InícioBoca MiúdaBOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA QUARTA-FEIRA...

BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA QUARTA-FEIRA (8)

Vantoil acelera discussão de Moeda Social em Iguaba; Zé Bonifácio cai no jongo no 7 de setembro; Carreata por Glaidson supera a de Bolsonaro em Cabo Frio; Alexandre recebe jovem deputado no feriadão; Marcelo Magno elogia segurança pública municipal; Renatinho procurado pela Interpol? Pastel vai para as ruas por Bolsonaro e vereador pedetista aldeense também; Chiquinho da Educação alfineta manifestações pelo presidente... E muito mais!

MOEDA SOCIAL

Em Iguaba Grande, o prefeito Vantoil Martins (CID) começou a quarta-feira (8) pós-feriadão focado, principalmente, na moeda social na cidade. Ele se reuniu com os secretários de Planejamento e Gestão de Projetos, Eron Bezerra, e de Assistência Social, Trabalho e Renda, Cláudia de Souza, para discutir a construção do Projeto de Lei de criação do benefício. Vantoil e Eron, inclusive, foram a Maricá, mês passado, para conhecer de perto como funciona a Mumbuca, moeda social maricaense. A de Iguaba ainda não tem sugestão de nome. Mas fato é que os trabalhos estão avançados nesse sentido e, segundo a previsão de Eron é que cerca de 2 mil iguabenses em vulnerabilidade social sejam atendidos num primeiro momento. “A previsão é de que até o final do ano comecemos a fazer a distribuição desses cartões”, destacou. Nesta quinta (9), uma equipe da prefeitura de Iguaba vai para Niterói realizar um treinamento sobre como trabalhar a moeda social.

FOI CARPIR UM MATO

Ainda de Iguaba Grande, a Prefeitura está preparando um terreno (próprio) que estava sem uso para abrigar a equipe da marcenaria municipal. Unindo o útil ao agradável, o local vai ter um laguinho construído com materiais recicláveis, para criação de carpas, um canteiro com espécies nativas, além de uma mini-horta com hortaliças. O terreno, que ficou inutilizado por longo tempo, já vinha sendo motivo de reclamação dos moradores daquele local, que sempre pediam que se fizesse alguma coisa ali. Segundo a secretária de Turismo, Carla Valle, o objetivo é embelezar o lugar. “Resolvemos proporcionar um espaço mais agradável para os moradores, podendo abrir para visitação e utilizar também no turismo rural. Espero que seja bem aproveitado pela população e futuramente usado para projetos de outras secretarias”, disse. Já o secretário de Planejamento e Gestão de Projetos, Eron Bezerra, esteve lá na manhã desta quarta (8), juntamente com o vereador Marcelo Durão (PL), para conferir o início dos trabalhos. E fez questão de explicar a um dos funcionários como deveria ser feita a limpeza e o trabalho naquele local. “Não adianta dar a rede, tem que ensinar a pescar”, declarou Eron, que não se intimidou nem um pouco com a enxada e logo pôs a mão na massa.

UM 7 DE SETEMBRO DIFERENTE

Em Cabo Frio, o 7 de setembro teve hasteamento de bandeira e hino nacional, na Praça Tiradentes, como manda o figurino, mas em seguida o que se viu foi um evento “leve”, com muita cultura e até roda de jongo com tambor de crioula. E quem não resistiu ao som dos atabaques foi o prefeito José Bonifácio (PDT). Ela já gosta, né?! No início, Zé ficou só nas palminhas, mas bastou um dos componentes do grupo chamá-lo à dança que, sem titubear, o prefeito se jogou na roda, com direito a cumprimento com o tradicional chapéu Panamá. Faltou pouco para alguém alcunhá-lo de “Zé Pelintra”. E pensa que Bonifácio iria se incomodar? Duvideodó, afinal, ele não liga para os preconceituosos nem maledicentes. Veja o vídeo de um trecho do evento:

‘SUPREMO É O POVO’

Continuando em Cabo Frio neste 7 de setembro, a carreata pró-Bolsonaro atraiu centenas de participantes que percorreram as principais avenidas da cidade. Destaque para o secretário estadual Dr Serginho, que puxava a manifestação do alto de um trio elétrico e a todo momento dizia que o protesto era por liberdade, e que “supremo” é o povo, não as autoridades, referindo-se ao STF de Alexandre de Moraes. “O valor da liberdade está em risco (…) Só existe um representante da direita no Brasil, que se chama Jair Messias Bolsonaro (…) autoridade é o povo, Supremo é o povo”, ressaltou Serginho no discurso. Dias antes desse evento, Dr Serginho já cantava a bola de que seria uma carreata histórica. Realmente foi um manifesto impactante e que levou muitos cabo-frienses às ruas. O evento só perdeu mesmo para a carreata de Glaidson, que aconteceu no mesmo dia.

