BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA TERÇA-FEIRA (14)

De Cabo Frio, vereadores aprovam orçamento e batem na falta de concessão de licenças aos ambulantes da Praia do Forte e Dr Serginho busca recursos pra saúde e segurança; Servidores de Araruama voltam a ocupar Câmara pedindo transparência e Portal RC24h recebe "moleque político" para entrevista; Iguaba libera 13º nesta quarta (15); Alexandre Martins e a regularização fundiária; Marcelo Magno recebe Prolagos para reunião sobre o verão; Câmara de São Pedro aprova reajuste de salário... E muito mais!

1555

VEREADORES E EMPRESÁRIOS SE REÚNEM EM CABO FRIO

A coluna Boca Miúda desta terça-feira (14) começa por Cabo Frio, onde os vereadores se reuniram com empresários do setor de varejo, alimentação, imobiliário e de turismo náutico para tratar da segurança pública em âmbito municipal. Esse encontro acontece em virtude do aumento da violência na cidade, tendo como ápice o último episódio, ocorrido domingo (12), quando um tiroteio na Praia do Forte deixou mortos e feridos. Naquele mesmo dia, o empresariado procurou o vereador Léo Mendes (DC) para propor a união entre os poderes na busca de soluções diante da ocorrência de fatos violentos e que podem acarretar em uma imagem negativa para a cidade.

REIVINDICAÇÕES

Participaram da reunião na Câmara de Cabo Frio os vereadores Léo Mendes, Josias da Swell (PL), Rodolfo Machado (SD) e Thiago Vasconcelos (Avante). O parlamentar Thiago agendou uma reunião com o secretário de Direitos Humanos e Segurança Pública, o Coronel Ruy França, que ouviu as reivindicações dos empresários e detalhou o planejamento das ações para tornar a cidade mais segura já neste verão. Ele adiantou que o município busca reforçar o policiamento por meio do Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS). “O PROEIS foi implantado em vários bairros do Rio de Janeiro, como Lapa, Copacabana, em cidades como Maricá e o resultado é excelente. Precisamos ocupar os espaços públicos e garantir a segurança da população”, explicou Léo.

LOA APROVADA

A Câmara de Cabo Frio aprovou, nesta terça-feira (14), a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022. Cabo Frio terá um orçamento estimado de R$1,1 bilhão, valor 25% maior do que o orçamento aprovado para este ano. Serão R$372 milhões destinados para área de Saúde e R$245 milhões para Educação. Os vereadores fizeram emendas impositivas, instrumento pelo qual cada parlamentar pode destinar recursos do município para determinadas obras, projetos ou instituições. O valor é correspondente a 1,2% da receita corrente líquida realizada no exercício anterior, o que corresponde a R$ 10.144.920,45. O relator da Comissão de Finanças, Alienação e Orçamento, o vereador Vinícius Corrêa (PP) utilizou a tribuna para explicar as especificidades da LOA. “É uma previsão orçamentária que bate um recorde histórico. Pela primeira vez, Cabo Frio ultrapassará R$ 1 bilhão. A cidade vive um momento econômico diferenciado positivamente, mas também é preciso ligar um alerta, pois 38% do orçamento vêm dos royalties do petróleo. Não podemos seguir na dependência de um recurso finito e com preço variável”, explicou. E Vinícius tem toda razão ao falar. Quando o tio dele, Alair Corrêa, foi prefeito pela última vez, a cidade também bateu R$ 1 bi, mas a gestão foi desastrosa e houve muito desperdício de dinheiro com shows e mais shows. Parte dos passivos que o município deve, são dessa época de extravagância. Por isso, o conselho dele deve ser ouvido com atenção.

NA BRONCA DOS AMBULANTES

Outro assunto que rendeu na sessão da Câmara desta terça foi a liberação de licenças para os ambulantes na Praia do Forte. Diversos parlamentares questionaram os critérios usados pela Prefeitura para dar as licenças, alegando que pessoas que trabalham no local há 20 anos não foram contempladas. Até mesmo vereadores da base, como Jean da Autoescola (PL), bateram na tecla de que é covardia a prática que tem sido adotada pela secretaria responsável e pela coordenação de Posturas. O vereador Vinicius Corrêa chegou a mostrar licenças de um ambulante que não foram renovadas, sem motivo aparente. Douglas Felizardo (Avante) e Leo Mendes (DC) também se posicionaram, no sentido de responsabilizar a Postura pelo ocorrido.

O IMPONDERÁVEL ACONTECEU

Em Cabo Frio, o prefeito José Bonifácio (PDT) esteve no Rio nesta segunda-feira (13), onde participou da abertura da nova edição da “Escola de Candidatos”, na sede da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini no Rio de Janeiro (transmitido pelas redes sociais). Aproveitando o ensejo, questionamos o prefeito se ele pretendia buscar uma audiência com o comando da PMERJ ou do 25º BPM a fim de buscar um reforço no policiamento em virtude dos últimos episódio de violência, principalmente último, do tiroteio e morte na Praia do Forte. Por telefone, Zé disse que a situação preocupa, mas ele não quer apontar responsáveis e nem vai jogar a responsabilidade nas costas do comandante do 25º BPM, coronel Gustavo Bastos. Zé disse que lamenta o episódio, não quer expor a cidade e seu principal cartão postal, mas que ‘não é momento de cobrar ninguém’. “O que aconteceu foi imponderável, o coronel não tinha como saber o que aconteceria”, completando que “a responsabilidade é de todos” e acredita que “o comando do 25º está fazendo um bom trabalho”. Para o prefeito, a preocupação agora é preservar a imagem da cidade e acredita que o convênio que ele deu entrada com o Proeis -com o Estado para aumentar o efetivo, pagando extra aos policiais de folga – vai aumentar a sensação de segurança.

AUMENTO NA SEGURANÇA…

Continuando sobre Cabo Frio, o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Dr Serginho disse que o 25 BPM vai contar com pelo menos mais 114 policiais militares para reforçarem a segurança na alta temporada. Ele esteve no alto comando da PMERJ nesta segunda (13), como dissemos, mas na verdade foi o segundo encontro em duas semanas. Na passada, ele já havia antecipado essa situação – justamente por medo do aumento da criminalidade na alta temporada – pedindo aumento do Regime Adicional de Serviço (RAS) para as polícias Militar. A solicitação que foi reforçada após o episódio da troca de tiros e mortes na Praia do Forte. Serginho disse que havia pedido mais 40 policiais e, depois, conseguiu a confirmação de outros 32. O comandante Luiz Henrique Marinho Pires não só garantiu os 72 como prometeu outros 42., para segurar o tranco nesse período.

E NO REPASSE…

Outra novidade, é que Serginho participou de uma reunião nesta terça (14), com o governador Cláudio Castro (PL) e todo secretariado. No encontro defendeu repasse de R$ 13 milhões exclusivo para a saúde da cidade. Serginho adiantou ainda que Castro anunciou que o Estado vai abrir mão de uma ação dos municípios para tentar aumentar uma fatia dos recursos de ICMS. Em Cabo Frio, isso vai significar mais R$ 6 milhões, até o fim deste ano. Apesar de estar secretário de Estado, Serginho não a articulação como deputado, jogando nas duas posições. E disse mais, que apesar de ser adversário político de José Bonifácio (PDT) – com quem concorreu ao cargo de prefeito nas últimas eleições – fez questão destacar que não fez distinção e entende “que o povo é quem vai sair beneficiado”.

SERVIDORES NA CÂMARA

Mais uma vez, os servidores da educação de Araruama ocuparam o Plenário Thiophyla Soares de Bragança na sessão da Câmara desta terça-feira (14). É a 8ª vez seguida que a manifestação é realizada com a mesma reivindicação: transparência sobre recursos do Fundeb. O novo ato é realizado um dia após as contas da prefeita, Lívia Bello (PP), terem sido aprovadas pelo TCE. Os manifestantes, no entanto, tiveram uma surpresa hoje: a Casa limitou o acesso dos professores à sessão – com justificativa de evitar aglomeração, e eles denunciaram como tentativa de impedir o grupo, que vem crescendo, a cada semana, de preencher espaços na câmara e aumentar a pressão. O curioso é que governo e base insistem em desqualificar professores e o único vereador que tem coragem de defender a classe, que é Elói Ramalho (PSD). Mas já houve uma mudança (ainda que pequena) quanto a isso. A vereadora Penha Bernades (MDB), que é professora, mas não tinha aberto a boca ainda para defender a classe, deu razão a Elói, (pelo menos no que diz respeito a ele ter sido chamado de palhaço), e disse que ele pode contar com ela.

ELÓI NO #15MINUTOSNORC

Ainda sobre o imbróglio na câmara araruamense, vale destacar que Elói foi até chamado de palhaço por comprar a briga dos professores. O vereador destacou que não se sentiu ofendido com o título, pois palhaço leva alegria às pessoas. Deixou claro que não vai recuar nas críticas e no posicinamento, ou seja, as tentativas de tentar desmobilizar o parlamentar estão tendo efeito contrário. Aliás, a turma da prefeita Lívia Bello (PP) disse ainda que o vereador é da turma de Caxias, mas Elói disse que tem muito orgulho em ter como líder político dele Washington Reis (MDB) e fez questão de dizer que o governo do prefeito caxiense é melhor que o de Lívia. A propósito, Elói é nosso convidado do #15MinutosNoRC desta quarta-feira (15), para falar sobre o que o levou a fazer oposição e os próximos passos dele na Câmara, além, é claro, dos ataques que têm sofrido por partidários do governo. O bate-papo é imperdível e você pode conferir, ao vivo, na fanpage do Portal RC24h com transmissão para a Rádio costa do Sol FM, a partir das 15h.

13º SAI NESTA QUARTA EM IGUABA

Em Iguaba Grande, expectativa enorme no comércio para as vendas de Natal e Ano Novo, que devem ser aquecidas a partir desta quarta-feira (15), quando o 13º salário dos servidores será liberado. O prefeito Vantoil Martins (CID) mandou efetuar o pagamento, na íntegra, nesta quarta. Serão cerca de R$ 4 milhões injetados na economia local.

BATE-PAPO COM PAULO RITO

Ainda de Iguaba Grande, o vereador Paulo Rito (CID) tem sido muito elogiado e até procurado por vereadores de outros municípios que querem saber mais sobre o projeto de lei – que agora é lei – de autoria do parlamentar iguabense, que proíbe a cobrança de sacolas descartáveis para embalagem e transporte de mercadorias. Mas Rito lembra que o ideal é aderir às sacolas do tipo reutilizáveis. “Temos que ter em mente a questão ambiental, mas quando não for possível (levar a reutilizável) aí sim, se utiliza a sacola plástica”, disse. Paulo Rito vai falar sobre esses e outros assuntos na próxima quinta-feira (16), quando será o entrevistado do 15MinutosNoRC, a partir das 15h, com transmissão nas fanpages do Portal RC24h e Rádio Costa do Sol FM.

PLANO VERÃO EM PAUTA

O prefeito de Arraial do Cabo, Marcelo Magno (PL), se reuniu nesta terça-feira (14), com o presidente da Prolagos, Pedro Freitas, e sua equipe técnica, com o objetivo de discutir o plano verão da concessionária para o município e as ações que foram e estão sendo implementadas pela empresa. Na reunião, o prefeito destacou a importância das ações conjuntas para amenizar os impactos do período, principalmente para os cabistas. Entre as preocupações do prefeito, amenizar o impacto do aumento do consumo de água na alta temporada e outras possíveis dificuldades causadas no período que a cidade mais recebe turistas. A Prolagos detalhou investimentos no sistema de água como reforço na Estação de Tratamento de Água (ETA), localizada junto a Lagoa de Juturnaíba e implantação de estações de bombeamento para reforço do abastecimento de partes mais altas. Participaram da reunião, o secretário do Ambiente e Saneamento, Jorge Oliveira, o de Serviços Públicos, Henrique Vieira, e o chefe de Gabinete, Bernardo Alcântara.

VIOLÊNCIA NO CABO

Ainda em Arraial do Cabo, a escalada da violência tem assustado. Pelos prints ao lado vemos relatos de assaltos a mão armada na cidade. As redes sociais foram varridas do fim de semana para cá com diversos relatos nesse sentido. Pelo visto, nem mesmo o secretário de Segurança Pública ser do BOPE tem intimidado os criminosos no Cabo. A gente lembra um apelo feito pelo prefeito de Arraial, Marcelo Magno (PL), para aumento do efetivo na cidade. Afinal, como ele mesmo já disse, “se no Verão, o Rio se muda para a Região dos Lagos, nada mais justo que parte da polícia venha junto” para reforçar o deficiente policiamento nas cidades.

VOTAÇÃO DO AUMENTO FICOU PRA QUINTA (16)

Ainda sobre Arraial do Cabo, a votação na Câmara de Vereadores para autorizar o reajuste a servidores públicos do município a partir de 1º de janeiro de 2022, ficou para quinta-feira (16). O primeiro PL, de 15%, beneficia os estatutários. Outro, de 31,3%, é dirigido aos profissionais da Educação básica. Entramos em contato com o presidente da Casa, Shogum (PSL) para outras informações e também para confirmar a votação. Shogum respondeu apenas para olharmos no portal da Câmara, onde haveria todas as respostas, mas não havia publicação nenhuma. Voltamos a procurar Shogum, mas ele nos deixou no vácuo. Recorremos, então, à Comunicação de Arraial, com Ronnie Plácido que, de pronto respondeu que a votação será na próxima sessão.

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

Em Armação dos Búzios, o prefeito Alexandre Martins (REP) assinou, nesta segunda-feira (13), um termo de cooperação técnica com o Instituto de Terras e Cartografia do Estado do Rio de Janeiro (ITERJ), com objetivo de regularização fundiária. No final do processo os moradores dos bairros de Cem Braças, José Gonçalves, e as localidades do Cruzeiro e Cantinho do Céu, na Rasa, receberão títulos de propriedades. Segundo Alexandre “esse acordo técnico é muito importante, pois é um antigo sonho da população desses bairros”. Os trabalhos técnicos iniciam nesta quarta e quinta-feira (15 e 16). Participaram da reunião para assinatura do termo de cooperação técnica o secretário do Ambiente, Pesca e Urbanismo, Evanildo Nascimento, o subcoordenador de Habitação, Daniel Azevedo, a presidente do Iterj, Patrícia Damasceno, o deputado estadual Jorge Felipe Neto (PSD) – que é membro da Comissão de Assuntos Fundiários da Alerj – e o líder comunitário Samuel.

ESPÍRITO NATALINO

Uma última de Búzios, que não poderíamos deixar de comentar aqui, foi a presença da ex-vereadora Gladys Nunes, conhecida por protagonizar inúmeros episódios de denúncias contra o governo municipal (anterior e atual), na primeira Cantata de Natal do balneário. Na imagem, ela aparece ao lado do maridão Evandro de Oliveira, curtindo o evento na Rasa. Ah… o Natal né, gente? É o espírito natalino dando as caras e entrando nos corações mais duros, como o de Gladys, a implacável.

REAJUSTE APROVADO

Em São Pedro da Aldeia, a Câmara aprovou nesta terça-feira (14), por unanimidade, reposição salarial na ordem de 14,12% para os servidores municipais referente aos anos de 2020 e 2021. O projeto de lei, enviado pelo Executivo, vai agora à sanção do prefeito Fábio do Pastel (PL). Também foi aprovado Projeto de Lei do vereador Jean Pierre (PODE) que cria o centro de reabilitação para pacientes recuperados da COVID-19. A sessão desta terça foi presidida pelo vice-presidente da Casa, Franklin da Escolinha (CID), devido à ausência justificada em ofício de Denilson Guimarães (SDD).

NATAL NA ALDEIA

Enquanto isso, em São Pedro da Aldeia, as expectativas orbitam pela tradicional abertura do Natal nesta quarta-feira (15). O Papai Noel chega à cidade às 17h30, realizando um cortejo pelo Centro aldeense. Às 18h30, será realizada a abertura oficial da Casa do Papai Noel, com autoridades e convidados. O espaço será aberto ao público às 19h. A Prefeitura chegou a anunciar licitação com previsão de R$ 150 mil para investir na ornamentação natalina deste ano. O aguardo pelo resultado é dos maiores.

COMENTÁRIO DESNECESSÁRIO

Um comentário do presidente do PDT de São Pedro da Aldeia, Filipe Oliveira, nas redes sociais tem repercutido mal por aí. Em uma publicação que falava sobre o casamento de duas mulheres celebrado por uma pastora, o político foi além da homofobia implícita e disparou: “nem pastora existe na Bíblia”. Será que essa postura misógina-homofóbica combina com a linha progressista que o PDT tem? A gente questionou o comentário “esquisito” do camarada que negou ser homofóbico com a frase clássica: “Não sou homofóbico, tenho até amigos LGBTQ”. Oi??? Parece aqueles racistas que dizem “não sou racista, tenho até um amigo preto”. Acho que o PDT precisa dar umas capacitações para suas lideranças. Só acho.

MOEDA SOCIAL EM NITERÓI

E, como já é de notório saber, não é só nos transportes públicos que Maricá é referência. Nesta segunda-feira (13), o prefeito maricaense, Fabiano Horta (PT), e o vice-prefeito, Diego Zeidan (PT), compareceram à cerimônia de lançamento da moeda social de Niterói, a Arariboia. A iniciativa é inspirada no modelo da Moeda Mumbuca de Maricá, parte do programa de Renda Básica de Cidadania (RBC) e referência em transferência de renda. Durante o evento, foram destacados os avanços integrados de Niterói e Maricá, que transformam a realidade da população mais vulnerável, estimulam a economia local e inspiram iniciativas em outras cidades do país. A moeda social também foi replicada em Cabo Frio e está em curso para ser implantada em Iguaba Grande. Em ambos os casos, a Prefeitura de Maricá forneceu certa consultoria.

TÁ TRANQUILO, TÁ FAVORÁVEL

Em Saquarema, a terça-feira (14) foi de notícia boa para a prefeita, Manoela Peres (DEM). O TCE emitiu parecer favorável e a Câmara aprovou as contas da gestão de 2020. Em post nas redes sociais, Manoela comemorou e lembrou que é o quarto ano consecutivo que as contas recebem o parecer favorável pelo Tribunal de Contas do Estado. “Isso é resultado de um trabalho feito com transparência, responsabilidade, planejamento e, principalmente, respeito ao cidadão saquaremense”, afirmou Manoela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui