InícioRegião dos LagosArmação dos BúziosAtleta de Búzios se prepara para competir Circuito Mundial de Surf "em...

Atleta de Búzios se prepara para competir Circuito Mundial de Surf “em casa”

Theo Fresia compete etapas do QS, que voltam ao Brasil e serão realizadas em Saquarema e Florianópolis no mês de novembro

Depois de um longo período, o Brasil volta a receber etapas válidas pelo circuito mundial de surfe. Dessa vez, os eventos serão pelo Qualifying Series (QS), em Florianópolis, Santa Catarina, e em Saquarema, no Rio de Janeiro.

O Layback Floripa Pro, apresentado pela Billabong, acontece na Praia Mole, com etapas do QS 3000 masculino e QS 1000 feminino, entre os dias 10 e 14 de novembro. Já o Surf Festival, em Itaúna, conta com eventos do QS 3000, Pro Junior e Longboard, tanto feminino, quanto masculino, entre os dias 15 e 21 do mesmo mês.

O grande nome da Região dos Lagos, Theo Fresia, atleta de Búzios, irá correr os eventos e busca se firmar cada vez mais no ranking da WSL para classificação. Theo vem de boas aparições em etapas no primeiro semestre, no Equador. Essa temporada está sendo proveitosa para o surfista voltar ao hype de competições, após um tempo sem disputas.

“Competir em um evento aqui na região é incrível. Saquarema é uma onda que, ultimamente, eu tenho ido mais vezes. Desde a época de amador, eu vou direto para lá. Mas, ultimamente, tenho ido mais vezes. É uma onda muito difícil de ser surfada. Ela é ao mesmo tempo boa, com nível internacional, mas é uma onda muito difícil. Então, estou tentando ter mais tempo na água, mais carga horária por lá, para chegar no QS bem”, conta o surfista.

“E o QS de Florianópolis será incrível também. Nunca surfei na Praia Mole. Estou vendo vários vídeos e mal posso esperar para ter a oportunidade de poder competir esses dois eventos no Brasil”, diz Fresia.

Theo possui vasta experiência no mundo do surf competição, acumulando mais de 100 finais ao longo da carreira e mais de 40 troféus e medalhas.

Experiência no QS e inovação no surfe

Theo conhece o QS muito bem, ficando entre os 150 do mundo em apenas duas temporadas disputando a competição. Nesse período, em 2018, Fresia fez uma final na etapa da África do Sul, no QS 1500, e – em 2019 – uma quartas-de-final no QS 3000, na Virginia, nos EUA, ficou com o 25° lugar em um grande evento de Portugal, alcançando o top 150 no primeiro semestre daquele ano.

Além de excelente competidor, Theo inovou o jeito de ensinar a surfar ao criar o “Aprenda a surfar online”. Com a pandemia, o surfista teve mais tempo para aprimorar a ideia e colocá-la em prática. O curso ensina toda a teoria antes da pessoa pegar a sua primeira onda, com vídeo-aulas que mostram o passo a passo antes de entrar na água.

O atleta conta com a sua própria escola de surf, conseguindo um bom número de aulas. Mas até chegar nesse patamar, foi muita luta. Theo pensava em dar aulas particulares para juntar dinheiro e voltar a competir. Mas com a chegada da pandemia, o surfista teve que parar os seus treinos para ajudar em casa e começou até a fazer alguns trabalhos como motoboy. E a partir daí teve que adiantar as aulas presenciais, que tomaram uma proporção muito grande por conta do grande trabalho como instrutor.

Com isso, Theo resolveu criar a empresa “Fresia Surf Class”, que conta com cinco instrutores, mais de 400 aulas mensais oferecidas e aplicativo próprio, onde os novos estudantes podem marcar as suas aulas com maior segurança e conforto.

O competidor vai conseguir viajar e disputar mais um QS graças a dois patrocinadores: Belbras USA e o Bar Todo Meu. Além dos dois principais, Fresia conta com mais apoiadores: Murilo Meira Surfboards, Superglass, Brazinco, Geribá Surf Shop, Maria Parafina e Fresia Surf Class.

Letycia Rocha
Pós-graduanda em Jornalismo Investigativo pela Universidade Anhembi Morumbi; Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida. Atuou como produtora/repórter na Lagos TV e Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo. Editora no Blog Cutback e colaboradora no jornal O Dia.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content