BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA QUINTA-FEIRA (19)

Aquiles Barreto e Comte Bittencourt lançam pré-candidaturas em Iguaba; Vantoil Martins anuncia aporte de meio milhão em cooperativa de crédito; Vereadores criticam quantidade de vetos de José Bonifácio; Dr Serginho entusiasmado com aprovação de PL; Marcelo Magno inaugura escola cívico-militar e TCE suspende concorrência pública da Prefeitura; Câmara de Búzios aprova contas 2020 de André Granado e Henrique Gomes; Blogueiro de São Pedro da Aldeia vai ficar sem legenda; Lívia de Chiquinho promete live sobre situação do Hospital de São Vicente... E muito mais!

1143

AQUILES E COMTE LANÇAM PRÉ-CANDIDATURAS EM IGUABA

A coluna Boca Miúda desta quinta-feira (19) começa por Iguaba Grande, que nesta noite recebe o lançamento das pré-candidaturas de Aquiles Barreto (PSD), a deputado federal, e de Comte Bittencourt (CID), a deputado estadual. O evento foi organizado pelo vereador Paulo Rito (CID), no colégio Genária Viana. A dupla foi prestigiada num evento que, apesar do frio e da chuva, lotou de apoiadores e lideranças. Confira os registros:

__________________

CONSCIÊNCIA DO VOTO E ESPÍRITO PÚBLICO

Em seu discurso, Aquiles Barreto também destacou a importância de ter a consciência na hora de votar e já avisou que não vai ser candidato a prefeito de Cabo Frio em 2024. “Quero ser um deputado federal de verdade. Não serei candidato a prefeito de Cabo Frio em 2024, porque a nossa cidade depende de uma grande articulação política. Não podemos ter um deputado que puxe a brasa apenas para a sua sardinha, precisamos olhar a região como um todo. A gente precisa um deputado que faça essa articulação”, disparou. Comte destacou que é primordial um político com espírito público e exemplificou o prefeito de Iguaba como exemplo. “A conversa com Vantoil já me conquistou desde o início, pela simplicidade, pelo gesto carinhoso, pela forma de se apresentar. Ali já se apresentava alguém com espírito público, que é o que falta muito nesse país”, disse Comte.

APORTE DE MEIO MILHÃO

Continuando em Iguaba, antes do evento político, Vantoil Martins, Comte Bittencourt, secretários e quase todos os vereadores (à exceção do presidente do legislativo, Balliester Werneck) participaram da inauguração da agência do Sicoob – Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil, a 22ª no estado do RJ, localizada na estrada do Sopotó. Ao lado do diretor-presidente do Sicoob Fluminense, Neilton Ribeiro, Vantoil anunciou um aporte financeiro de R$ 500.000,00 na instituição como boas-vindas para demonstrar como acredita e aposta na cooperativa de créditos por garantir que os recursos investidos permaneçam na cidade. Foi aplaudido por todos agência, que estava lotada de autoridades. Ribeiro enfatizou a grande receptividade da Prefeitura, Câmara de Vereadores e comunidade em geral para a implantação da agência. “Queremos ser parceiros da população de Iguaba Grande, gerando antes de tudo desenvolvimento para a cidade, com a circulação dos recursos na própria região. Onde se tem vontade e trabalho o crescimento é possível”.

CANETA NERVOSA DE ZÉ

Os vetos do prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio (PDT), aos projetos de lei aprovados pelos vereadores está perturbando a relação entre o Executivo e o Legislativo. Foram 56 vetos analisados pela Casa em apenas quatro sessões. Nesta quinta-feira (19), os vereadores voltaram a criticar o alcaide pela postura. Mesmo sendo da base governista, o vereador Thiago Vasconcelos (Avante) pediu respeito do veterano ao parlamento. O presidente da Casa, Miguel Alencar (UNIÃO) também se posicionou e disse que acionaria a Procuradoria da Câmara para buscar, junto ao município, uma solução para o problema. Os vereadores Léo Mendes (DC), presidente da CCJ, foi outro a fazer coro ao apelo.

BATALHA NO MANOEL CORRÊA

Ainda sobre a Câmara, os vereadores aprovaram nesta quinta (19) um requerimento do edil e pré-candidato a deputado federal Davi Souza (PDT). O documento solicita envio de expediente a secretaria de Estado de Polícia Militar pedindo informações sobre o ocorrido na batalha de rap no bairro Manoel Corrêa, no dia 5 de maio. Inclusive, uma nova edição da batalha vai acontecer na noite desta quinta-feira.

ENTUSIASMADO COM APROVAÇÃO

O deputado cabo-friense Dr Serginho (PL) está para lá de entusiasmado. Nesta quinta-feira (19), conversando com a coluna, ele falou do Projeto de Lei que conseguiu emplacar, que vai acabar com a exigência de vistoria nos carros com GNV toda vez que o veículo for vendido. A entender, atualmente a vistoria em carros a GNV tem prazo de 1 ano e se vender, tem que fazer vistoria de novo. E para quem depende do veículo para trabalhar – como motorista de aplicativo – e as pessoas de baixa renda, isso está ficando cada vez mais difícil. “A vistoria deve ficar atrelada à segurança do veículo e não a sua venda”, disse Serginho. E o entusiasmo do parlamentar também tem outro motivo. Contou que conseguiu viabilizar um repasse de R$ 2 milhões destinados à compra de equipamentos para o Hospital Universitário Reitor Hésio Cordeiro. Ainda sobre Serginho, o pré-candidato à recondução na Alerj promete um grande evento para o lançamento de sua campanha, marcado para 10 de junho.

