BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA QUINTA-FEIRA (17)

Dr Serginho vai com tudo para Petrópolis e se junta ao governador e ao ministro da saúde; Câmaras solidárias na Região dos Lagos; Vantoil Martins visita pontos de arrecadação de donativos; Defesa Civil de Búzios e Iguaba seguem para Petrópolis; Fábio do Pastel convoca população a ajudar; Alerj doa R$ 30 milhões em apoio às vítimas; Câmara cabo-friense aprova reajuste de servidores; Marcelo Magno põe tapa-buraco em distrito; Sessão da Câmara de Araruama agitadíssima... E muito mais!

975

PETRÓPOLIS É A PAUTA

A coluna Boca Miúda desta quinta-feira (17) começa novamente pela tragédia da serra. Isso porque a Região dos Lagos tem vivido dias de solidariedade e apoio à população de Petrópolis, e algumas autoridades daqui estão bastante envolvidas com essa fase inicial dos primeiros socorros. Um deles é o deputado licenciado e secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Dr Serginho. Na última terça (15), dia da tragédia, ele estava no Fórum de Prefeitos, em Barra Mansa, quando chegou a notícia. Ele e outros seis secretários se dirigiram de imediato para a Cidade Imperial e acompanharam o governador Cláudio Castro (PL) nas primeiras visitas aos locais destruídos pelas enchentes. Serginho logo teve que voltar porque não havia como ficar por lá naquele momento. Nesse ínterim, articulou como se daria a arrecadação de donativos e a logística da entrega por meio da Faetec (que colocou todas as unidades como ponto de arrecadação), e subiu serra de novo na quarta (16), quando teve outra reunião com o gabinete de crise instituído pelo governador. E nesta quinta-feira (17), lá estava Dr Serginho novamente e quem se uniu a esse grupo foi o ministro Marcelo Queiroga.

________________

EM COMBOIO

Nesta quinta-feira (17), Dr Serginho, o governador Cláudio Castro e o ministro Queiroga percorreram os bairros mais atingidos pela tragédia. Queiroga, inclusive, segundo o secretário, também está mobilizando protetores de animais da região que possam se juntar ao voluntariado. “Tem muito animal perdido, abandonado”, disse. Por telefone, ele conversou com a coluna – após várias tentativas, visto que o sinal de celular e de internet está difícil por lá. Contou que ainda nesta quinta (17) vem a Cabo Frio para buscar várias doações de grandes empresários da cidade e organizar tudo. Essas doações daqui da cidade seguem em caminhão até a rodovia Washington Luiz (que leva à serra de Petrópolis). Lá, vão se encontrar com os outros caminhões de donativos recebidos pelas Faetecs e seguem em comboio para o município petropolitano.

CENÁRIO TRISTE, MAS COM MUITOS VOLUNTÁRIOS DISPOSTOS

Ainda na conversa por telefone, num tom de voz demonstrando bastante tristeza, Dr Serginho contou que presenciou muitas cenas que o deixaram baqueado. “Numa delas, vi um marido escavando com as mãos no local onde estava a esposa soterrada, parecia um cenário de guerra, muito triste”. Por outro lado, a vontade de ajudar às famílias destruídas pela tragédia era na mesma proporção: gigantesca. “Eu estava numa escola, que é ponto de arrecadação, quando chegaram uns 100 motoboys voluntários para ajudar a levar os mantimentos aos desabrigados, achei muito legal. Chegou num ponto que falamos para eles pararem um pouco, descansar, comer, mas ninguém quis parar”, contou Serginho.

CÂMARAS SOLIDÁRIAS

Em Cabo Frio, a Câmara dos Vereadores teve um minuto de silêncio na sessão desta quinta-feira (17). Por iniciativa da Mesa Diretora, a sede do Legislativo está recebendo itens que serão doados às famílias atingidas pela forte chuva em Petrópolis. Os cidadãos podem colaborar com alimentos não-perecíveis, materiais de higiene, água, roupas e cobertores. As doações podem ser feitas de 9h às 16h, na sede da Câmara Municipal que fica na Av. Assunção, nº 760, no Bairro São Bento. Em Araruama, a vereadora Valéria Amaral (PSD) anunciou que vai abrir o gabinete dela para doações também. Disse, inclusive, que falou com uma vereadora de Petrópolis do PSD, Gilda Beatriz, e está em contato com ela. A parlamentar informou ainda que vai fazer um ofício para que a Câmara de Araruama se junte a essa campanha. O vereador Sérgio Murilo (REP) disse que quer se juntar à Valéria.

SOLIDARIEDADE IGUABENSE

De olho nas mobilizações de doações do município para Petrópolis, o prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins (CID), passou parte desta quinta-feira (17) empenhando em visitar os pontos de recolhimento de donativos para as vítimas da tragédia petropolitana. Vantoil verificou a quantidade de doações já realizadas, fez ali uma doação própria durante a manhã e reforçou aos cidadãos a importância de todos ajudarem. De tarde, Vantoil comentou animado que “a campanha está um sucesso”, disse ele. E nesta sexta-feira (18), equipe da Defesa Civil de Iguaba vai se juntar aos demais grupos de trabalho na serra. A palavra do momento é solidariedade.

CONVOCOU POPULAÇÃO

Em São Pedro da Aldeia, o prefeito Fábio do Pastel (PL), tá cheio de expediente interno, nos últimos dias teve reuniões com secretários e vereadores, mas ontem conseguiu para e reforçar a campanha que a cidade está fazendo para arrecadar donativos para Petrópolis. “Estamos todos sensibilizados com o que está acontecendo em Petrópolis. Vim aqui pedir para vocês ajudarem essas famílias, com pasta de dente, roupa, alimentos, itens de higiene pessoal. Fica aqui meu pedido, é dever nosso amar ao próximo. Temos uma tenda da Defesa Civil no Centro e diversos outros pontos de recolhimento pela nossa cidade. Toda a prefeitura está apoiando essa ação tão importante”, disse o prefeito.

AUXÍLIO DE BÚZIOS

Uma equipe de voluntários da Prefeitura de Búzios formada pela Guarda Ambiental, Defesa Civil e Guarda Vidas seguiu, na madrugada desta quinta-feira (17), para a cidade de Petrópolis, para ajudar nos trabalhos de ajuda humanitária. Com a tragédia, vários estados e cidades do Brasil estão unindo forças e se mobilizando para arrecadar donativos para as vítimas das fortes chuvas que atingiram o local. A força-tarefa de Búzios, representando a cidade em nome do prefeito Alexandre Martins (REP), ficará até a noite de sexta (18) em Petrópolis oferecendo todo o trabalho voluntário aos órgãos competentes e retornará da segunda-feira (21) para realizar a entrega das doações recebidas pela população. Água mineral, alimentos, produtos de higiene, colchões, roupas e calçados poderão ser entregues nos pontos de arrecadação: Espaço Cultural Zanine, Secretaria de Desenvolvimento Social Trabalho e Renda, Subprefeitura da Rasa, Posto de Atendimento Avançado na Cem Braças (PAP), igrejas e escolas.

DOAÇÃO DA ALERJ

A Alerj vai doar R$ 30 milhões economizados do próprio Orçamento em apoio às vítimas das fortes chuvas que atingiram Petrópolis, na Região Serrana, na noite da última terça-feira (15), provocando a morte de mais de 100 pessoas, de acordo com a última atualização do Corpo de Bombeiros. A doação foi autorizada por meio da Lei sancionada pelo governador Cláudio Castro (PL) e publicada no Diário Oficial do Executivo desta quinta (17). A lei é de autoria original do presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), que abriu coautoria a todos os deputados da Casa. A votação do projeto em plenário ocorreu, em caráter emergencial, após ser acordada entre os parlamentares no Colégio de Líderes que antecedeu a sessão plenária. Os R$ 30 milhões serão repassados do Fundo Especial da Alerj para o município de Petrópolis. “O estado já disponibilizou equipamentos, caminhões, máquinas, colchonetes, cesta básica e precisamos agora de um recurso emergencial para ajudar a prefeitura de Petrópolis. Convocamos, então, o Colégio de Líderes, aprovamos a votação e o governo já sancionou. Estive em Petrópolis na terça e o cenário é, infelizmente, de caos”, comentou Ceciliano.

CONLESTE PRESENTE

O presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense (Conleste), Marcelo Delaroli (PL) – à dir., está mobilizando os 17 municípios consorciados, nesta quarta-feira (16), em uma ação solidária para arrecadar donativos que serão destinados às vítimas das fortes chuvas que atingiram a cidade de Petrópolis. Intitulada de SOS PETRÓPOLIS, a ação visa arrecadar doações de água mineral, alimentos não perecíveis, materiais de limpeza e itens de higiene pessoal. Inicialmente, a sede do Conleste é o principal ponto de arrecadação, que fica na Rua Promotor Ciro Olímpio da Mata, 37, no Centro de Itaboraí. Em breve, serão disponibilizados mais pontos em todos os 17 municípios consorciados. “Petrópolis está precisando da nossa ajuda. Como prefeito, estava pronto para fazer uma campanha de arrecadação por Itaboraí, mas como presidente do Conleste entendo que o consórcio, por contar com 17 municípios, tem muito mais força e alcance para arrecadar ainda mais mantimentos que atendam a necessidade do povo de Petrópolis”, destacou o presidente do consórcio e prefeito de Itaboraí.

REAJUSTE APROVADO

A Câmara de Cabo Frio aprovou, em sessão extraordinária realizada nesta quinta-feira (17), o Projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo a conceder reajuste de remuneração aos servidores municipais da Administração Pública Direta e Indireta. O documento retornou da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) com parecer favorável. Os valores do reajuste são de 13,18% sobre o vencimento básico dos servidores ocupantes de cargos de provimento efetivo e de 10,18% sobre o valor da remuneração das funções gratificadas, cargos de provimento em comissão instituídos em lei e aos contratados por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público.

LEGISLATIVO DA PENÍNSULA

Na Câmara de Armação dos Búzios, a sessão legislativa desta quinta-feira (17) teve a aprovação de dois projetos. O primeiro, de autoria de Niltinho de Beloca (PROS), institui o dia 25 de maio como Dia Municipal das Comunidades Tradicionais de Armação dos Búzios. Também foi aprovado, em primeiro turno, o Projeto de Lei Complementar que trata de autorização, em caráter provisório, da atividade de estacionamento e guarda de veículos na Zona de Conservação da Vida Silvestre – ZCVS. Um dos locais a serem contemplados com a lei é a Praia da Tartaruga. De iniciativa do Poder Executivo, a matéria ainda deverá ser votada em segundo turno. Como o prazo para votação em segundo turno, conforme a Lei Orgânica Municipal, é de 48 horas, deve ser votado na terça (22).

MAIS UMA PRIMAVERA

Voltando a Iguaba, a coluna não poderia deixar de celebrar mais um ano novo do vereador Paulo Rito (CID), que “cinquentou” nesta quinta-feira (17). “Turbinado e com vontade de viver mais 50”, disse ele em seu perfil, que ficou recheado de mensagens de amigos, familiares e autoridades. Daqui, do Portal RC24h, desejamos muita saúde e prosperidade ao parlamentar. Parabéns!

NOS DISTRITOS

Em Arraial do Cabo, tem coisa que só o prefeito Marcelo Magno (PL) consegue arrancar do governador Claudio Castro, como por exemplo, uma operação tapa-buraco no distrito de Figueira, nesta quinta-feira (17), aproveitando a rápida estiagem, visto que na região dos distritos a coisa ficou feia na semana passada, com muitos acessos intransitáveis e moradores ilhados. A lembrar, Marcelo disse em entrevista ao Portal, no fim do ano passado, que 2022 seria o ano dos distritos. Os investimentos por lá estão estimados em até R$ 80 milhões, para pavimentação, drenagem e demais melhorias que, pelo visto, já começaram. “Pegamos um governo sem transição, numa cidade com problemas de mais de 30 anos, não é da noite para o dia que vamos resolver tudo”, comentou ele na ocasião.

DEPUTADO NO CABO

Em um dia tranquilo no Arraial do Cabo, o deputado federal Luiz Antônio Corrêa (PL) foi homenageado na sessão da Câmara Municipal desta quinta-feira (17). Das mãos do vereador Ayron Freixo (REP), o pai do deputado estadual André Corrêa (DEM), recebeu o título de Cidadão Cabista.

ONDE O FILHO CHORA E A MÃE NÃO VÊ

A sessão da Câmara de Araruama desta quinta-feira (17) foi das mais agitadas por conta da animosidade provocada, em parte, pelo vereador Oliveira da Guarda (MDB) e a namorada, Penha Bernardes (PL). O casal fez duras críticas à gestão da prefeita Lívia Bello (PP) em relação a saúde e, principalmente, ao marido dela, o ex-prefeito Chiquinho da Educação. Batendo na tecla da Saúde os dois detonaram a ausência de cirurgias eletivas no município, com longas filas de espera e que acabam sendo realizadas em outras cidades, como Belford Roxo, governada por Waguinho (UNIÃO). Vamos por partes. Temos que pontuar aqui que Penha e Oliveira são cabos eleitorais da deputada federal Daniela do Waguinho (MDB) e do estadual Márcio Canella (MDB). Waguinho, por sua vez, é cotado para ser vice de Cláudio Castro (PL) na chapa em que o governador deve lançar para tentar a reeleição no fim do ano. Feito o parentese, vamos de volta a confusão. Penha chegou a dizer na sessão que não ia ficar aplaudindo “paredinha pintada” enquanto tinha gente morrendo na cidade. Alguns vereadores, como Valéria Amaral (PSD), por exemplo, defenderam que o certo era ver uma força-tarefa para cobrar das entidades federais, estaduais e municipais sobre os recursos da saúde, mais transparência de para onde estão sendo destinados a verba e otimizar a área no município. Em Araruama, o portal da transparência na Saúde não é atualizado desde 2019. É outro ponto, mas a lamentação que é compartilhada por vereadores é de que a briga entre Penha e Oliveira e Chiquinho da Educação, que é pré-candidato a deputado estadual, é meramente política e acaba tirando um pouco do valor do que realmente está em jogo, que é a vida da população, prejudicada pelas segundas intenções na confusão.

O ÁUDIO DA DISCÓRDIA

O que fomentou o episódio ocorrido na sessão desta quinta foi um áudio enviado por Chiquinho da Educação aos vereadores que pegou muito mal. Principalmente, para Penha e Oliveira. É que o primeiro-cavalheiro que, vale lembrar, não ocupa nenhum cargo público oficialmente e, por tanto, sequer é autoridade, mandou que os vereadores dissessem que a responsabilidade sobre segurança e afins era do Estado. Indo contra, de certa forma, aos candidatos apoiados por Penha e Oliveira. Apesar do fundo político dos discursos dos edis, vale ressaltar da natureza do relacionamento de Chiquinho com os vereadores. Afinal, se a prefeita é Lívia Bello, por que o marido dela que se comunica com o parlamento? Como já é de notório saber, os vereadores sequer têm o número da prefeita araruamense. Dirigindo-se ao líder do Governo e irmão de Penha, Luiz do Táxi (PL), Oliveira disparou: “respeite seu mandato, você não está aqui para servir Chiquinho. Está aqui para servir ao povo”.

DENÚNCIA CONTRA OS EDIS

Penha e Oliveira começaram a discussão falando sobre uma denúncia feita no Ministério Público que foi deflagrada por uma página do município, que Oliveira afirma ter sido contratada por Chiquinho para fazer propaganda negativa dos edis. Oliveira disse que Chiquinho sequer pode ser candidato a deputado, relembrando ainda a lista da Procuradoria Geral Estadual que coloca Francisco Ribeiro como um dos maiores devedores de todo o estado do Rio de Janeiro, com um saldo negativo que ultrapassa R$3 milhões em impostos. Nesse sentido, Oliveira chegou a dizer para ele devolver o dinheiro e depois vir falar alguma coisa. Na sessão anterior, na terça (15), Oliveira já tinha sinalizado que o novo partido União Brasil, caso faça um bom trabalho, poderia até lançar candidatura para Prefeitura em Araruama em 2024. Discussões como a da última sessão só fomentam a ideia de que pode estar ele próprio se oferecendo para ser a voz da oposição na corrida contra a sucessora de Lívia. Fato é que, em Araruama, de Praia Seca a São Vicente, passando pela Praça do Blindex, não se fala de outra coisa quando o assunto é política.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui