‘Batalha do Mantém’ tem nova edição nesta terça (10), em Cabo Frio, com lives direto do local

Semifinal e final serão realizadas na Praça da Cidadania, na orla da Praia do Forte; os organizadores também preparam uma manifestação

474
A Batalha do Forte é realizada às terças-feiras, as 19h / Imagem: Vinícius Bonito

A ‘Batalha do Mantém’, interrompida na última quinta (5), por um ato de truculência policial, no bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio, terá sua continuação nesta terça (10), às 19h. O evento será realizado na Praça da Cidadania, junto à ‘Batalha do Forte’, que já acontece às terças no local. Para o evento, também está sendo organizada uma manifestação, em repúdio ao último acontecimento.

Na rede social da ‘Batalha do Forte’, o chamamento é feito à todos, para que estejam juntos e assistam aos duelos. “É isso mesmo que você leu. Estaremos juntos dia 10/5 para promover uma linda e grande roda cultural com a nossa maior arma: freestyle e duelo de Mcs”, diz uma das postagens.

E continua dizendo:

“Já que na quinta enquanto rolava a Batalha do Mantém, ela foi interrompida a tiros na semifinal e final, nós traremos pra nossa roda os dois duelos que ficaram pendente”.

Arte de divulgação das batalhas / Reprodução: Redes Sociais
Imagem: Redes Sociais

Para os que não puderem comparecer, todo o encontro será transmitido pelo aplicativo de lives instantâneas “Taboom”. O vencedor da batalha receberá uma premiação em dinheiro, além de prêmios de patrocinadores do evento. O segundo colocado também recebe premiação dos patrocinadores.

Além disso, também está sendo divulgada a manifestação que acontecerá no local, contra todo o tipo de violência que ocorre contra o rap e contra as comunidades. “Queremos que vocês levem cartazes com frases, poesia, rimas.. vamos mostrar pra eles que o RAP salva vidas! PRECISAMOS DE VOCÊS CONOSCO NESSA!”.

ENTENDA O CASO:

Na noite de quinta-feira (5), agentes da Polícia Militar efetuaram disparos de arma de fogo contra jovens que realizavam uma batalha de rima no bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio. Imagens mostram o momento em que um MC canta no microfone e os policiais abrem fogo, mesmo com a presença de várias crianças no local. O desespero e a correria tomaram conta do ambiente.

GRANDE MÍDIA REPERCUTE E DEPUTADA EXPEDE OFÍCIO À SECRETARIA DA PM

A repercussão da trágica noite da última quinta-feira (5) foi nacional. Apesar de quase nenhum veículo de comunicação da Região dos Lagos noticiar o fato, a matéria foi destaque na imprensa nacional como Mídia Ninja, Notícia Preta, UOL e Folha de São Paulo.

A deputada estadual Renata Souza (PSOL), que atua na defesa dos Direitos Humanos há mais de 12 anos, participando de movimentos sociais, e integra a Comissão de Direitos Humanos da Alerj, se posicionou diante do fato e disse que providências serão tomadas.

“PMs dispararam contra uma batalha de rima em Cabo Frio. As imagens são chocantes: uma roda cultural, com crianças e rappers fazendo sua arte foi covardemente atacada. Basta de perseguição à nossa cultura negra e de periferia. Mandamos um ofício à Secretaria da PM e ao Batalhão da área pedindo explicações. Estamos tomando as ações cabíveis!”, disse ela em seu perfil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui