InícioRegião dos LagosArraial do CaboAlerj aprova incentivos fiscais para estabelecimentos industriais. Arraial do Cabo está incluído

Alerj aprova incentivos fiscais para estabelecimentos industriais. Arraial do Cabo está incluído

Dentre os benefícios está a postergação do pagamento de imposto em importações e aquisições internas

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou em discussão única, nesta quinta-feira (1º), o projeto de lei 1.320/19, que autoriza o Governo do Estado a conceder incentivos fiscais aos estabelecimentos industriais presentes em 14 municípios com objetivo de diminuir as desigualdades regionais. Da Região dos Lagos, somente Arraial do Cabo foi contemplado. A medida é de autoria dos deputados André Ceciliano (PT) e Marcelo Cabeleireiro (DC) e segue para sanção ou veto do governador Cláudio Castro.

O projeto complementa a Lei 6.979/15, que já concede incentivos fiscais a diversos municípios fluminenses, sobretudo do Norte e Noroeste. A nova proposta inclui outros 13 municípios: Angra dos Reis, Barra Mansa, Duque de Caxias, Itaguaí, Paraty, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, São Gonçalo, Tanguá e Volta Redonda.

Os estabelecimentos industriais presentes nestes municípios têm direito, por exemplo, ao diferimento do ICMS, ou seja, a postergação do pagamento do imposto, nas seguintes operações: importação, aquisição interna e aquisição interestadual de máquinas, equipamentos e peças, além da importação e aquisição interna de matéria-prima e outros insumos destinados ao seu processo industrial. A alíquota de ICMS para esses estabelecimentos será de 2% sobre o valor das operações de saída interna e interestadual, por transferência e por venda, deduzidas as devoluções, vedado o aproveitamento de qualquer crédito fiscal.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content