FARAÓ SUPEROU BOLSONARO

Manifestantes realizaram uma grande carreata em apoio ao ‘Faraó dos Bitcoins’, Glaidson Acácio. O ato contou com a presença de centenas de veículos, no Feriado da Independência, (7), na orla da Praia do Forte, em Cabo Frio. Glaidson segue preso desde o dia 25 de agosto, investigado por suspeita de operar uma mega pirâmide financeira, segundo MP e PF. Mas apesar de tantas evidências do golpe em curso, o ex garçom consegue manter firme seus apoiadores. Para se ter uma ideia, o evento estava marcado para acontecer logo depois da carreata em apoio a Bolsonaro (sem partido), mas recebeu uma adesão muito maior que o presidente. As imagens acima mostram a quantidade de automóveis que parou o trânsito da cidade. Tamanha popularidade vem surpreendendo. Por isso, muita gente fala no nome de Glaidson para candidato a prefeito ou deputado. Julgando pela força de mobilização que ele tem, não estranhe se conseguir se eleger para qualquer cargo político, isso se a justiça permitir, é claro.

VISITA À PENÍNSULA

O deputado estadual Jorge Felippe Neto (PSD) voltou à Região dos Lagos neste domingo (6), para se encontrar com o prefeito de Armação dos Búzios, Alexandre Martins (REP). Nas redes sociais, o parlamentar publicou uma foto do encontro na península e disse que colocou seu mandato à disposição “para buscar ajuda do Governo do Estado e da Alerj para atender as demandas da população” de Búzios.

OBRAS NA ATIVA

A Prefeitura de Búzios, em parceria com o Governo do Estado, começou, nesta quarta-feira (8), a obra de recuperação e pavimentação do trecho da Avenida José Ribeiro Dantas que vai do bairro Cruzeiro a secretaria de Turismo (antigo Pórtico). No primeiro momento, será feita a drenagem do Cruzeiro à Faetec, no bairro Marina. A Prefeitura explica que o trânsito será desviado na altura da Faetec, passando pela via alternativa do Marina sentido Cruzeiro, e vice-versa. Todo o trajeto será orientado por guardas municipais e placas de sinalização. Inicialmente, as obras começariam na sexta (3), mas o prefeito, Alexandre Martins (REP), pediu ao Estado para adiar um pouco com a intenção de evitar transtornos no trânsito com o balneário cheio por conta do feriadão de 7 de setembro.

EVENTO CÍVICO

Em Arraial do Cabo, a Ordem Unida fez o tradicional desfile cívico de Independência nesta terça-feira (7). O evento, realizado na RJ-140, não teve público por conta da Pandemia de COVID-19, mas contou com a participação da Guarda Municipal, Defesa Civil, coordenadoria de Trânsito e da Guarda Mirim de Búzios. O prefeito Marcelo Magno (PL) acompanhou a cerimônia com os secretários de Segurança, Leandro Alex, e de Governo, Thiago Félix, além de vereadores, como o líder de Governo, Chuchu (PV), e outras autoridades municipais.

APROVADO PELO CHEFE

Por falar no prefeito de Arraial do Cabo, Marcelo Magno (PL), ele está satisfeitíssimo com o trabalho do secretário de Segurança, Leandro Alex. No feriadão, Leandro chegou a dormir todos os dias na sede da secretaria e esteve à frente de todas as operações que aconteceram no município no período. Segundo informações, Leandro foi pessoalmente, todas as madrugadas, a Praça do Cova, ponto crítico de Arraial para aglomerações e também fez incursões em alguns dos becos mais visados do município. Em um desses, na Prainha, de acordo com a Comunicação da Prefeitura, havia dois elementos armados e ao vê-los, Leandro e outros policiais atiraram contra os suspeitos e um deles acabou sendo baleado e internado no hospital. O elemento já tem passagem pela polícia. Apesar da situação, Leandro não se feriu e, no dia seguinte, participou da cerimônia cívica de 7 de setembro da Guarda Mirim, bem cedinho. Estava virado, inclusive, segundo nossas fontes. Prefeito gostou dessa postura proativa de Leandro, indo para as ruas combater a criminalidade, ao invés de ficar no gabinete dando ordens.

FAKE DE RENATINHO

Continuando em Arraial, mais uma fake espalhada na cidade, por meio de grupos de whatsapp, dava conta de que o ex-prefeito Renatinho Vianna estaria na lista de criminosos procurados pela Interpol. É fato que Renatinho está foragido e a justiça ainda não deferiu o habeas corpus – assim como continuam foragidos Márcio Croce (ex-secretário de Meio Ambiente) e André Cavalcanti (ex-chefe do Parque Estadual da Costa do Sol). Mas ele não é alvo da Interpol (pelo menos até o fechamento da coluna, não era). Outras informações falsas também foram espalhadas, dizendo que estaria sendo oferecida recompensa a quem entregasse “a cabeça” de Renatinho. Não procede.

FALTOU PRUDÊNCIA?

Em um momento que o prefeito de São Pedro da Aldeia, Fábio do Pastel (PL), já enfrenta um desgaste por conta da questão do transporte público no município, não haveria pior hora para que ele vinculasse à imagem dele a do presidente, Jair Bolsonaro (sem partido). Fábio participou de uma carreata pró-Bolsonaro em São Pedro nesta terça-feira (7). O presidente enfrenta um derretimento popular por inúmeras questões, com direito a pressão crescente por um impeachment. Um bom conselheiro político teria dito ao prefeito: “calma com a dor que o Santo é de barro. Vai devagar, não precisa ir agora”. De qualquer forma, está feito e Fábio optou por se abraçar com o presidente.

ATÉ TU, BRUTUS?

Outra liderança política de São Pedro da Aldeia que chamou a atenção nessas manifestações de terça foi o vereador Márcio Soares (PDT). Mesmo fazendo parte do partido progressista do presidenciável Ciro Gomes, Márcio disse que sempre foi Bolsonaro e fez questão de apoiá-lo nas redes sociais. Que que será que seu Otávio Rascão achou dessa?

ATENTOS NO JOGO

Diferente das lideranças aldeenses, quem tem muita sabedoria para colar e descolar quando vê que o barco não vai bem é o casal Chiquinho da Educação e Lívia Bello (PP), de Araruama. Nas eleições de 2018, eram bolsonaristas ferrenhos, já para o ano que vem, percebendo a irrefutável pauperização da população brasileira com aumento dos moradores de rua, inflação disparada, economia debilitada e consequente queda da popularidade de Bolsonaro, a postura é completamente diferente. A gente vê a habilidade deles de, como se diz no popular, “largar a alça do caixão na hora que o defunto está a caminho do sepultamento”. Basta ver o comentário do primeiro-cavalheiro araruamense nesta segunda-feira (8) para entender do que estamos falando.

NADANDO DE BRAÇADA

Até por isso, não é difícil de entender porque Araruama, data hoje, não tem oposição. A figura que seria a principal força opositora no município, o ex-prefeito André Mônica (PL), fez o post na terça-feira (7), em que você não consegue entender para que lado ele vai. Dúbio ou escorregadio. Fala, fala e nada diz. Não saiu do muro. E se tem uma coisa que brasileiro não suporta é o muro. Por isso que Lívia e Chiquinho têm enormes chances de fazer um sucessor ao fim do mandato dela. Aparentemente, sequer há político em Araruama com coragem o suficiente para tomar posicionamento da cidade.

CÂMARA DE R.O. É ANTI-DEMOCRACIA?

Não é de hoje que a Comunicação da Câmara de vereadores de Rio das Ostras não é muito boa. As redes sociais não são atualizadas com frequência nem profissionalmente, as pautas das discussões nas sessões não são divulgadas para a população e a exibição online das sessões, ainda é uma novidade para muitos. Porém, para demostrar apoio ao presidente Bolsonaro (Sem partido) o administrador da página no Facebook da Câmara foi bem rápido. Na manhã do dia 7 de setembro, os seguidores da página puderam ver a imagem do brasão da República acompanhado do slogan de campanha de Bolsonaro: “Deus acima de tudo, Brasil acima de todos”. Será que a mudança significa que todos os vereadores são apoiadores das manifestações em prol do fechamento do STF, a favor volta da ditadura militar e outras pautas antidemocráticas? É curioso imaginar que os eleitos da “Casa do Povo” possam ser contra a democracia que os elegeu. Ou seja, os remunerados pela democracia torcem pelo próprio desemprego? Estranhos são os tempos que vivemos…

‘PASSAPORTE DA VACINA’ EM MACAÉ

Um requerimento do presidente do Legislativo macaense, Cesinha (Pros), sobre a terceira dose da vacina contra a Covid-19 foi aprovado na sessão desta quarta-feira (8), na Câmara Municipal de Macaé. Ele quer informações sobre a vacinação na cidade, que deve começar com idosos de mais de 70 anos e pessoas imunossuprimidas que tomaram a segunda dose há pelo menos seis meses. Cesinha destacou que as ações de prevenção não podem parar. Ele elogiou o passaporte da vacina, criado pelo governo do Estado, obrigando estabelecimentos comerciais, instituições e organizações (públicas e privadas) a exigirem a vacinação dos seus frequentadores. Segundo ele, o prefeito também fará algo semelhante em Macaé. “Em breve será publicado um decreto, pois a economia é importante, mas a vida vem em primeiro lugar”, antecipou.

GANHANDO TEMPO

A votação das contas do ex-prefeito de Macaé, Dr. Aluízio (sem partido), exercício de 2020, que estavam marcadas para esta quarta-feira (8), foram adiadas novamente. Mas ao que parece, isso virou uma constante, já que saíram da pauta também, por motivos alheios, no dia 1º de setembro. O relatório foi reprovado pelo TCE. Esses adiamentos sem explicação dão ainda mais chance de Dr. Aluízio conseguir ‘mobilizar’ alguns parlamentares garantir uma decisão favorável. O ex-prefeito trabalhou muito até o início da sessão para impedir a votação ou reverter a derrota iminente em plenário, que poderá torná-lo ‘ficha suja’ e deixá-lo inelegível nas próximas eleições. De acordo com a Lei Orgânica do Município, para que as contas sejam reprovadas são necessários dois terços (2/3) dos 17 votos, ou seja, 12 votos. Aparentemente, Aluízio ainda não está seguro com o resultado. Vamos ver quando essa votação surgirá na pauta novamente. Uma coisa é certa: se pode embarrigar por muito tempo.

RECUPERAÇÃO FISCAL

O governador Cláudio Castro (PL) se reuniu, nesta quarta-feira (8), no Palácio das Laranjeiras, com representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, da Procuradoria-Geral de Justiça, da Defensoria Pública e do TCE para discutir o cumprimento das obrigações do Regime de Recuperação Fiscal (RRF). No encontro, discutiram regras da Previdência, readequação dos gastos e o planejamento financeiro de médio a longo prazos para reequilíbrio das contas. O conselho é formado pelos presidentes da Alerj, André Ceciliano, do TJ-RJ, Henrique Figueira, e do TCE-RJ, Rodrigo do Nascimento, além do procurador-geral de Justiça, Luciano Mattos, do defensor-público geral, Rodrigo Pacheco, e do procurador do Estado, Bruno Dubeux. Também fazem parte do grupo os secretários de Fazenda, Nelson Rocha; da Casa Civil, Nicola Miccione; de Governo, Rodrigo Bacellar; e de Planejamento e Gestão, José Luiz Zamith. O presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), disse que as mensagens do Executivo, relativas ao novo RRF, chegarão à Casa nesta quinta-feira (9). A lembrar, o Rio foi o primeiro estado a aderir ao novo Regime. O Estado tem até dezembro para apresentar um Plano de Recuperação Fiscal, que vai incluir uma série de medidas estruturantes. De imediato, o RJ deixará de pagar, nos primeiros 12 meses, as dívidas com a União e garantidas pelo governo federal. O período total para o pagamento da dívida será de 30 anos, ou seja, até 2051. O objetivo, além de cumprir as exigências do novo RRF, é desenvolver soluções sustentáveis a longo prazo.

CAMINHONEIROS VÃO PARAR?

Com todo o clima gerado pelos atos pró-Bolsonaro e contra o Supremo Tribunal Federal (STF) do 7 de setembro, informações sobre paralisações de caminhoneiros a favor desses atos já se espalham por diversas redes sociais. O Portal RC24h recebeu a informações que caminhoneiros estariam se reunindo nesta quarta-feira (8), a partir das 18h, na Rodovia Niterói-Manilha, uma das principais vias de acesso à Região dos Lagos, para impedir o tráfego no local de outros caminhões. Porém, entramos em contato com a Polícia Rodoviária Federal que afirmou não ter informações sobre manifestações na via. A Arteris Fluminense, concessionária que administra a BR 101 informou apenas sobre uma lentidão no sentido Espírito Santo, do km 319 ao 316, de Niterói a São Gonçalo, devido ao fluxo intenso. Tudo indica ser mais uma mentira que ganhou o nome bonito de “fake news”.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content