ações para celebrar o Dia do Orgulho LGBTQIA+

Cabo Frio recebe ações para celebrar o Dia do Orgulho LGBTQIA+

A cidade ficou mais colorida com a pintura das faixas de pedestres da orla da Praia do Forte com as cores do arco-íris e com um ato que estendeu a bandeira do movimento na Ponte Feliciano Sodré

No Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, celebrado nesta segunda-feira (28), Cabo Frio amanheceu mais colorida. A cidade recebeu ações para marcar a data, através do Grupo Iguais, com o apoio da superintendência de Políticas LGBTQIA+, da Prefeitura.

As faixas de pedestre da orla da Praia do Forte foram pintadas com as cores do arco-íris, que representam o movimento. De acordo com o Grupo Iguais, elas simbolizam a diversidade e o respeito às diferenças. “Respeito! É o que a comunidade LGBTQIA+ quer e busca todos os dias”.

No fim da manhã, os militantes estenderam uma bandeira do movimento LGBTQIA+, levando “as cores do arco-íris, da felicidade e da militância” na ponte Feliciano Sodré, que fica em um dos pontos de mais movimentação no Centro da cidade. O ato simbólico foi realizado durante poucos minutos e a bandeira logo foi retirada pelo grupo para não atrapalhar no fluxo de embarcações por baixo da ponte.

De acordo com o grupo, essa ação é “uma forma de lembrar a busca por direitos e a importância de respeitar como cada ser humano é”.

O ato foi aplaudido por quem passava no local. O ponto é conhecido pela exposição de bandeiras de times de futebol ao ganharem algum campeonato. Vale pontuar que a Ponte Feliciano Sodré é um símbolo histórico do município de Cabo Frio, o que torna a ação ainda mais representativa.

O superintendente de Políticas LGBTQIA+, Pedro Henrique Rosa, informou que será colocada uma iluminação dos pontos turísticos e dos órgãos institucionais e governamentais do município, como a Prefeitura e a Câmara dos Vereadores.

“Em prol da comemoração do Dia Internacional do Orgulho, a gente tem as fachadas dos prédios públicos iluminadas com as cores do movimento para trazer representatividade, para mostrar a importância de comemorarmos e falarmos das nossas causas. É muito importante termos essa representatividade para mostrar à sociedade a importância de pautarmos a luta da população LGBTQI+. A gente ainda vive em um país onde a cada 48h uma pessoa trans é morta, um país que lidera o número de assassinatos a transexuais e travestis. Onde dados mostram que a quantidade de homicídio de lésbicas, gays, transexuais, eles só aumentam”, lamentou o superintendente.

Pedro ainda disse que, em parceria com a secretaria-adjunta de Comunicação, será publicado um vídeo em homenagem ao Dia do Orgulho.

“A mensagem que a prefeitura quer passar é de que todas as pessoas podem sentir orgulho de ser quem são, sem que isso as coloque em situação de vulnerabilidade. É importante para a comunidade LGBTQI+ saber que os entes públicos pensam em políticas públicas para eles e estão apoiando a causa, saber que esses espaços também nos representam”.

Fechando a programação, o Grupo Iguais realiza também, a Live do Orgulho, às 20h, através do Facebook. A transmissão contará com a presença de Ágata Íris (Influecer, militante Trans, colunista), Monayra Manon (Drag humorista, referência na região dos lagos) e Mary Miller (Miss Rio de Janeiro 2020, Drag Oficial Grupo Iguais)

Entenda a data

Neste mesmo dia 28 de junho, há 52 anos, membros da comunidade LGBTI+ marcaram a história ao reagirem às constantes represálias policiais no bar Stonewall Inn, em Nova Iorque, fazendo com que parte da comunidade LGBTI da cidade, que se mantinha escondida, fosse às ruas protestar contra a violência e a discriminação durante seis dias.

Esse momento de luta contra o preconceito deu origem ao Dia Internacional do Orgulho LGBTI+, que representa a busca pela liberdade, pelo respeito e pela igualdade em todo o mundo.

*Com informações do Jornal O Dia.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content