INAUGUROU ESCOLA CÍVICO-MILITAR E ANUNCIOU OUTRAS

Em Arraial do Cabo, o prefeito Marcelo Magno (PL) inaugurou, nesta quinta-feira (19), a a implementação do Programa das Escolas Cívico-Militares, no CIEP 147 Municipalizado Cecílio Barros Pessoa. O evento contou com a presença dos alunos e profissionais da unidade escolar e também de autoridades do município, do Estado e de Brasília. O CIEP ficou em 1º lugar no Pecim (Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares), tendo a melhor nota entre as 73 escolas do país cadastradas para participarem do programa. No evento, Marcelo anunciou a implantação de mais uma unidade nos distritos. “Todo esse trabalho é para vocês alunos. Daqui tantos anos eu posso não estar aqui, mas quero ter certeza de que deixamos um legado. Além de mais uma escola cívico-militar nos distritos, nós vamos construir mais outras quatro dentro do nosso município”, disse o prefeito cabista.

CONCORRÊNCIA PÚBLICA SUSPENSA

Ainda sobre Arraial, nesta quarta (18), o conselheiro do TCE-RJ, Christiano Lacerda Ghuerren, em decisão monocrática, suspendeu a concorrência pública para contratação de agência de publicidade no valor de R$ 1.066.820,00. O pedido pela suspensão foi feito pela Secretaria Geral de Controle Externo do TCE-RJ, alegando “potencial dano ao erário”. Na decisão, o Tribunal de Contas deu dez dias para que o prefeito Marcelo Magno adote medidas para que o site oficial da Prefeitura não exija cadastro prévio de nenhum interessado em participar ou obter informações acerca dos certames licitatórios. “Considerando que a exigência de cadastro e identificação prévia para a obtenção de Edital, além de afrontar a Lei de Acesso a Informação, permite o controle e conhecimento prévio dos potenciais interessados e futuros licitantes, o que pode possibilitar o conluio ou restrição à competição”.

CONTAS APROVADAS

A Câmara de Búzios aprovou, nesta quinta-feira (19), as contas da Prefeitura, referente ao exercício de 2020, sob gestão dos prefeitos André Granado (de 1º de janeiro a 20 de outubro) – que chegou a ser afastado do cargo umas 15 vezes por ter sido condenado por improbidade administrativa – e Henrique Gomes (de 21 de outubro a 31 de dezembro). A aprovação por unanimidade rejeitou o parecer do TCE, que era contrário às contas. Quem diria, hein?

EVENTO EM SÃO PAULO

A secretária do Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda de Búzios, Joice Costa, participou do XXII Encontro Regional do Congemas, em Atibaia (SP). O evento foi realizado nesta terça e quarta-feiras (17 e 18), e a comitiva buziana contava ainda com a coordenadora de Inclusão Social e Acessibilidade, Pâmela Mônaco e as assistentes socias Iracema Barrozo e Simone Martins. O tema do evento foi “O futuro da Assistência Social no Brasil: Compromissos dos governos na superação da fome e das desproteções sociais”. O encontro teve como objetivo mostrar os desafios na gestão pública municipal, principalmente no contexto da Covid-19, e as situações de desproteção social enfrentadas pelas gestões municipais de Assistência Social para garantir direitos da população em vulnerabilidade.

O COMEÇO DE UM SONHO… DEU TUDO ERRADO

Aparentemente, não será dessa vez que o blogueiro recém-condenado na Lei Maria da Penha Carlos Vitor “Macega”, de São Pedro da Aldeia, vai se lançar na política. É que o pré-candidato a deputado estadual, a qualquer momento, pode ficar sem legenda. O presidente estadual do PT, partido ao qual Macega está filiado, Joãozinho Maurício, fez questão de procurar a coluna na manhã desta quinta-feira (19) para dizer que não vai ter legenda para o valentão da Aldeia no partido. De fato, seria bem incoerente para a imagem que o PT gosta de passar, de partido progressista, dar palanque para um condenado por agredir a companheira, com discurso homofóbico e que já fez, em conversas nas redes sociais, até acenos ao ex-führer alemão Adolf Hitler.

PROMETEU LIVE

A situação da mudança de funcionamento do Hospital de São Vicente, em Araruama, promete continuar dando pano para manga. Conforme você leu aqui, a prefeita, Lívia de Chiquinho (PP), não mandou representante, nem compareceu a reunião convocada pela população vicentina para falar das alterações. A alcaide anunciou que falará em live sobre o projeto para o hospital. Como é de praxe para Lívia, não é de se espantar que ela prefira comentar o assunto em ambiente controlado, sem confronto para que possa falar sem dar voz ao contraditório. Nada novo sob o céu do feudo chiquiniano.

ORÇAMENTO 2023: R$ 93,3 BI

O Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2023 (PL 5.807/22) foi discutido pelos deputados da Alerj, nesta quinta-feira (19). A proposta prevê receita líquida de R$ 93,35 bilhões e despesas no mesmo valor para 2023, ou seja, um orçamento sem déficit para o próximo ano. Agora, os deputados terão cinco dias úteis para propor emendas ao texto original. Com relação às despesas de 2023, estão previstos R$ 59 bilhões de gasto com pessoal e encargos sociais e R$ 3,2 bilhões para juros e encargos de dívidas. A taxa de crescimento real do PIB, em 2023, foi estimada em 1,50%. A projeção das receitas considerou como base o índice de variação de preços medido pelo IPCA, estimado em 3,51%. O ICMS, principal tributo estadual, tem previsão de R$ 49,9 bilhões. A título de comparação, a arrecadação de ICMS em 2020 foi de R$ 38,2 bi e em 2021 de R$ 47 bilhões. Já a receita dos royalties e participação especial foi estimada em R$ 32,3 bilhões. O Governo do Estado espera contar com R$ 4,1 bilhões para investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui