InícioPolíticaAumento no salário dos servidores é aprovado pela Câmara de São Pedro...

Aumento no salário dos servidores é aprovado pela Câmara de São Pedro da Aldeia

Além da recomposição salarial, está previsto um aumento real no pagamento a partir da data base do funcionalismo

O plano de recomposição salarial da Prefeitura de São Pedro da Aldeia começa a dar frutos já a partir de 2022. O prefeito, Fábio do Pastel (PL), incluiu no planejamento orçamentário o reajuste salarial aos funcionários efetivos e o projeto de lei foi aprovado em votação na Câmara Municipal esta semana. Com isso, os servidores terão realinhamento salarial em janeiro e poderão receber aumento de 5% no salário a partir de maio.

A sessão foi conduzida pelo vice-presidente do legislativo, Franklin da Escolinha, nesta terça-feira (14). O projeto foi aprovado em unanimidade. Estavam presentes os vereadores Márcio Soares, Mislene, Chiquinho de Dona Chica, Isaías do Escolar, Vitinho, Chimbiu e Fernando Mistura.

A prefeitura reforça que a data base de reajuste é maio, mas a administração pública irá adiantar para o mês de janeiro de 2022 o realinhamento salarial referente aos anos de 2020 e 2021, com um incremento de 14,12%. Com o empenho da gestão municipal, a partir de maio, será incluído, ainda, o acréscimo de 5% ao salário dos servidores. A intenção do prefeito era oferecer esse reajuste ainda em 2021, mas de acordo com a Lei Complementar nº 173 de 2020, ficou vedado qualquer ato que provocasse aumento de despesa com pessoal este ano por conta da pandemia. 

Para Fábio do Pastel, o aumento é um dos compromissos da atual gestão. “Toda nossa equipe municipal trabalha com empenho para garantir um salário mais digno aos servidores. Reconhecemos a dedicação dos funcionários públicos e nosso foco é levar mais qualidade de vida para todos os aldeenses”.

De acordo com o secretário de Planejamento e Gestão, Paulo César de Souza, a atual administração elaborou o orçamento municipal para englobar o valor de R$ 24 milhões para o próximo ano. Com o empenho e compromisso da prefeitura, mesmo com o reajuste, a folha de pagamento irá manter-se abaixo do teto de gastos (48%) determinado pela Lei Complementar de Responsabilidade Fiscal 101/00 (54%).

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content