Cabo Frio mantém uso obrigatório da máscara

Segundo o prefeito José Bonifácio, o índice de cobertura vacinal com as duas doses ainda é considerado baixo

779

O prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio (PDT), se pronunciou, através das redes sociais da prefeitura, no início da tarde desta quarta-feira (9), afirmando que a cidade manterá o uso obrigatório da máscara.

Muitos moradores criticaram o prefeito na publicação, dizendo que a atitude tomada por ele foi um atraso. Já Bonifácio, justificou a manutenção do decreto antigo diante do índice de cobertura vacinal considerado ainda baixo. Segundo dados da própria prefeitura, mais de 57 mil pessoas ainda não tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na cidade.

E mais, apenas 60% da população recebeu as duas doses da vacina. Em se tratando do reforço, o número é menor ainda: apenas 17%.

Na publicação, o Prefeito estimula a imunização. “Esteja com o ciclo vacinal em dia e não deixe as crianças de fora. Em breve, poderemos dar novos passos de volta à normalidade. Seguimos firmes contra o coronavírus!”.

Mas José Bonifácio não recebeu apenas críticas. A decisão já está rodando nos grupos de whatsapp, onde muitas pessoas concordam com seu posicionamento. Tânia Cristina, de 53 anos, concorda.

“Esses números assustam. A vacina disponível e as pessoas se negam a vacinar. A efetividade só se dará no coletivo. Enquanto isso, apoio plenamente a continuidade da obrigatoriedade do uso de máscaras”, ela pontua.

Confira o pronunciamento na íntegra:

Três municípios já liberaram

Na terça-feira (8), durante a sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Cabo Frio, o vereador Léo Mendes (DC) apresentou uma indicação para desobrigar o uso de máscaras no município. Caso fosse aprovada, Cabo Frio seria a quarta cidade da Região dos Lagos a autorizar a flexibilização, depois de São Pedro da Aldeia, Iguaba Grande e Armação dos Búzios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui