InícioCabo FrioCabo Frio atinge 400 mortes pela Covid; 40% dos comissionados da Cultura...

Cabo Frio atinge 400 mortes pela Covid; 40% dos comissionados da Cultura estão de licença

Marca foi superada na atualização do boletim deste sábado (3); secretário de Cultura testou positivo e está em casa, já o adjunto está internado, respirando com ajuda de aparelhos

A cidade de Cabo Frio se tornou a primeira da área da cobertura do Portal RC24h a atingir a triste marca de 400 vidas perdidas em decorrência da COVID-19. A atualização dos dados foi divulgada pela Prefeitura em boletim na manhã deste sábado (3).

Foram quatro novos óbitos confirmados em relação ao boletim de sexta (2), totalizando 402 mortes desde o começo da pandemia. Outras 10 mortes estão sendo investigadas, de acordo com o município.

No total de casos, Cabo Frio registrou 27 novas confirmações e foi de 8.565 para 8.592, segundo dados do boletim epidemiológico.

Ainda de acordo com o material divulgado pela Prefeitura, 96% dos leitos de UTI/UPG do município estão ocupados, sendo 20 dos 22 da rede pública e todos os 28 da rede privada.

Em relação aos leitos de enfermaria, a ocupação é de 67%, estando ocupados 13 dos 19 disponíveis na rede pública e 11 dos 17 leitos da rede particular.

Surto na Cultura

Logo após a realização da Semana Teixeira e Souza, um surto de COVID-19 foi registrado na secretária de Cultura de Cabo Frio, que, por conta disso, está com atendimento restrito.

De acordo com comunicado da Prefeitura nesta sábado (3), cerca de 40% dos funcionários comissionados da pasta estão de licença médica, assim como outros dois servidores efetivos da secretaria.

O secretário titular de Cultura, Clarêncio Rodrigues, foi um dos infectados e está cumprindo isolamento social em casa, medindo o nível de saturação de oxigênio com um oxímetro e utilizando um cilindro para auxiliar na respiração quando necessário.

Já o secretário adjunto, Gilberto Marques, precisou ser internado no Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança. Segundo a Prefeitura, o servidor respira com auxílio de ventilação mecânica.

A Prefeitura anunciou que o corpo gestor da secretaria de Cultura vai realizar um encontro virtual na próxima quarta (7), às 19h, para esclarecer dúvidas e conversar com a população. A inscrição é feita pela internet.

Em nota, o Governo Municipal reitera os votos de pronta melhora para os servidores municipais afastados por causa da doença.

COVID-19 na Região da Costa do Sol

Cabo Frio não foi a única da área de cobertura do Portal RC24h que atualizou o boletim epidemiológico neste sábado (3).

Em Macaé, no Norte Fluminense, mais duas mortes foram registradas no documento. Com isso, 382 pessoas já morreram vítimas da Covid no município. A taxa de ocupação dos leitos é 84%.

Só nas últimas 24h, outras 67 pessoas testaram positivo para a doença, fazendo o total de casos confirmados saltar de 23.601 para 23.668 em Macaé.

Em Armação dos Búzios, onde os dados também foram atualizados neste sábado, 43 pessoas já morreram pela COVID-19. Quatro a mais em relação ao último sábado (27), no qual 39 óbitos já haviam sido confirmados.

Nas últimas 24h, seis casos foram confirmados e o total chegou a 3.973. Nesse mesmo tempo, o número de leitos ocupados caiu de 22 para 21 na península buziana.

Arraial do Cabo atualizou os números neste sábado também sem novidades. 1.037 casos já foram confirmados no município, com um total de 49 óbitos. Os 14 leitos de enfermaria exclusivos para a doença estão ocupados. A cidade não possui UTI/UPG.

Enquanto isso, a última atualização de São Pedro da Aldeia foi na quinta (1º), com um total de 156 óbitos. 13 mortes a mais do que o informado no boletim de segunda (29).

Ao todo, 4.192 casos já foram confirmados no município, onde 70% dos leitos de UPG e 100% dos leitos de observação estão ocupados, de acordo com o último boletim.

Araruama, que emitiu a última atualização na quinta, tem 227 óbitos confirmados pela COVID-19. São oito registros a mais do que o informado na segunda (29). Outras três mortes estão sob suspeita.

Ao todo, 7.922 casos da doença foram confirmados na cidade.

Em Iguaba Grande, que também não atualiza os registros desde quinta, 70 pessoas já morreram vítimas da COVID-19. Foram cinco óbitos registrados em sete dias. 2.952 casos da doença foram confirmados desde o começo da pandemia.

Em Rio das Ostras, o último boletim foi divulgado na quinta, com um total de 8.780 casos confirmados e 247 óbitos. Outras 20 mortes estão sendo investigadas. UTIs e enfermarias têm 100% dos leitos ocupados no município.

A última atualização do boletim epidemiológico de Maricá foi na quarta (31). Nela, o município contabiliza 12.174 pessoas que estão ou já foram contaminadas pela COVID-19. 273 pessoas já morreram em decorrências da doença na cidade e outras 10 mortes estão sob investigação.

Entre 24 e 30 de março, a Prefeitura informa que a taxa de ocupação de leitos dos hospitais municipais ficou em 96,01%. Um crescimento considerável em relação a semana anterior, na qual 61,65% dos leitos estavam ocupados.

Já Saquarema, que costuma demorar mais para divulgar números de óbitos e casos confirmados, não atualiza os gráficos desde 23 de março. Até aquele momento, 144 pessoas já haviam morrido pela Covid-19. O número de casos confirmados era de 2.619.

Em relação ao número de leitos, nesta sexta (2), Saquarema informou não ter disponibilidades em leitos de UTI e que todos 24 leitos de enfermaria estão ocupados.

Com esses dados, as dez cidades da área de cobertura do Portal RC24h somam, neste sábado, 75.909 casos confirmados e 1.993 mortes por COVID-19.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content