Cabo Frio passa por vistoria técnica do projeto “Brasil, essa é a nossa praia!”

Município está entre os dez do país contemplados pela iniciativa do Ministério do Turismo

179

Técnicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e da Seagrass, empresa de gestão e planejamento de recursos costeiros e marinhos, estiveram em Cabo Frio para as visitas técnicas do projeto “Brasil, essa é a nossa praia!”, do Ministério do Turismo. As vistorias acabaram nesta quarta-feira (1°) e foram divididas em quatro regiões, chamadas de Unidades de Paisagens (UPs).

As regiões contempladas no projeto são: a UP1, que vai da Praia do Forte até a Praia do Pontal; a UP2 – da Praia do Peró até a Praia das Conchas; UP3 – Tamoios/ Unamar, do deságue do rio Gargoá até a Praia Rasa; UP4 – Passagem e Ilha do Japonês.

O projeto “Brasil, essa é a nossa praia!” tem o objetivo de aprimorar a gestão de orlas marítimas do país e auxiliar no desenvolvimento de ações sustentáveis. Cabo Frio está entre os 10 municípios do Brasil que participam do projeto.

Após a visita técnica, será produzido um relatório com o diagnóstico, que norteará as ações a serem executadas. Na próxima fase, serão realizadas oficinas para elaboração dos Planos de Gestão Integrada de cada orla e, em seguida, audiências públicas para a formalização do processo.

De acordo com a secretária municipal de Turismo de Cabo Frio, Katyuscia Brito, o planejamento é importante para alavancar ainda mais o setor.

“Esse olhar é importante, pois vai gerar um relatório com o diagnóstico das vistorias nas praias. Isso vai proporcionar um caminho para o município seguir e melhorar a gestão das orlas”, explica a secretária.

Participaram das visitas representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e das secretarias municipais de Turismo, Esporte e Lazer; Meio Ambiente e Saneamento; Planejamento e Desenvolvimento; Mobilidade Urbana; Obras e Serviços Públicos; Governo; Agricultura e Pesca; Segurança; Procuradoria-Geral e Comsercaf.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui